Correio de Carajás

Gincana ecológica na programação da Semana da Árvore

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Uma gincana ecológica envolvendo as escolas municipais marca hoje, quarta-feira, 21, mais um dia de programação da Semana da Árvore em Parauapebas, realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). A programação, alusiva ao Dia Árvore, comemorado nesta quinta-feira, 22, começou segunda-feira, 19, e segue até esta sexta-feira, 23.

#ANUNCIO

Ontem, às margens do Lago Nova Carajás, foi montada a Estação de Arte Verde, voltada para o público infantil, que está sendo o alvo da programação deste ano. Os alunos das escolas puderam participar de ouvir histórias, abordando a questão ambiental, fazer pintura de rosto, jogo de tabuleiro e assistir apresentação de teatro de fantoche.

Leia mais:

A programação contou com a participação da vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde e da equipe do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep). Paralelo a isso, na Vila Cedere I, foi realizado o plantio de arvore às margens de uma nascente, para tentar recuperar a mata ciliar do local.

Segundo Cleiton Sá, do Serviço de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Seap), essa ação no Cedere faz parte de um projeto piloto para recuperação de nascentes em Parauapebas. 

Na quinta-feira, haverá exposição de projetos sobre Desenvolvimento Ambiental e Ecológico na Escola Municipal Chico Mendes e, essa mesma exposição, será feita para a comunidade da Vila Palmares Sul, na sexta-feira, contando com a presença da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), escolas técnicas e outras instituições superiores de ensino.

A programação encerra, na sexta-feira, a partir das 18 horas, no Centro Cultural de Parauapebas, no Bairro Cidade Nova. Cleiton observa que este ano foi dado ênfase às crianças, para que a nova geração seja multiplicadora dos cuidados que o ser humano precisa ter com o meio ambiente, como não jogar lixo na rua, não desperdiçar água, não cortar as árvores e não poluir as nascentes.

“Estamos orientando essas crianças, para que no futuro sejam cidadãos conscientes”, espera Cleiton. Cláudia Sampaio, educadora Ambiental do Saaep, orientou as crianças a como cuidar da água, evitando desperdício.

Ela mostrou todo o processo de tratamento da água, desde a captação no rio até a distribuição para a população, frisando que tudo isso gera custos e, ao lavar calçada, por exemplo, com esse líquido, é dinheiro jogado fora.

“O certo é reaproveitar a água usada na lavagem de roupa ou aparada da chuva para fazer a limpeza de casa e de calçadas ou mesmo molhar a rua, como muitos acabam fazendo para reduzir a poeira”, orientou Cláudia.

Participando das atividades, Maria Clara, de 10 anos, que estuda o 4º Ciclo na Escola Milton Alves Martins, gostou da programação e afirma que vai colocar tudo o que aprendeu em prática. “Quando chegar em casa já vou falar para minha mãe que a água da máquina de lavar pode ser aproveitada para limpar a casa”, frisou. (Tina Santos)

Uma gincana ecológica envolvendo as escolas municipais marca hoje, quarta-feira, 21, mais um dia de programação da Semana da Árvore em Parauapebas, realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). A programação, alusiva ao Dia Árvore, comemorado nesta quinta-feira, 22, começou segunda-feira, 19, e segue até esta sexta-feira, 23.

#ANUNCIO

Ontem, às margens do Lago Nova Carajás, foi montada a Estação de Arte Verde, voltada para o público infantil, que está sendo o alvo da programação deste ano. Os alunos das escolas puderam participar de ouvir histórias, abordando a questão ambiental, fazer pintura de rosto, jogo de tabuleiro e assistir apresentação de teatro de fantoche.

A programação contou com a participação da vigilância Ambiental da Secretaria Municipal de Saúde e da equipe do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep). Paralelo a isso, na Vila Cedere I, foi realizado o plantio de arvore às margens de uma nascente, para tentar recuperar a mata ciliar do local.

Segundo Cleiton Sá, do Serviço de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Seap), essa ação no Cedere faz parte de um projeto piloto para recuperação de nascentes em Parauapebas. 

Na quinta-feira, haverá exposição de projetos sobre Desenvolvimento Ambiental e Ecológico na Escola Municipal Chico Mendes e, essa mesma exposição, será feita para a comunidade da Vila Palmares Sul, na sexta-feira, contando com a presença da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), escolas técnicas e outras instituições superiores de ensino.

A programação encerra, na sexta-feira, a partir das 18 horas, no Centro Cultural de Parauapebas, no Bairro Cidade Nova. Cleiton observa que este ano foi dado ênfase às crianças, para que a nova geração seja multiplicadora dos cuidados que o ser humano precisa ter com o meio ambiente, como não jogar lixo na rua, não desperdiçar água, não cortar as árvores e não poluir as nascentes.

“Estamos orientando essas crianças, para que no futuro sejam cidadãos conscientes”, espera Cleiton. Cláudia Sampaio, educadora Ambiental do Saaep, orientou as crianças a como cuidar da água, evitando desperdício.

Ela mostrou todo o processo de tratamento da água, desde a captação no rio até a distribuição para a população, frisando que tudo isso gera custos e, ao lavar calçada, por exemplo, com esse líquido, é dinheiro jogado fora.

“O certo é reaproveitar a água usada na lavagem de roupa ou aparada da chuva para fazer a limpeza de casa e de calçadas ou mesmo molhar a rua, como muitos acabam fazendo para reduzir a poeira”, orientou Cláudia.

Participando das atividades, Maria Clara, de 10 anos, que estuda o 4º Ciclo na Escola Milton Alves Martins, gostou da programação e afirma que vai colocar tudo o que aprendeu em prática. “Quando chegar em casa já vou falar para minha mãe que a água da máquina de lavar pode ser aproveitada para limpar a casa”, frisou. (Tina Santos)

Comentários

Mais

Caixa paga 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em janeiro

Caixa paga 3ª parcela do auxílio emergencial para nascidos em janeiro

A Caixa inicia hoje (18) os pagamentos da terceira parcela do auxílio emergencial 2021. Os beneficiários nascidos em janeiro serão…
Butantan entrega mais 2,2 milhões de doses de vacina contra a covid-19

Butantan entrega mais 2,2 milhões de doses de vacina contra a covid-19

O Instituto Butantan fez hoje (18) a entrega de mais 2,2 milhões de doses da vacina contra o coronavírus CoronaVac. O imunizante…
Vacinas da Janssen não chegarão ao Brasil nesta semana

Vacinas da Janssen não chegarão ao Brasil nesta semana

Achegada ao Brasil de 3 milhões de doses de vacinas da Janssen não ocorrerá mais nesta semana. A informação foi…
Quina de São João terá prêmio de R$ 190 milhões

Quina de São João terá prêmio de R$ 190 milhões

Daqui a oito dias, em 26 de junho, será realizado o sorteio da Quina de São João, que este ano…
Começa neste sábado a 1ª Copa Xikrin do Kateté de Futebol Indígena

Começa neste sábado a 1ª Copa Xikrin do Kateté de Futebol Indígena

Com o objetivo de promover a cultura esportiva entre os povos indígenas a Prefeitura de Parauapebas, por meio do Departamento…
Com avanço da vacinação, Pará reduz em 45% o número de mortes de idosos acima de 70 anos

Com avanço da vacinação, Pará reduz em 45% o número de mortes de idosos acima de 70 anos

Um estudo realizado pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) constatou que o avanço da imunização contra a Covid-19 no…