Correio de Carajás

Helder participa de conferência para compra de vacina russa Sputnik V

Fotos: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O governador do Pará, Helder Barbalho, participou nesta quinta-feira (18) de uma conferência virtual com o Fundo Soberano Russo e o Consórcio dos Governadores da Amazônia para tratar sobre a compra da vacina russa Sputnik V. “A nossa intenção é vacinar a população, salvar vidas com a vacina. Nós, do Consórcio da Amazônia Legal, queremos esclarecer quantas doses serão destinadas aos estados da Amazônia e qual é a capacidade do Fundo Soberano Russo de produzir mais doses e, consequentemente, prazos e previsão de entrega para todos os estados que demandam vacina neste momento”, disse Helder Barbalho.

O governador do Maranhão, Flávio Dino, presidente do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal, ressaltou no encontro que “o desejo dos estados da Amazônia é um contrato nos mesmos moldes do que foi feito com os estados do Nordeste. Em razão do que já foi pactuado com o Nordeste, há o interesse de participação também dos estados da Amazônia”.

Prioridade – Um dos membros do Fundo Russo de Investimento Direto, Vladimir Primak, garantiu que a prioridade de venda da vacina é para as instituições governamentais. “A prioridade é dos governos; não vendemos a instituições privadas. A vacina Sputnik V custa cerca de US$ 10,00 e usa dois vetores de adenovírus diferentes em cada uma das duas doses”, explicou.

Leia mais:

“Vamos fazer o possível para que possamos andar junto com o Brasil neste momento, principalmente com os estados do Norte e Nordeste. Estamos abertos à cooperação. Pretendemos chegar a um acordo com o Consórcio da Amazônia, e estamos prontos para aumentar nossa produção a partir de agosto”, acrescentou um dos membros do Fundo Russo de Investimento Direto.

Os governadores do Nordeste assinaram contrato com o Fundo Soberano Russo para a compra de 37 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Instituto Gamaleya. As doses devem ser entregues ao Brasil entre abril e julho.

Nesta sexta-feira (19), o governador do Pará participará de outra reunião com o Consórcio dos Governadores do Nordeste para dar andamento ao processo de compra de vacina Sputnik V. (Agência Pará)

Comentários

Mais

Ricardo Salles pede demissão do governo

Ricardo Salles pede demissão do governo

o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, pediu hoje demissão do governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Logo depois, Salles…
STF confirma decisão que considera Moro parcial no caso do tríplex

STF confirma decisão que considera Moro parcial no caso do tríplex

Por 7 votos a 4, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (23) manter a decisão que reconheceu a parcialidade…
CPI vai requisitar proteção policial para deputado Luis Miranda e irmão

CPI vai requisitar proteção policial para deputado Luis Miranda e irmão

O senador Randolfe Rodrigues, vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da covid-19, afirmou que vai solicitar proteção policial para…
Deputado diz ter afirmado a Pazuello que iria "explodir na mídia" caso sobre denúncia na compra da Covaxin

Deputado diz ter afirmado a Pazuello que iria "explodir na mídia" caso sobre denúncia na compra da Covaxin

O deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) afirmou na última terça-feira, 22, que o servidor Luís Ricardo Fernandes Miranda, chefe de…
CPI da Vale chega a Marabá e deputados vão às instalações da mineradora

CPI da Vale chega a Marabá e deputados vão às instalações da mineradora

Iniciou por Marabá nesta quarta-feira, 23, uma série de diligências nas instalações da mineradora Vale no Estado. A ação faz…
Sete pretendem disputar prefeitura de Goianésia em 3 de outubro

Sete pretendem disputar prefeitura de Goianésia em 3 de outubro

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) marcou para o dia 3 de outubro deste ano a eleição suplementar para a escolha…