Correio de Carajás

Manifestantes prometem voltar às ruas pela cassação de Adonei

Está marcada para o dia 3 de agosto nova manifestação organizada pelo movimento popular “Vem pra rua Curionópolis”, que conta com o apoio do grupo chamado “Filhos de Curionópolis”. Os dois movimentos foram criados através de redes sociais e pedem a cassação do prefeito da cidade, Adonei Aguiar (DEM), acusado pela operação Alçapão, do Ministério Público do Pará (MPPA), de liderar uma quadrilha de fraude em licitação, que já teria causando um rombo de mais de R$ 5 milhões aos cofres públicos.

O prefeito foi afastado do cargo pela justiça, no dia 30 de junho passado, quando a operação foi deslanchada na cidade, mas conseguiu reassumir a cadeira no dia 19 deste mês por decisão do desembargador Roberto Goncalves de Moura, que sentenciou favorável ao Agravo de Instrumento que a defesa do prefeito impetrou. Ele foi afastado do cargo por decisão da justiça local e do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, sob relatoria do desembargador Ronaldo Marques Valle.

Com a volta do prefeito ao cargo, a situação no município ficou ainda mais tensa e fez crescer o movimento que pede a saída definitiva dele do cargo. Além dos escândalos de corrupção, boa parte da população também não aceita o fato do prefeito, que viveria mais fora da cidade, ter dado mais oportunidade de emprego no seu governo a profissionais de outros municípios, deixando de fora os filhos da cidade.

Leia mais:

Para deixar o clima ainda mais tenso, ele também não estaria mais mantendo bom relacionamento com a vice-prefeita, Quélia Rosa (SD), que assumiu o cargo quando ele foi afastado pela Justiça. De acordo com o vereador Gildásio Borges (PSD), a cada dia cresce o descontentamento da população com a gestão de Adonei e isso faz crescer os movimentos populares que pedem a cassação.

A Câmara Municipal de Curionópolis deve analisar na volta do recesso a situação do prefeito. Uma comissão foi formada para apurar as denúncias contra ele e, caso comprovadas, os vereadores devem pedir a cassação. (Tina Santos)

 

Está marcada para o dia 3 de agosto nova manifestação organizada pelo movimento popular “Vem pra rua Curionópolis”, que conta com o apoio do grupo chamado “Filhos de Curionópolis”. Os dois movimentos foram criados através de redes sociais e pedem a cassação do prefeito da cidade, Adonei Aguiar (DEM), acusado pela operação Alçapão, do Ministério Público do Pará (MPPA), de liderar uma quadrilha de fraude em licitação, que já teria causando um rombo de mais de R$ 5 milhões aos cofres públicos.

O prefeito foi afastado do cargo pela justiça, no dia 30 de junho passado, quando a operação foi deslanchada na cidade, mas conseguiu reassumir a cadeira no dia 19 deste mês por decisão do desembargador Roberto Goncalves de Moura, que sentenciou favorável ao Agravo de Instrumento que a defesa do prefeito impetrou. Ele foi afastado do cargo por decisão da justiça local e do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, sob relatoria do desembargador Ronaldo Marques Valle.

Com a volta do prefeito ao cargo, a situação no município ficou ainda mais tensa e fez crescer o movimento que pede a saída definitiva dele do cargo. Além dos escândalos de corrupção, boa parte da população também não aceita o fato do prefeito, que viveria mais fora da cidade, ter dado mais oportunidade de emprego no seu governo a profissionais de outros municípios, deixando de fora os filhos da cidade.

Para deixar o clima ainda mais tenso, ele também não estaria mais mantendo bom relacionamento com a vice-prefeita, Quélia Rosa (SD), que assumiu o cargo quando ele foi afastado pela Justiça. De acordo com o vereador Gildásio Borges (PSD), a cada dia cresce o descontentamento da população com a gestão de Adonei e isso faz crescer os movimentos populares que pedem a cassação.

A Câmara Municipal de Curionópolis deve analisar na volta do recesso a situação do prefeito. Uma comissão foi formada para apurar as denúncias contra ele e, caso comprovadas, os vereadores devem pedir a cassação. (Tina Santos)

 

Comentários

Mais

Rock in Rio estima receita acima de US$ 158 milhões

Rock in Rio estima receita acima de US$ 158 milhões

O Rock in Rio, que será realizado de 2 a 11 de setembro no Parque Olímpico, está agitando o setor…
Não há registro no TSE de suposta pesquisa que impede entrevistado de votar em Bolsonaro

Não há registro no TSE de suposta pesquisa que impede entrevistado de votar em Bolsonaro

Enganoso São enganosas postagens que procuram desacreditar as pesquisas eleitorais ao mostrar, em vídeo, uma suposta pesquisa sendo feita por…
Com apoio do Google, Correio de Carajás cria Núcleo de Checagem Eleitoral

Com apoio do Google, Correio de Carajás cria Núcleo de Checagem Eleitoral

Mais de 60 jornalistas de 31 veículos de notícias brasileiros começam hoje a atuar em núcleos de verificação e checagem…
Associações de produtores rurais fecham BR-230 em Uruará

Associações de produtores rurais fecham BR-230 em Uruará

A rodovia federal BR-230 continua interditada desde ontem (15) no município de Uruará. Na pauta de reivindicação proposta por quatro…
Passageiro quebra poltronas de avião em voo entre São Paulo e Recife; veja vídeo

Passageiro quebra poltronas de avião em voo entre São Paulo e Recife; veja vídeo

Um passageiro quebrou as poltronas do avião em um voo que saiu de São Paulo e aterrissou no Recife, no…
“Maior churrasco do mundo” revela superfaturamento em todos os shows contratados por Darci

“Maior churrasco do mundo” revela superfaturamento em todos os shows contratados por Darci

Ao investigar o “Maior Churrasco do Mundo”, com 20 mil quilos de carne bovina ofertado por Darci Lermen durante o…