Correio de Carajás

Inauguração no PA é cancelada após pane em avião de Gilmar Mendes

Luciana Marschall

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes estava em um avião da Força Aérea que sofreu pane ao decolar em Brasília na noite de ontem, quinta-feira (22), com destino a Belém, no Pará. O ministro é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e se deslocava para a inauguração do maior posto de atendimento para coleta biométrica do estado.

A assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral no Pará informou ao Correio de Carajás nesta tarde que por conta do problema técnico na aeronave o evento que estava previsto para acontecer na manhã de hoje (23) foi adiado. Ainda não foi definida nova data para a inauguração.

Leia mais:

O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica emitiu nota confirmando que a aeronave da FAB decolou de Brasília às 18h45, mas no decorrer do voo apresentou uma falha técnica. De acordo com o posicionamento, os pilotos realizaram os procedimentos previstos e, por precaução, retornaram à Capital Federal.

A Aeronáutica garante que “em nenhum momento a segurança dos passageiros foi comprometida”. A aeronave retornou ao solo às 19h45, na Ala 1, em Brasília. Ainda não foram informados detalhes sobre o ocorrido ou onde se deu a falha.

Em Belém, além de participar da inauguração do posto de atendimento para coleta biométrica, o ministro também pretendia ir à Ilha do Combu, onde o Tribunal Regional Eleitoral do Pará realiza coleta de dados biométricos da população ribeirinha de maneira itinerante.

O novo posto, cuja inauguração foi cancelada, está instalado no Galpão 10 da Companhia de Docas do Pará (CPD), num prédio histórico do início do século XX. Ao todo, são 50 guichês de atendimento voltados ao recadastramento e 150 servidores atendendo.  A meta do TRE-PA é alcançar 80% do eleitorado revisado antes do final deste ano.

O TSE não publicou a agenda de hoje do ministro Gilmar Mendes. A última disponível na página do órgão é a de ontem, na qual consta o horário do voo para Belém. As mesmas informações foram publicadas ontem pelo Supremo Tribunal Federal. Já nesta sexta-feira, o STF publicou apenas as agendas dos ministros Agenda Edson Fachin e Alexandre de Moraes. 

Luciana Marschall

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes estava em um avião da Força Aérea que sofreu pane ao decolar em Brasília na noite de ontem, quinta-feira (22), com destino a Belém, no Pará. O ministro é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e se deslocava para a inauguração do maior posto de atendimento para coleta biométrica do estado.

A assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral no Pará informou ao Correio de Carajás nesta tarde que por conta do problema técnico na aeronave o evento que estava previsto para acontecer na manhã de hoje (23) foi adiado. Ainda não foi definida nova data para a inauguração.

O Centro de Comunicação Social da Aeronáutica emitiu nota confirmando que a aeronave da FAB decolou de Brasília às 18h45, mas no decorrer do voo apresentou uma falha técnica. De acordo com o posicionamento, os pilotos realizaram os procedimentos previstos e, por precaução, retornaram à Capital Federal.

A Aeronáutica garante que “em nenhum momento a segurança dos passageiros foi comprometida”. A aeronave retornou ao solo às 19h45, na Ala 1, em Brasília. Ainda não foram informados detalhes sobre o ocorrido ou onde se deu a falha.

Em Belém, além de participar da inauguração do posto de atendimento para coleta biométrica, o ministro também pretendia ir à Ilha do Combu, onde o Tribunal Regional Eleitoral do Pará realiza coleta de dados biométricos da população ribeirinha de maneira itinerante.

O novo posto, cuja inauguração foi cancelada, está instalado no Galpão 10 da Companhia de Docas do Pará (CPD), num prédio histórico do início do século XX. Ao todo, são 50 guichês de atendimento voltados ao recadastramento e 150 servidores atendendo.  A meta do TRE-PA é alcançar 80% do eleitorado revisado antes do final deste ano.

O TSE não publicou a agenda de hoje do ministro Gilmar Mendes. A última disponível na página do órgão é a de ontem, na qual consta o horário do voo para Belém. As mesmas informações foram publicadas ontem pelo Supremo Tribunal Federal. Já nesta sexta-feira, o STF publicou apenas as agendas dos ministros Agenda Edson Fachin e Alexandre de Moraes. 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.