Turma jovem predomina no arrastão do bloco pelas ruas da Cidade Nova/ Foto: Arquivo

A Praça Central do Bairro NovoHorizonte é o espaço onde a turma do Bloco ‘Gaiola das Loucas’ se concentraapós a passeata de hoje (5) pelas ruas do complexo Cidade Nova. Será atrigésima vez que os brincantes terão ido à folia em Marabá com esse nome. Aolongo das três décadas, o que era uma brincadeira entre amigos virou um blocoque puxa multidão no último doa de Carnaval.

“No dia teremos um grande palanque,estrutura de som que a Prefeitura está nos proporcionando, vamos tentar trazeruma atração de fora que ainda é surpresa, além do tradicional arrastão dagaiola, e depois uma festa no corredor da folia até altas horas, conformelicença ambiental da prefeitura”, garantiu Chefe Evaldo Almeida, um dosorganizadores.

E 2019 é emblemático para o Gaioladas Loucas que completa 30 anos. Chefe Evaldo explica que a brincadeira começoubem antes, mas oficialmente o bloco completa três décadas. No ano passado,segundo a organização, 20 mil brincantes participaram do arrastão, agora aexpectativa é chegar aos 30 mil foliões. O bloco conta com parceria daPrefeitura de Marabá por meio da Secretaria Municipal de Cultura.

“Isso foi uma brincadeira de meiadúzia de amigos que surgiu no bairro do Amapá e foi crescendo. Hoje o Gaiolanada mais é que um dos maiores blocos do Estado do Pará. O nome foi inspiradoem um filme, como se tratava de homem vestido de mulher, era importante que agente tivesse uma marca e ai escolhemos a gaiola”, relata o carnavalesco.

ARRASTÃO

Relembrando que o Arrastão do Bloco Gaiola das Loucas é neste feriado de 5 de março, com concentração na Praça do Novo Horizonte. A saída está prevista para às 16 horas com percurso estimado de uma hora pelas ruas do bairro Cidade Nova, com proibição de carros e motos durante o trajeto. Depois os foliões continuam a festa na praça com previsão de três trios elétricos, corredor da folia e palco com DJ e bandas. (Da Redação, com PMM)