Correio de Carajás

IFPA Parauapebas inicia aulas remotas nesta segunda

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A partir desta segunda-feira (31), o campus Parauapebas do Instituto Federal do Pará (IFPA) retorna às atividades de ensino, que haviam sido suspensas desde 19 de março com a interrupção do calendário acadêmico em razão da pandemia de Covid-19.

Como as atividades presenciais continuam proibidas a fim de resguardar a saúde da comunidade acadêmica, as aulas serão oferecidas utilizando metodologias de ensino remoto, como aulas on-line, apostilas, palestras e outras atividades que auxiliem na aplicação do conteúdo didático, priorizando o uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), mas adequando o material às necessidades dos alunos.

De acordo com informações do diretor de Ensino, professor Pedro Paulo Santos, “o calendário acadêmico precisou ser reelaborado tendo em vista a necessidade de reposição das aulas referentes ao período de interrupção das atividades e a carga-horária referente ao segundo semestre de 2020”, declarou.

Leia mais:

O planejamento das atividades de ensino prevê que o ano letivo de 2020 seja cumprido até 15 de junho de 2021, “sempre avaliando a aceitação das metodologias alternativas e também os dados da evolução da pandemia para que, no momento mais favorável, possamos retornar com as aulas presenciais”, disse o professor Pedro Paulo.

Para planejar a oferta no modo à distância, a equipe de Ensino do campus considerou as informações do Estudo Técnico elaborado por uma Comissão de estudantes e professores que analisaram o cenário atual mediante parâmetros que declararam ainda não ser o momento seguro para oferta de aulas presenciais.

O diretor de Ensino do campus disse, ainda, que “em primeiro lugar, temos em mente a necessidade de agirmos em prol da segurança e de modo responsável com os nossos alunos, familiares e servidores”.

Para garantir que o processo de retorno seja realizado prezando pela saúde coletiva, a comunidade acadêmica terá, de modo remoto, acompanhamento pedagógico e apoio emocional especializado.

O professor Pedro Paulo faz, ainda, um pedido para que os alunos participem ativamente das pesquisas, entrevistas e avaliações sobre o ensino remoto para que sejam realizadas as adequações necessárias com o intuito de garantir a aprendizagem dos alunos.

“É muito importante que o aluno faça, também, a atualização dos dados do SIGAA para que nós possamos acompanhar a aplicação dos métodos de ensino à distância, a instituição quer estar o mais próximo possível dos nossos alunos, por isso é tão necessário que toda comunidade acadêmica se envolva na recomposição do calendário acadêmica de 2020.1”, concluiu. (Ascom/IFPA)

Comentários

Mais

Homem é morto na frente do sobrinho de 6 anos

Homem é morto na frente do sobrinho de 6 anos

Uma criança de seis anos de idade testemunhou a execução sumária do tio, de 21 anos, conhecido como Wemerson Pablo…
Colisão entre caminhonete e moto estraçalha motociclista

Colisão entre caminhonete e moto estraçalha motociclista

Um acidente terrível se registrou por volta das 16h de ontem na PA-160, município de Canaã de Carajás: uma caminhonete…
Fasepa investigará morte de adolescente no CIAM

Fasepa investigará morte de adolescente no CIAM

A Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa) enviou nota para o CORREIO, no final da manhã de ontem (24),…
Ladrão furta equipamento avaliado em R$ 10 mil

Ladrão furta equipamento avaliado em R$ 10 mil

Um furto a uma reforma em residência particular do bairro Betânia, em Parauapebas, a prisão de João Francisco Silva Soeiro…
Mais de 14 mil pessoas são presas em Operação Maria da Penha

Mais de 14 mil pessoas são presas em Operação Maria da Penha

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) divulgou hoje (24) números da Operação Maria da Penha, lançada em agosto com o…
Menor foi morto por colega de cela com lâmina de barbear

Menor foi morto por colega de cela com lâmina de barbear

Está identificado como Eduardo Ferreira Lima, de apenas 14 anos de idade, o adolescente assassinado dentro do Centro de Internação…