Correio de Carajás

Hospital Regional retoma atendimentos eletivos após desativação de leitos Covid-19

NORMALIZANDO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

As alas para o tratamento de pacientes graves da doença no HRSP tiveram 52 leitos, sendo 40 de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) e 12 clínicos

Com a queda nos casos relacionados com a Covid-19, o Hospital Regional do Sudeste do Pará – Dr. Geraldo Veloso (HRSP), em Marabá, desativou os leitos exclusivos para tratamento do novo coronavírus na unidade. O hospital, agora retoma os atendimentos eletivos seguindo as diretrizes da Secretaria de Estado da Saúde do Pará (Sespa).

Instaladas de maneira emergencial em março de 2020, as alas para o tratamento de pacientes graves da doença no HRSP tiveram 52 leitos, sendo 40 de UTI (Unidades de Terapia Intensiva) e 12 clínicos.

A escolha do Regional do Sudeste do Pará como referência no atendimento de pacientes foi realizada pela Sespa e Ministério da Saúde. Ao todo, foram atendidos 981 pacientes pela unidade, com 588 recuperados, três transferências e 390 óbitos.

Leia mais:

Valdemir Girato, diretor Hospitalar do HRSP, explica que o anúncio da desativação dos leitos foi feito durante a reunião do Comitê de Gerenciamento de Crise, criado na unidade para combater a doença, e composto por profissionais do corpo clínico, assistencial e administrativo da instituição.

“Após ser referência para pacientes com a Covid-19, voltamos com 100% dos nossos atendimentos eletivos que durante a pandemia foi reprimido. Estamos felizes com a redução significativamente da doença na região, mais caso necessitem novamente dos nossos trabalhos, iremos estar prontos para combater o vírus que infelizmente tirou muitas vidas”, explicou.

Ainda de acordo com o diretor, as visitas de familiares a pacientes internados na instituição também serão retomadas normalmente a partir dessa semana, seguindo todas as recomendações de higienização da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Para o secretário de Saúde do Pará, Rômulo Rodovalho, o hospital cumpriu a missão delegada pelo governo do Estado. “Ficamos contentes em oferecer aos pacientes de Covid-19 da região de Marabá uma unidade capaz de ajudá-los na recuperação e alta hospitalar. Toda a equipe da unidade está de parabéns pela sensibilidade em ter oferecido mais esse diferencial no atendimento”, afirmou.

O Regional do Sudeste do Pará é uma unidade que pertence ao Governo do Pará, sendo gerenciado pela entidade filantrópica Pró-Saúde. Com atendimento 100% pelo SUS (Sistema Único de Saúde), o hospital é referência para mais de 1 milhão de pessoas de 22 municípios da região.

Origem dos pacientes

Entre os 981 pacientes encaminhados para tratamento da Covid-19 no Regional do Sudeste do Pará, dados levantados pela unidade apontam que desse total 39% tinham origem de Marabá, 7% de Itupiranga, 5,9% de Jacundá, 4,99% de Canaã dos Carajás, e os demais de outros municípios da região.

A maioria dos pacientes com o novo coronavírus atendidos na unidade tinham idade acima dos 50 anos (63,40%), seguido por pessoas entre 34 e 39 anos (21%). Outros pacientes, com idades entre 19 e 33 anos, representaram 9,48% dos casos. Por último, menos de 7% dos pacientes tinham idade abaixo dos 18 anos.

De acordo com Cassiano Barbosa, diretor Técnico do HRSP, a unidade foi referência para os casos mais graves da doença, com muitos pacientes em estado crítico, com a necessidade de intubação.

“Foi um período de muita superação para todos, conseguimos salvar centenas de vidas que chegaram em estado gravíssimo. Gostaria de parabenizar todo o corpo clínico e assistencial do HRSP, que sempre se empenharam em oferecer um serviço humanizado de excelência a todos pacientes”, ressaltou.

O médico menciona que a taxa de mortalidade na UTI Covid do hospital foi de 39%, bem abaixo da média nacional dos hospitais públicos brasileiros, que é de 53,1%, de acordo com o Registro Nacional de Terapia Intensiva (RNTI).

“O treinamento da equipe, acompanhamento com visitas diárias aos pacientes, e discussão das condutas médicas com a equipe multidisciplinar, fez toda a diferença, para que tantas vidas fossem salvas” explicou Cassiano.

Atendimento pós-Covid-19

O HRSP está promovendo o acompanhamento de pacientes com algum tipo de sequela da Covid-19. O atendimento é realizado por uma equipe multiprofissional da unidade, destacada especialmente para atender os casos de pessoas que continuam apresentando algum sintoma persistentes após a recuperação.

Para agendar as consultas no Regional do Sudeste do Pará é necessário entrar em contato por telefone, no número (94) 98116-1989, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 17h. Os atendimentos são realizados uma vez por semana, e já beneficiaram mais de 200 pacientes com consultas e exames laboratoriais.

Comentários

Mais

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

José Divino Naves, mais conhecido como Dr. Naves, desembarcou às 16h30 deste sábado (18) em Marabá, após passar 5 meses…
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Passados 11 anos desde a realização do último censo nacional, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, uma associação sem…
Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para…
Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

O Pará contabilizou mais 51 casos de Covid-19 e 4 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“O Forma Pará, antes de qualquer coisa, é um programa que cuida de pessoas. E vocês também serão profissionais que…
Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

A família do adolescente Marcos Henrique dos Santos, de 14 anos, que foi morto na noite desta quinta-feira (16), no…