Correio de Carajás

Macacos cercam família e matam bebê de 4 meses na Índia

Mais uma vez as gangues de macacos da Índia viraram notícia em todo o mundo. Desta vez, os animais são acusados de, em momento de fúria, pegar um bebê de 4 meses dos braços dos pais e arremessar a criança do alto de um prédio, na semana passada.

Segundo o tabloide britânico Daily Mail, o terrível incidente foi registrado na vila rural de Dunka, perto de Bareilly, no estado de Uttar Pradesh, no norte da Índia.

O indiano Nirdesh Upadhyay estava no terraço de sua casa de três andares com a esposa e o filho bebê. Eles estavam desfrutando da noite da última sexta (15/7) quando um bando de macacos subiu no telhado e os cercou.

Leia mais:

Como mostra o tabloide, após fracassadas tentativas de afastar os primatas, os pais correram para as escadas na tentativa de escapar, mas Nirdesh, que estava carregando seu filho, tropeçou e deixou a criança cair.

Em uma fração de segundos, antes que os pais pudesse reagir, um dos macacos agarrou o bebê pela mão e o atirou do telhado. Atormentados, os pais conseguiram voltar para dentro da casa e descer correndo para ajudar o filho, mas a criança teria morrido no local, informa o Daily Mail.

O incidente já está sendo investigado pelas autoridades. Em entrevista à mídia local, o chefe de conservação da cidade de Bareilly, Lalit Verma, disse que sua equipe foi enviada para analisar o envolvimento dos macacos na morte do bebê.

O estado indiano de Uttar Pradesh é lar de uma enorme população de macacos rhesus (Macaca mulatta), que vagam livremente por muitas das vilas, cidades e templos. Embora geralmente consigam viver em relativa harmonia ao lado dos humanos que residem nesses locais, há vários casos documentados de ataques contra pessoas, especialmente crianças.

O tabloide britânico lembra que em fevereiro deste ano, uma menina de 5 anos foi morta por uma tropa de macacos na aldeia de Bichpuri, no distrito de Bareilly, em Uttar Pardesh. Narmada Kishore estava brincando com os amigos perto do rio Nakatiya quando os macacos a atacaram e começaram a mordê-la por todo o corpo.

“Os macacos foram bastante agressivos e morderam minha filha em quase todos os lugares. Quando cheguei ao local, ela estava gritando por socorro”, disse o pai de Narmada, na época, citado pelo Daily Mail. A menina foi levada às pressas para o centro de saúde comunitário, mas morreu devido à perda de sangue.

(Fonte: Trendsbr)

Comentários