Correio de Carajás

Marabá é o quarto maior gerador de empregos no Pará

Marabá gerou 2.239 empregos formais no primeiro semestre/ Fotos: Diego Costa/TV Correio

PARAUAPEBAS LIDERA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

De outro lado, o município que mais gerou saldo positivo de empregos no Pará foi Parauapebas

Marabá é o município que tem o quarto melhor saldo de geração de postos de trabalho no Pará nos primeiros seis meses deste ano. De acordo com levantamento feito pelo Projeto Emprega Carajás, a partir de dados fornecidos pelo Ministério do Trabalho e Previdência, Marabá fechou o semestre com saldo de 2.239 empregos formais. Este saldo positivo é fruto de 10.923 contratações e 8.684 desligamentos.

Responsável pelo levantamento, Cesar Marba, especialista em Mercado de Trabalho, Emprego e Renda, explica que os três setores que mais empregaram em Marabá no período da pesquisa foram construção civil, comércio e indústria.

Cesar Marba analisa o desempenho dos municípios na geração de empregos

Ainda de acordo com ele, o município que mais gerou saldo positivo de empregos no Pará foi Parauapebas, com 6.625 novos postos de trabalho (foram 21.331 admissões contra 14.706 desligamentos), principalmente nas áreas de serviços, construção e comércio.

Leia mais:

Em segundo lugar aparece Canaã dos Carajás, com 6.795 contratações e 3.544 desligamentos, gerando saldo positivo de 3.251, notadamente nos setores de construção serviços e indústria, entre janeiro e junho deste ano.

A surpresa

Cesar observa que esses dois municípios têm na atividade minerária o grande gerador de empregos em vários setores que atuam em torno da mineração e, por isso, geralmente estão no topo quando o assunto é geração de postos de trabalho. Mas, neste semestre, uma surpresa se registrou no Estado. O município de Pacajá, quem tem menos de 50 mil habitantes, localizado ao longo da Transamazônica, a 290 km de Marabá, apresentou o terceiro maior saldo de novos empregos.

O município registrou um acréscimo de 2.728 novos postos de trabalho entre janeiro e junto, quando foram realizadas 3.263 contratações e apenas 535 demissões. Detalhe: o destaque foi o setor de serviços, com 98% das contratações.

“De acordo com a representante da prefeitura de Pacajá, Taisa Demétrio, grande parte dessas contratações foi realizada pelo consórcio que presta serviço para a Norte Energia, que está construindo um linhão que corta o município de ponta a ponta; além de ter este município como base para os serviços nas cidades vizinhas”, explica Cesar Marba.

Maior volume em Belém

Belém é apenas a quinta colocada na geração de empregos, porém em questão de volume de contratações, o município continua, obviamente, sendo o maior do Estado. Os setores da construção civil e comércio são os destaques de Belém.

A capital Paraense registrou 47.634 admissões, mas, por outro lado, foram homologados 45.471 desligamentos, gerando um acréscimo de apenas 2.163 novos empregos durante o primeiro semestre. (Chagas Filho)

 

Comentários

Mais

DIREITO DE RESPOSTA

DIREITO DE RESPOSTA

A empresa Carreta Furacão, situada na cidade de São Paulo, entrou em contato com o Portal CORREIO DE CARAJÁS e…
Anvisa pede inclusão de eventos adversos na bula da vacina da Janssen

Anvisa pede inclusão de eventos adversos na bula da vacina da Janssen

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) requereu à farmacêutica estadunidense Janssen e a sua representante no Brasil Cilag a…
Vídeo omite ações de governos anteriores para exaltar obras de Bolsonaro na Transamazônica

Vídeo omite ações de governos anteriores para exaltar obras de Bolsonaro na Transamazônica

Enganoso UOL Poder360 Correio do Estado A Gazeta (ES) Folha GZH CORREIO (BA) BandNews FM EstadãoVídeo engana ao indicar que…
Luiza Trajano entra na lista de 100 pessoas mais influentes da Time

Luiza Trajano entra na lista de 100 pessoas mais influentes da Time

A presidente do conselho de administração da rede varejista Magazine Luiza, Luiza Helena Trajano, entrou para a lista das 100…
Produtores celebram safra e doam melancias à merenda escolar

Produtores celebram safra e doam melancias à merenda escolar

A Associação de Hortifrutigranjeiros, Pescadores e Ribeirinhos de Marabá, localizada na comunidade Boa Esperança, distante 15 quilômetros, próximo à região…
MEC autoriza escolas a usarem verbas do PDDE para aulas presenciais

MEC autoriza escolas a usarem verbas do PDDE para aulas presenciais

Uma resolução do Ministério da Educação publicada no Diário Oficial da União de hoje (17) autoriza os gestores das escolas públicas de educação básica…