Correio de Carajás

Governo cobra inclusão do Pará na MP que concede subsídios ao setor de energia elétrica

Governador Helder Barbalho já conversou com o ministro de Minas e Energia e o presidente da Aneel sobre o acordo que previa a contemplação do Pará/Foto: Marco Santos / Ag.Pará
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

O governador Helder Barbalho assinou, na tarde desta segunda-feira (8), um ofício direcionado à Presidência da República, à direção da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e ao Ministério de Minas e Energia, reiterando a posição do Pará de defender uma reparação devido à exclusão do Estado da Medida Provisória (MP) que reduz a tarifa de energia dos estados das regiões Norte e Nordeste do Brasil.

“Na última sexta-feira (5) tive contato com o ministro de Minas e Energia (Bento Albuquerque) e com o presidente da Aneel (André Pepitone) cobrando o acordo que havia sido construído, de que o Estado do Pará também seria contemplado, e lamentavelmente a Medida Provisória enviada pelo governo federal excluiu o Pará. A expectativa é que essa exclusão seja reparada, e que o Estado também seja contemplado e garanta o benefício a toda nossa população,” argumentou o chefe do Executivo. 

O Governo do Pará já havia solicitado o reparo desde setembro de 2020. O acordo já vinha sendo debatido com a Aneel e com o Congresso Nacional. A MP 998/2020 prevê subsídios ao setor de energia elétrica, a fim de amenizar os impactos na tarifa das regiões, em médio e longo prazo.

Leia mais:

A expectativa é que a situação seja reparada em uma segunda MP, já nos próximos dias. Caso não haja o ajuste, o Estado do Pará entrará na Justiça para obter a redução e garantir que a população paraense não seja penalizada.

Na última quinta-feira (4), o Senado aprovou Medida Provisória que remaneja recursos do setor elétrico para permitir a redução de tarifas de energia. A lei prevê que serão beneficiadas apenas distribuidoras de energia privatizadas a partir da Lei 12.783/ 2013, o que exclui a rede de abastecimento elétrica do Pará, em cujo território está a única hidrelétrica genuinamente nacional, Tucuruí, e a Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu. (Agência Pará)

Comentários

Mais

Por que oposição de direita resiste em se unir a protestos contra Bolsonaro

Por que oposição de direita resiste em se unir a protestos contra Bolsonaro

Em um momento de novo agravamento da pandemia de coronavírus no país, movimentos e partidos políticos de centro-esquerda convocaram mais…
CPI da Covid avalia incluir Bolsonaro no rol de investigados

CPI da Covid avalia incluir Bolsonaro no rol de investigados

O grupo majoritário da CPI da Covid no Senado quer avançar nos próximos dias em decisões internas importantes, como a…
Governo federal entrega milhares de títulos agrários em Marabá

Governo federal entrega milhares de títulos agrários em Marabá

Mais de 50 mil documentos de titularidade de terra, entre definitivos e provisórios, foram conferidos a famílias assentadas e ocupantes…
Bolsonaro inaugura trecho da BR-230 e sobrevoa  o Pedral do Lourenço

Bolsonaro inaugura trecho da BR-230 e sobrevoa o Pedral do Lourenço

A segunda agenda do presidente da presidente da República Jair Bolsonaro na região nesta sexta-feira (18) foi à margem da…
Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

Brasil aplica mais de 2,56 milhões de doses de vacina em 24 horas

O Brasil estabeleceu um novo recorde nesta quinta-feira (17) ao aplicar 2.561.553 doses de vacinas contra a covid-19 em 24…
Queiroga, Pazuello e Araújo estão entre os 14 investigados da CPI da Covid

Queiroga, Pazuello e Araújo estão entre os 14 investigados da CPI da Covid

O relator da CPI da Covid, senador Renan Calheiros (MDB-AL), anunciou nesta sexta-feira a lista com 14 pessoas que passam a ser investigadas…