Correio de Carajás

Garimpeiros liberam trecho da BR-163 após quatro dias de interdição

Garimpeiros liberam trecho da BR-163 após quatro dias de interdição
Trânsito foi liberado na BR-163 no começo da tarde desta sexta, 13 — Foto: Ascom/PRF
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Garimpeiros liberaram na tarde desta sexta-feira (13) o trecho da BR-163 que estava interditado desde segunda-feira (9), próximo à Itaituba, sudoeste do Pará. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o desbloqueio da via ocorreu por volta de 13h. Os trabalhadores, que atuam de forma ilegal na região, paralisaram as atividades para cobrar a legalização dos garimpos na região e exigiram reunião com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, mantendo a rodovia bloqueada por quatro dias.

BR-163, também conhecida como Cuiabá-Santarém, liga os municípios da região do Baixo Amazonas ao centro-oeste do Brasil. A interdição aconteceu no distrito de Moraes de Almeida, na zona rural de Itaituba. A rodovia é a principal rota da região para o escoamento da safra de grãos do Pará.

O grupo formado por cerca de 250 garimpeiros exige a suspensão das ações de fiscalização contra os garimpeiros da região e pede a garantia e segurança dos equipamentos usados por eles. Durante operações de fiscalização, aparelhos utilizados na extração de minério de forma ilegal são destruídos.

Leia mais:

Por meio de rede social oficial, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, informou que na segunda-feira (16) irá receber “junto com um grupo de ministros na Casa Civil, o governador e representantes da região no sul do Pará, para discutir soluções”.

Ministro da Casa Civil informou que irá reunir com o governador do Pará e "representantes da região sul do estado" na segunda-feira, 16 — Foto: Reprodução/Twitter
Ministro da Casa Civil informou que irá reunir com o governador do Pará e “representantes da região sul do estado” na segunda-feira, 16 — Foto: Reprodução/Twitter

Na última quarta-feira (11) o superintendente do Ibama no Pará, coronel Evandro Cunha, foi exonerado pelo Ministério do Meio Ambiente. A decisão foi tomada após ele ter afirmado que iria parar a destruição de equipamentos apreendidos em garimpos ilegais no estado. A destruição de produtos e instrumentos usados em crimes ambientais é autorizada pela legislação ambiental quando não for possível retirar os equipamentos da mata.

Violência contra agentes do Ibama

Garimpeiros já haviam respondido com violência a ações de fiscalização do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

No dia 30 de setembro, agentes do instituto foram alvos de tiros próximo a uma área indígena no Pará. De acordo com a Polícia Federal, a ação criminosa teve o objetivo de intimidar as ações de combate a garimpos ilegais na região. Ninguém ficou ferido no ataque.

A equipe que foi atacada era composta por quatro fiscais Ibama, quatro agentes da Força Nacional e oito policiais federais. Os disparos foram efetuados quando a equipe identificou um garimpo ilegal perto da Terra Indígena Ituna/Itatá.

No acampamento, foi encontrada uma escavadeira grande, além de máquinas e bombas usadas em garimpos ilegais. Os equipamentos foram destruídos no local. (Fonte:G1)

Comentários

Mais

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

José Divino Naves, mais conhecido como Dr. Naves, desembarcou às 16h30 deste sábado (18) em Marabá, após passar 5 meses…
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Passados 11 anos desde a realização do último censo nacional, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, uma associação sem…
Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para…
Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

O Pará contabilizou mais 51 casos de Covid-19 e 4 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“O Forma Pará, antes de qualquer coisa, é um programa que cuida de pessoas. E vocês também serão profissionais que…
Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

A família do adolescente Marcos Henrique dos Santos, de 14 anos, que foi morto na noite desta quinta-feira (16), no…