Correio de Carajás

Hemocentro de Marabá tem programação especial para o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue

No Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, o Hemopa de Marabá tem expectativa de 100 bolsas de sangue/ Fotos: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Durante a semana, além das coletas, horários diferenciados e atividades especiais estão sendo ofertadas ao público

A Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) promoveu ao longo desta semana várias atividades especiais em celebração ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, comemorado no dia 25 de novembro.

Além das coletas, horários diferenciados e atrações culturais, como a Banda de Música do Exército, fizeram parte para atrair e homenagear os doadores.

Banda de Música do Exército esteve nesta quinta-feira (25) em uma programação especial para os doadores

Instituições e empresas parceiras participaram do evento na manhã desta quinta-feira (25) prestigiando e fazendo um ato de amor e solidariedade com o próximo, tirando alguns minutos do dia para doar sangue.

Leia mais:

O objetivo é manter os estoques estáveis e continuar salvando vidas e auxiliando na transfusão dos que passam por algum tipo de urgência. O Hemopa de Marabá atende todas as cidades da região, por isso conta com o apoio de doadores. A coordenação da instituição ressalta que no próximo sábado (27) o Hemocentro estará aberto até as 15 horas.

“Hoje é uma data muito especial, que comemoramos o dia do Doador Voluntário de Sangue. Durante essa semana tivemos um culto ecumênico para um momento de gratidão”, conta Regiane Izaías, gerente do Hemopa Marabá.

Regiane Izaías, gerente do Hemopa Marabá, comemora doações durante a semana

Luan Ferreira, 19 anos, é um dos integrantes do Exército Brasileiro que compareceu ao Hemopa pela primeira vez. “A sensação de ajudar é que a gente pode estar doando uma vida para alguém que precisa. Isso é muito bom”, conta, dizendo que vai se tornar um doador fixo do hemocentro.

Há mais 5 anos, Anderson Soares é um doador frequente do Hemopa. Ao Correio de Carajás ele afirma que é muito emocionante saber que está ajudando o próximo. “Eu nunca precisei de sangue. Mas é importante ajudar. Todo ano eu venho aqui no dia 25 de novembro”, conta, ressaltando que seu tipo de sangue é O- e sabe que é raro.

Aos 34 anos, Anderson é um grande incentivador para que familiares e amigos compareçam ao Hemopa para doar. “Já trouxe várias pessoas. Sempre trago alguém pra cá”.

Alane Santos, responsável pela sala de coleta, trabalha com a captação do sangue e pede para que o público compareça ao Hemopa e doe sangue. Ela ressalta que a demanda é muito grande, tanto em Marabá como em as cidades vizinhas.

“Todo dia é uma expectativa de grandes quantidades de doadores para não faltar. Seria ótimo ter 50, 60 doadores por dia, mas nem sempre a gente consegue atingir esse público. Ontem, por exemplo, conseguimos 57 doadores. Mas estamos em uma semana especial”.

A profissional afirma que a expectativa para esta quinta-feira é de que sejam coletadas 100 bolsas de sangue.

Para ser doador, é necessário estar em perfeito estado de saúde, ter entre 16 e 69 anos e pesar no mínimo 50 kg. Para menores de idade, é preciso que esteja acompanhado do responsável legal, levando documento com foto. (Ana Mangas)

Comentários

Mais

Instituto Miguel Chamon entrega óculos no Liberdade, em Parauapebas

Instituto Miguel Chamon entrega óculos no Liberdade, em Parauapebas

Durante o mês de outubro, o Instituto Miguel Chamon esteve em diferentes localidades de Parauapebas e do Pará realizando atendimentos…
Assinado convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas

Assinado convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) assinou hoje (8) um convênio para implantação do Centro Nacional de Vacinas,…
Pelé é internado para tratamento de tumor do cólon

Pelé é internado para tratamento de tumor do cólon

Pelé voltou a ser internado no Hospital Israelita Albert Einstein para dar sequência ao tratamento do tumor de cólon, identificado…
Ômicron chega a 57 países e hospitalizações devem subir

Ômicron chega a 57 países e hospitalizações devem subir

A variante Ômicron já foi notificada em 57 países, e o número de pacientes que precisarão de internação hospitalar provavelmente aumentará…
Portadores de fibromialgia começam a receber carteirinha a partir de sexta-feira (10)

Portadores de fibromialgia começam a receber carteirinha a partir de sexta-feira (10)

Na próxima sexta-feira (10), às 10h da manhã, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio do Departamento de Doenças…
Operações da Semas no período de defeso apreendem mais de 15 toneladas de pescado

Operações da Semas no período de defeso apreendem mais de 15 toneladas de pescado

A fim de combater a captura ilícita de peixes no período do defeso, (prazo estabelecido de acordo com a época…