Correio de Carajás

Homem cai de moto, levanta, usa banheiro, bebe água e morre sentado em cadeira

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um homem morreu na manhã desta quinta-feira (16), após sofrer queda de moto. O caso aconteceu na localidade conhecida como Lagoa Preta, zona rural do município de Curionópolis, distante cerca de 32 quilômetros da Vila Palmares II, em Parauapebas.

Uma testemunha, que não se identificou, contou ao Correio de Carajás que encontrou Antônio Rodrigues Bezerra, de 47 anos, por volta de 5h30, deitado na estrada ao lado da moto. Segundo o homem, ele acorda todos os dias as 5 horas para tirar leite.

“Hoje acordei no mesmo horário, fiz meu café e, por volta de 5h30, sai para tirar leite. Quando abri a cancela da cocheira e vi a moto parada no meio da estrada. Eu olhei novamente e vi o homem deitado ao lado do veículo. Eu o chamei, ele levantou, então perguntei que horas ele tinha caído no local. Ele disse que não sabia”, conta o homem.

Leia mais:

Ainda de acordo com a testemunha, Antônio pediu água, mas este negou, justificando que não daria porque não sabia o estado de saúde da vítima. “Ele então pediu para eu ligar a moto porque ele queria ir para casa, na Vila Palmares I”, relatou.

Segundo o homem, como o dia estava clareando, pediu para Antônio esperar enquanto ia tirar leite. “Eu acordei minha mulher e meu filho e eles ficaram com ele, que sentou em uma cadeira. Eu tirei leite rápido, voltei e ele ainda estava sentado na cadeira. Quando me viu, pediu para ir ao banheiro, depois voltou e bebeu duas mãos de água”, detalha o homem, dizendo que Antônio sentou novamente na cadeira e ele saiu para ir até a Palmares I tentar encontrar um parente da vítima, para busca-la.

“Quando eu voltei, já o encontrei morto na cadeira”, diz o homem, que acredita que Antônio, ao cair da moto, deve pode ter rompido algum órgão, o que causou hemorragia interna e, consequentemente, a morte.

A testemunha conta que conhecia Antônio de vista, porque ele sempre passava por ali, e tem amizade com um cunhado dele. “Ele costumava parar aqui e tomar uma dose de cachaça, mas a gente não tinha amizade”, diz o homem.

O caso vai ser investigado pelo Departamento de Homicídios da 20ª Seccional Urbana de Parauapebas. (Tina Santos e Ronaldo Modesto)

Comentários

Mais

Motoqueiro bêbado provoca acidente na Folha 29

Motoqueiro bêbado provoca acidente na Folha 29

Após atravessar o canteiro central e tentar alcançar a pista, o condutor de uma motocicleta, Elias Alves de Almeida, de…
Motociclista morre ao bater moto em carro estacionado

Motociclista morre ao bater moto em carro estacionado

Uma fatalidade ceifou a vida do trabalhador rural Jorcelino Alves de Araújo, de 51 anos de idade, morador do município…
Adolescente é apreendido por matar desafeto no Bairro da Paz

Adolescente é apreendido por matar desafeto no Bairro da Paz

Entre os crimes registrados em Marabá está semana está o assassinato de Gabriel da Silva Ribeiro, de 24 anos. Ele…
Polícia faz caçada a um dos suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Polícia faz caçada a um dos suspeitos de envolvimento na chacina de Parauapebas

Parauapebas presenciou, na última quarta-feira (15), uma cena de terror: cinco corpos foram encontrados Às proximidades do bairro Vila Nova,…
Moradores encontram corpo próximo à Folha 8

Moradores encontram corpo próximo à Folha 8

Moradores da Folha 8, Núcleo Nova Marabá, encontraram próximo ao Rio Tocantins um corpo, do sexo masculino, já em estado…
Colisão entre duas motos deixa um em estado grave

Colisão entre duas motos deixa um em estado grave

Após atravessar o canteiro central e tentar alcançar a pista, o condutor de uma motocicleta, de prenome Elias, se chocou…