Correio de Carajás

Leonardo DiCaprio divulga foto de área indígena no Brasil com mensagem ‘fora garimpo’

Foto: Victor Moriyama/ISA
Foto: Victor Moriyama/ISA
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Leonardo DiCaprio, ator americano, postou nesta quinta-feira (26) uma imagem de um encontro entre povos indígenas brasileiros. Os índios se posicionam e formam as palavras “Fora garimpo” em denúncia às extrações ilegais de minério nas terras das etnias Yanomami e Ye’kwana, em Roraima e no Amazonas.


“Fora garimpo” – uma poderosa mensagem dos povos Yanomami e Ye’kwana do Norte do Brasil para o mundo. Apesar das leis brasileiras considerarem ilegal a mineração nas terras indígenas Yanomami, milhares de garimpeiros entraram recentemente no parque, uma das maiores reservas indígenas do Brasil, e espalharam malária e contaminaram os rios com mercúrio”, disse o post.

“A invasão ocorre após o corte no orçamento das operações policiais da Amazônia no Brasil, deixando as áreas protegidas vulneráveis ​​à exploração. A última vez em que houve uma invasão dessa escala foi na década de 1980, quando cerca de um quinto da população indígena morreu devido à violência, à malária, à desnutrição, ao envenenamento por mercúrio, entre outras causas. Em um recente encontro das lideranças Yanomami e Ye’kwana, os povos enviaram uma carta às principais autoridades do Executivo e do Judiciário brasileiro. “Não queremos repetir essa história de massacre”, completou DiCaprio.

Leia mais:

A foto foi concedida pelo Instituto Socioambiental (ISA), organização que trabalha em diferentes áreas da Amazônia, como a bacia do Xingu, no combate ao desmatamento e na proteção dos povos tradicionais.

Encontro em Roraima

O G1 noticiou em 27 de novembro a denúncia dos povos indígenas do Amazonas e Roraima. As lideranças divulgaram uma carta aberta em que voltaram a falar sobre a presença de garimpeiros ilegais na região e alertaram para o risco de massacre.

O texto, que é assinado por lideranças das etnias Yanomami e Ye’kwana, foi elaborado durante uma reunião que ocorreu na reserva, na região do Demini, em Roraima. Ele foi lido pela deputada federal Joênia Wapichana (Rede-RR) durante audiência pública na Câmara dos Deputados no dia 26 de novembro.

“Os garimpeiros estão envenenando as pessoas e contaminando nossos rios, nossos peixes, nossos alimentos e espantando nossa caça. Sabemos que o mercúrio usado no garimpo está contaminando nosso povo”, diz um dos trechos da carta. “Essa é a mensagem de todos os Yanomami e Ye’kwana juntos para todo o planeta”.

No início de novembro, uma manifestação de garimpeiros deixou a BR-174, principal rodovia de Roraima, fechada por quatro dias. O ato foi em protesto contra a operação que desmontou focos de garimpo ilegal na região e para cobrar a regularização da mineração em áreas indígenas, projeto em fase de estudo pelo governo federal, mas rechaçado pelos índios. (G1)

Comentários

Mais

Governo federal entrega milhares de títulos agrários em Marabá

Governo federal entrega milhares de títulos agrários em Marabá

Mais de 50 mil documentos de titularidade de terra, entre definitivos e provisórios, foram conferidos a famílias assentadas e ocupantes…
Bolsonaro inaugura trecho da BR-230 e sobrevoa  o Pedral do Lourenço

Bolsonaro inaugura trecho da BR-230 e sobrevoa o Pedral do Lourenço

A segunda agenda do presidente da presidente da República Jair Bolsonaro na região nesta sexta-feira (18) foi à margem da…
Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

O Brasil estabeleceu um novo recorde nesta quinta-feira (17) ao aplicar 2.561.553 doses de vacinas contra a covid-19 em 24…
Queiroga, Pazuello e Araújo estão entre os 14 investigados da CPI da Covid

Queiroga, Pazuello e Araújo estão entre os 14 investigados da CPI da Covid

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), anunciou nesta sexta-feira a lista com 14 pessoas que passam a ser investigadas…
Em Marabá, Bolsonaro cumprimenta apoiadores no Aeroporto e Parque de Exposições

Em Marabá, Bolsonaro cumprimenta apoiadores no Aeroporto e Parque de Exposições

O presidente da República Jair Messias Bolsonaro (sem partido) chegou a Marabá às 11 horas desta sexta-feira, 18 de junho,…
Guedes: sobras da classe média poderiam alimentar pobres

Guedes: sobras da classe média poderiam alimentar pobres

Oministro Paulo Guedes (Economia) defendeu nesta quinta-feira (17) que sobras de restaurantes sejam destinadas a mendigos e pessoas fragilizadas, de…