Correio de Carajás

Leila Navarro fala hoje em Marabá sobre as mudanças nas relações interpessoais

Leila Navarro: Há mais de 20 anos, Leila Navarro realiza palestras pelo Brasil/ Fotos: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Palestrante motivacional reconhecida internacionalmente concede entrevista e antecipa temáticas a serem abordadas

A retomada ao trabalho. Esse é o assunto que será abordado por Leila Navarro a partir das 19h30 desta quinta-feira, 26, durante a palestra que será realizada no O Casarão Eventos, no Núcleo Nova Marabá, em Marabá.

Especialista em Medicina Comportamental, a escritora e palestrante conversou com o Portal Correio de Carajás na manhã de hoje e afirmou que os brasileiros estão desesperançados com o futuro, principalmente o jovem.

“As pessoas querem uma receita. Em um mundo de incertezas não tem receita, você precisa ter várias possibilidades para tudo na vida ter jogo de cintura”, fala Leila Navarro

Leila acredita que para esse grupo de pessoas a situação ainda é pior. “O jovem está começando a realizar suas coisas e de repente fecha tudo. Esses quase dois anos, para quem estava fazendo um plano, teve que mudar tudo, tanto em relação aos negócios como os planos pessoais. Então, essa retomada ao trabalho é muito importante. Queremos força para 2022, porque acredito que será um ano incrível”.

Leia mais:

Com mais de 20 anos fazendo apresentações pelo Brasil e em alguns países ao redor do mundo, Leila é autora de mais de 166 livros e já ganhou um prêmio por suas palestras.

A vasta experiência lhe garantiu um olhar aguçado, perspicaz e inteligente sobre as relações humanas e de trabalho. Questionada sobre a mudança durante essas duas décadas de relações interpessoais, Leila garante que a velocidade das coisas mudou muito.

Ela explica que antes se vivia em um mundo VUVA – termo em inglês – volátil, incerto, complexo e ambíguo.  Atualmente, com a velocidade, vive-se em um mundo BANI – termo em inglês – frágil, ansioso, não linear e incompreensível.

“Antes, o mundo era compreensível, havia uma lógica. Agora a lógica mudou totalmente, e se você não souber navegar nas incertezas, muda de planeta.  As pessoas querem uma receita. Em um mundo de incertezas não tem receita, você precisa ter várias possibilidades para tudo na vida ter jogo de cintura, e é isso que eu vou mostrar hoje, que existe uma possiblidade”, adianta Leila.

Em relação à pandemia, a palestrante afirma que muitas empresas quebraram, mas muitas também cresceram. “Muitos não estavam preparados. Estava todo mundo acomodado. Não existia uma reserva financeira e quem não estava preparado, quebrou. Teve muita empresa que foi pega de surpresa. Mas as coisas mudaram, a estrutura empresarial mudou. Há uma diversidade muito grande, não da pra generalizar o que aconteceu na pandemia”, finaliza.

A palestra de Leila Navarro, A Retomada ao Trabalho, será nesta quinta-feira (25) às 19h30 no O Casarão Eventos, em Marabá. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

Instituto Miguel Chamon entrega óculos no Liberdade, em Parauapebas

Instituto Miguel Chamon entrega óculos no Liberdade, em Parauapebas

Durante o mês de outubro, o Instituto Miguel Chamon esteve em diferentes localidades de Parauapebas e do Pará realizando atendimentos…
Assinado convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas

Assinado convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) assinou hoje (8) um convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas,…
Pelé é internado para tratamento de tumor do cólon

Pelé é internado para tratamento de tumor do cólon

Pelé voltou a ser internado no Hospital Israelita Albert Einstein para dar sequência ao tratamento do tumor de cólon, identificado…
Ômicron chega a 57 países e hospitalizações devem subir

Ômicron chega a 57 países e hospitalizações devem subir

A variante Ômicron já foi notificada em 57 países, e o número de pacientes que precisarão de internação hospitalar provavelmente aumentará…
Portadores de fibromialgia começam a receber carteirinha a partir de sexta-feira (10)

Portadores de fibromialgia começam a receber carteirinha a partir de sexta-feira (10)

Na próxima sexta-feira (10), às 10h da manhã, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Departamento de Doenças…
Operações da Semas no período de defeso apreendem mais de 15 toneladas de pescado

Operações da Semas no período de defeso apreendem mais de 15 toneladas de pescado

A fim de combater a captura ilícita de peixes no período do defeso, (prazo estabelecido de acordo com a época…