Correio de Carajás

Líder comunitário é liquidado em Marabá

Residencial Tiradentes

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Riquelme, que não tinha passagens pela polícia, foi liquidado por motivos misteriosos nesta quinta-feira

Na noite desta quinta-feira (8) um homicídio foi registrado no Residencial Tiradentes, núcleo de Morada Nova. José Feitosa da Silva, mais conhecido como Riquelme, foi morto em frente a sua residência, localizada na rua Cíntia Barros Nascimento.

A Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de um possível tiroteio. Chegando ao local, populares relataram às autoridades que dois homens com características físicas parecidas – pele negra, altos e magros – chegaram a pé em frente à casa de Riquelme, deram voz de assalto e efetuaram pelo menos 4 disparos de arma de fogo em direção a vítima.

O corpo do jovem pedreiro caído ao chão no Bairro Tiradentes

Ao ligarem para o SAMU, solicitando atendimento, receberam a informação que todas as ambulâncias estavam nas ruas. Riquelme foi colocado no automóvel particular de uma conhecida, que o levou para ser socorrido no Hospital Municipal de Marabá.

Leia mais:

Os criminosos, que não roubaram nenhum pertence da vítima, fugiram correndo até a Rua Carminho Inácio, onde, então, roubaram uma motocicleta para continuar a fuga. Contudo, o alarme do veículo disparou, fazendo com que eles abandonassem a moto em um campo de futebol, às margens da BR-222.

O 13º PPD de Morada Nova coletou informações sobre os acusados, porém, como eles utilizavam máscara cirúrgica no rosto, as testemunhas do violento crime não conseguiram informar mais características às autoridades.

De acordo com a PM, a motocicleta foi devolvida para a proprietário e Riquelme veio a óbito assim que chegou ao HMM. Os policiais fizeram buscas em torno do Residencial Tiradentes no intuito de capturar os fugitivos, porém, sem sucesso.

A polícia levantou que Riquelme seria líder de uma associação comunitária do bairro e trabalhava como pedreiro. “Ele estava feliz por ter conseguido trabalho neste tempo de pandemia”, conta uma pessoa que fala em um vídeo que registra o rapaz caído ao chão. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

Acusado de tentativa de homicídio é preso com faca na cintura

Acusado de tentativa de homicídio é preso com faca na cintura

José Maria Sousa Vieira foi preso na tarde desta segunda-feira (21) na Rua Sol Poente, no Bairro Rio Verde, acusado…
PM de Tailândia desmonta fábrica de armas

PM de Tailândia desmonta fábrica de armas

Homens da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar do município de Tailândia, na região nordeste paraense, fecharam uma fabriqueta de…
SEFA apreende mais de 4 toneladas de açúcar

SEFA apreende mais de 4 toneladas de açúcar

Uma carreta com 4,5 toneladas de açucar sem documentação fiscal foi apreendida na Coordenação de Mercadorias em Trânsito de Carajás,…
Servidor será exonerado após acidente fatal com caminhonete da prefeitura

Servidor será exonerado após acidente fatal com caminhonete da prefeitura

A Prefeitura de Parauapebas informou na manhã desta terça-feira (22), via assessoria de comunicação, que está em andamento o processo…
Preso por dirigir bêbado se mata dentro de cela

Preso por dirigir bêbado se mata dentro de cela

A Polícia Civil confirmou nesta segunda-feira (21) que está investigando o caso do corpo de nº 386/21, que deu entrada…
Homem vai preso após bater na mãe e estuprar a enteada na Vila União

Homem vai preso após bater na mãe e estuprar a enteada na Vila União

Por volta das 15h30 desta segunda-feira (21), Natanael Rodrigues da Silva foi preso depois de agredir fisicamente sua companheira e…