Correio de Carajás

Golpistas que usavam cheques de pessoas mortas são presos em Canaã

Cheques eram utilizados na compra de veículos que eram revendidos a preços abaixo do valor de mercado/ Foto: PJC/MT

ESTELIONATO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Duas pessoas foram presas em Canaã dos Carajás, no sudeste paraense, na última segunda-feira (3), pela Operação Defraudo, desencadeada pela Polícia Civil do Mato Grosso com apoio das polícias do Pará e do Mato Grosso do Sul.

Conforme o site de notícias O Mato Grosso, além deles, mais dois estelionatários também foram presos no Mato Grosso do Sul, durante o final de semana. Os nomes das pessoas envolvidas não foram divulgados. A quadrilha aplicava golpes de compras de veículos utilizando cheques falsos de mortos de todo o país.

As investigações que resultaram na desarticulação do grupo criminoso tiveram início no mês de fevereiro, após os suspeitos aplicarem um golpe de R$ 28 mil em uma idosa de 66 anos na cidade de Confresa, no Mato Grosso. Em seguida, descobriu-se que as mesmas pessoas estavam envolvidas em crimes praticados em mais quatro estados.

Leia mais:

A estimativa é que somente neste ano a associação criminosa já havia causado prejuízos de R$ 300 mil às vítimas. Os investigados serão indiciados por crimes de Estelionato Qualificado, Uso de Documento Falso, Falsidade Ideológica, Associação Criminosa e Lavagem de Dinheiro.

Os criminosos se apresentavam com documentos falsos, buscando vítimas idosas ou que percebessem alguma vulnerabilidade. Os suspeitos demonstravam interesse na compra do veículo e se dirigiam à agência bancária para realizar o pagamento, utilizando cheques falsos.

Acreditando ter recebido a quantia negociada, as vítimas transferiam o veículo aos estelionatários, que a partir então o anunciavam nas redes sociais e em sites de venda, com preços abaixo de mercado para que fosse vendido o mais rápido possível.

Ao encontrar algum interessado vendiam o veículo e recebiam o dinheiro em suas contas bancárias. A vítima que recebia cheque falso só percebia o golpe alguns dias depois, quando os veículos já haviam sido revendidos. (Luciana Marschall – com informações de O Mato Grosso)

Comentários

Mais

Cães da Guarda Municipal localizam drogas outra vez

Cães da Guarda Municipal localizam drogas outra vez

A Polícia Militar e a Guarda Municipal apreenderam quase 6 quilos de drogas (mais de 4 kg de maconha e…
Mandante e executor são presos pela Civil

Mandante e executor são presos pela Civil

Dois homens foram presos acusados de envolvimento na morte do traficante Danielson Moreira Carvalho, o Dani, 30 anos, executado com…
Matador de jovem em fila de mercado pega 12 anos

Matador de jovem em fila de mercado pega 12 anos

Esta semana, o Tribunal do Júri, em Marabá, condenou a 12 anos de prisão, Geilson Cezário de Souza a 12…
Mais cinco morrem em confronto com a PM

Mais cinco morrem em confronto com a PM

Cinco acusados de integrar a facção criminosa Comando Vermelho (CV) foram mortos a tiros durante confronto com a polícia na…
Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Defensores de empresários e advogado falam sobre prisões em Parauapebas

Os advogados Geovane Oliveira Junior e Abraunienes Faustino de Sousa concederam entrevistas na tarde desta quarta-feira (23) se posicionando sobre…
Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

Empresários e advogado são presos por prostituição de adolescentes em Parauapebas

A Polícia Civil cumpriu mandados de prisão contra os empresários Mauro de Souza Davi, o Marola, que atua na promoção…