Correio de Carajás

Governo cancela retorno das aulas na rede estadual

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
3 Visualizações

As aulas na rede pública de ensino paraense não serão mais retomadas no dia 3 de agosto. Foi o que anunciou, nesta quinta- feira, o governador do Pará, Helder Barbalho, por meio das redes sociais. Ainda não há nova data prevista o retorno das atividades de ensino no estado.

O chefe do executivo estadual disse que, apesar de o Pará ter apresentado diminuição dos números de casos e óbitos pela Covid-19 nas últimas semanas, na decisão, foram considerados alertas importantes de cientistas e médicos para o cuidado e cautela na volta às aulas.

“Estamos fazendo isso baseado em ciência e cautela, como temos feito desde o início da pandemia. A volta às aulas tem que ser feita com muito critério, cuidado e rigor sanitário”, esclareceu o governador, que estava acompanhado da secretária de Estado de Educação, Eliete de Fátima, e da presidente do Conselho Estadual de Educação, Bethânia Fidalgo.

Leia mais:

AVANÇO

O chefe do executivo estadual reforçou, ainda, que o Pará é o estado brasileiro que mais diminuiu os números de casos e óbitos da Covid-19, nas últimas semanas. “No entanto, alertas importantes de cientistas e médicos para que tenhamos cuidado, e sejamos cautelosos nesta volta às aulas. Quando as aulas voltarem, teremos uma série de protocolos e medidas complementares que farão a diferença, como a distribuição de milhões de máscaras para os alunos e profissionais da rede pública estadual de educação”, reforçou.

O governador adiantou que cada aluno receberá um par de máscaras, que estão sendo confeccionadas pela Fábrica Esperança. Além disso, todas as escolas públicas estaduais serão desinfectadas e toda a comunidade estudantil terá acesso permanente aos produtos de higienização no ambiente escolar.

No próximo dia 15 de agosto será feita uma nova avaliação da situação da Covid-19 nas oito regiões do estado, baseado em projeções de pesquisas e números de leitos clínicos, números de UTIs, casos novos e números do óbitos. “Além do percentual da presença do vírus detectado na nossa pesquisa epidemiológica que está sendo feita pela Uepa. A retomada acontecerá à luz da ciência, recoberta com todos os cuidados sanitários necessários”, complementou Helder Barbalho.

ALIMENTAÇÃO

Mesmo com o retorno das aulas ainda sem data definitiva, o governo do Estado fará, nos próximos dias, a terceira recarga do vale-alimentação escolar para todos os alunos da rede estadual. Segundo a Seduc, somente na segunda remessa foram atendidos 575.244 mil alunos em todos os municípios paraenses. (Da Redação, com Ag. Pará)

Comentários
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Mais

Músicos fecham acesso à ponte rodoferroviária com barreira

Músicos fecham acesso à ponte rodoferroviária com barreira

Conforme prometido previamente, a categoria dos músicos da noite de Marabá, que estão sem poder trabalhar há várias semanas, em…
Pará se destaca na Amazônia em transparência de dados ambientais

Pará se destaca na Amazônia em transparência de dados ambientais

O relatório “Transparência das informações ambientais na Amazônia Legal: o acesso à informação e a disponibilização de dados públicos”, lançado…
MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes

MEC abrirá em maio inscrições para bolsas remanescentes

O Ministério da Educação (MEC) vai abrir, nos dias 3 e 4 de maio, as inscrições para as bolsas remanescentes…
Casa da Cultura de Canaã celebra o Mês do Índio

Casa da Cultura de Canaã celebra o Mês do Índio

A cultura paraense é marcada por forte influência indígena. A contribuição do povo mais antigo no solo brasileiro pode ser…
Pandemia de covid-19 "está longe de terminar", diz chefe da OMS

Pandemia de covid-19 "está longe de terminar", diz chefe da OMS

Confusão e negligência no combate à Covid-19 fazem com que a pandemia esteja longe de terminar, mas a situação pode…
MST programa ações em torno dos 25 anos do Massacre de Eldorado

MST programa ações em torno dos 25 anos do Massacre de Eldorado

Entre os dias 10 e 21 de abril, o Movimento Sem Terra (MST) tem ações afirmativas programadas em torno da…