Correio de Carajás

Governo anuncia ampliação do sistema penitenciário e mais de 500 novas vagas

Governo se reune com representantes dos órgãos de segurança pública para alinhamento dos trabalhos/ Fotos: Evangelista Rocha

GOVERNO DO PARÁ

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Na manhã desta terça-feira (20) aconteceu uma reunião na sede da Secretaria Regional de Governo do Sudeste do Pará, em Marabá, que contou com a presença do secretário regional João Chamon Neto e de representantes da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), da Polícia Civil e Polícia Militar.

Através de novos investimentos no setor penitenciário e na segurança pública da região, o Governo do Estado irá entregar nesta quinta-feira (22), às 16 horas, a ampliação do Centro de Recuperação Agrícola Mariano Antunes. Na ocasião, serão apresentados o presídio semi-aberto masculino e a cadeia pública masculina.

“Estamos trabalhando para ter um atendimento cada vez mais humanizado, proporcionando segurança para a população e, atendendo no sentido de segurança, todos que estão ali dentro”, enfatiza Chamon.

Leia mais:
Secretário Regional, João Chamon, enfatiza a importância deste momento.

Sheila Faro, chefe de gabinete da Seap, destacou a importância desse momento histórico, já que o Estado do Pará sempre teve um histórico de superlotação nas cadeias públicas e, agora, essa situação irá zerar na região.

“Vamos oferecer 506 novas vagas, tanto no regime semi-aberto como no fechado. Isso significa para o sistema zerar o déficit que existe aqui. Ou seja, vamos ter mais vagas e menos custodiados. Essa é uma luta que a gente vem travando desde que iniciou esse governo, e agora isso se torna um marco dentro da região”.

Desde o começo da administração do governador Helder Barbalho, o Pará tem reduzido significativamente os índices de criminalidade, como apontam as estatísticas. Para João Chamon Neto, isso é fruto de um trabalho conjunto. “Todos os órgãos de segurança pública estão trabalhando alinhados, com o objetivo de proporcionar maior segurança para a população”, finaliza. (Ana Mangas)

Mais

Anvisa explica entraves na aprovação da vacina Sputink V

Anvisa explica entraves na aprovação da vacina Sputink V

Em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia nesta terça-feira (11), o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância…
Guedes diz que reforma administrativa será moderada

Guedes diz que reforma administrativa será moderada

O Ministro da Economia, Paulo Guedes, classificou como bastante moderada a proposta do governo de reforma administrativa, em audiência pública,…
Estados e municípios poderão utilizar saldos de fundos de saúde

Estados e municípios poderão utilizar saldos de fundos de saúde

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei complementar que estende até o fim de 2021 a autorização concedida a estados,…
Senadores avaliam semana da CPI da Pandemia como positiva

Senadores avaliam semana da CPI da Pandemia como positiva

Os senadores avaliaram de forma positiva a primeira semana de oitivas da CPI da Pandemia. Foram ouvidos os ex-ministros da…
Brasil precisa fortalecer produção de insumos, diz Queiroga

Brasil precisa fortalecer produção de insumos, diz Queiroga

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta quinta-feira (6) em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia…
Queiroga diz que enfrentamento à pandemia requer união de forças

Queiroga diz que enfrentamento à pandemia requer união de forças

Em depoimento nesta quinta-feira (6) à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia no Senado, o ministro da Saúde, Marcelo…