Correio de Carajás

Marabá: Encontro Regional de Ensino de Astronomia teve início nesta segunda

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Teve início hoje, segunda-feira (1º), o Encontro Regional de Ensino de Astronomia (EREA) realizado na Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará, na Unidade III do campus de Marabá.

O evento segue até esta quarta-feira (3) e objetiva capacitar os professores de Marabá e de municípios vizinhos, nas áreas de Astronomia, Astronáutica, Construção e Lançamentos de Foguetes didáticos, em parceria com a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e Agência Espacial Brasileira. Vale ressaltar que Marabá é a primeira cidade do Pará a realizar o EREA.

O evento vai apresentar métodos práticos de ensino de astronomia e astronáutica; cada escola irá ganhar uma luneta, e os participantes irão aprender a construir materiais didáticos de ensino de astronomia e astronáutica, além de capacitar os professores para as observações astronômicas, uso de softwares gratuitos, construção e lançamentos de foguetes, etc.

Leia mais:

Haverá palestras, construção de base de foguetes e lançamentos, atividades sobre estações do ano, solstícios, equinócios, fases e eclipses, montagem do Galileoscópio (um por escola que ainda não o tem), observações astronômicas ou Stellarium, entre outras atividades.

O Prof. Dr. João Batista Garcia Canalle, o doutorando Alberto Alves Mesquita, os planetaristas Bruna Senra e Leandro Soares Faria, além de três monitores da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) fazem parte da equipe de palestrantes, oficineiros, planetaristas e monitores do EREA. Durante o evento, os participantes poderão acessar o Planetário Itinerante Digital da OBA.

Em 2009 foi iniciado o programa Encontro Regional de Ensino de Astronomia (EREA), e já foram realizados 68 deles até abril do ano passado, em municípios de Norte a Sul do País, mas nunca no Pará.

Dentre os conteúdos abordados nos três dias de encontro estão Sistema Solar: formação e constituição, história da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e da Mostra Brasileira de Foguetes; comparação entre os volumes dos planetas e estrelas e evolução estelar; desenho correto das órbitas dos planetas e cometas (de olhos fechados), construção de base de lançamento de foguetes; construção de foguetes; lançamentos de foguetes (técnicas e segurança); visualização das distâncias dos planetas ao Sol; representação teatral das translações e rotações dos planetas ao redor do Sol; imersão num planetário digital, observação do céu (se estiver limpo) com uso de laser verde, aprendizagem do uso do software Stellarium, aprendizagem do manuseio de um planisfério celeste rotativo; montagem de uma luneta astronômica chamada Galileoscópio; estações do ano, dia e noite na Terra e nos outros planetas, solstícios, equinócios, hemisférios, zona intertropical, movimento aparente do Sol; eclíptica; zodíaco, constelações, direções cardeais, polo celeste, eixo de rotação da Terra, fases da Lua e eclipses solares e lunares, etc.

Para mais informações, os interessados em participar devem entrar em contato com o Instituto de Ciências Exatas (ICE), ou pelo fone: (94) – 2101.5920. (Divulgação)

Comentários

Mais

Equatorial Pará realiza a troca de 100 geladeiras em Marabá

Equatorial Pará realiza a troca de 100 geladeiras em Marabá

A partir desta terça-feira (28), os moradores de Marabá, vão poder se cadastrar para concorrer a geladeiras novas e mais…
Pará recebe mais 190.710 mil doses de Pfizer nesta terça-feira (28)

Pará recebe mais 190.710 mil doses de Pfizer nesta terça-feira (28)

O Pará recebeu na madrugada desta terça (28) a 91ª remessa de vacinas contra a Covid-19 enviada pelo Ministério da…
Assembleia: Encerrada com sucesso a 3ª edição do Forma Alepa

Assembleia: Encerrada com sucesso a 3ª edição do Forma Alepa

Com o compromisso de promover o conhecimento e a capacitação de prefeitos, vereadores e servidores públicos, a Escola do Legislativo,…
AfroMundi prega esperança em tempos de pandemia

AfroMundi prega esperança em tempos de pandemia

“Em uma Amazônia que já está tossindo rios voadores de cinzas e gases de carbono, a esperança e a utopia…
Maçonaria inicia membros e reinaugura templo reformado

Maçonaria inicia membros e reinaugura templo reformado

A Loja Firmeza e Humanidade Marabaense nº 6 iniciou nove membros na Maçonaria no último dia 25 de setembro. A…
Mulheres vítimas de violência recebem cestas básicas

Mulheres vítimas de violência recebem cestas básicas

Mulheres vítimas de violência doméstica, atendidas pela Patrulha Maria da Penha, que garante o cumprimento de medidas protetivas de distanciamento…