Correio de Carajás

Manifestação clama justiça por Vanuza, Jacsiane e outras mulheres

Com cartazes, fotos, velas e cruzes, manifestação clama por justiça / Fotos: Evangelista Rocha

VÍTIMAS DE FEMINICÍDIO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na tarde desta terça-feira, 29, movimentos, lideranças comunitárias e grupos sociais que atuam diretamente em favor das mulheres se reuniram em uma grande manifestação, no Núcleo São Félix, em Marabá, para pedir celeridade na investigação do assassinato da ex-secretária de Turismo de Marabá, Vanuza Barbosa e de sua filha, Jacsiane Barbosa.

Familiares das vítimas estiveram presentes no ato e, muito emocionados, não quiseram falar com a Imprensa. Todos estavam com camisas com a foto das vítimas.

Familiares de Jacsiane e Vanusa estiveram presentes no ato es estavam muito emocionados

Patrícia dos Santos, líder comunitária do Residencial Tocantins, esteve presente na manifestação e afirmou que esse momento é muito importante para pedir à justiça por mais respostas. “Sabemos que as autoridades estão fazendo um belo trabalho e com bastante rigidez nesse caso das mulheres que foram assassinadas aqui em Marabá. Mas precisamos nos unir e pedir por mais respostas sobre esse crime”.

Leia mais:

A data do protesto foi escolhida porque é justamente o dia em que essa barbárie completa sete meses. O local escolhido foi a Praça dos Sonhos, em São Félix II. Dezenas de cruzes e velas foram colocadas no chão, simbolizando as várias vítimas de feminicídio em Marabá.

Faixas e cartazes pediam justiça e agradeciam pelo trabalho de entidades e órgãos, como a Polícia Civil.

Uma das representantes do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher (Comdim), Lara Borges, afirmou que esse momento é para fazer ecoar à sociedade a voz das mulheres. “Não podemos nos calar. Estamos aqui pedindo justiça por todas as mulheres que ainda não tiveram seus casos resolvidos e os criminosos condenados”, finalizou. (Ana Mangas, com informações de Zeus Bandeira)

Comentários

Mais

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Dentre os manifestantes que acamparam em frente à Prefeitura de Parauapebas de terça (3) para quarta (4) estavam moradores do…
Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

O prefeito de Parauapebas Darci Lermen não se reuniu com os manifestantes que ocupam o prédio do Executivo e correu…
Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

A manifestação iniciada na terça-feira (3) em frente à Prefeitura de Parauapebas não esmoreceu e continua ainda na tarde desta…
Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

O Pará entrou nesta quarta-feira, 4, na lista de estados que aderiram à campanha Race to Zero (Corrida para o…
Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

A primeira escola cívico-militar do sul do Pará foi inaugurada em Redenção, nesta terça-feira (3). Denominada Escola Municipal Cívico-Militar Eva…
Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

A terça-feira (3) foi marcada por manifestações em Parauapebas, em que associações de diferentes bairros mandaram representantes para a porta…