Correio de Carajás

Filipe Toledo supera Medina na final e fatura título do Surf Ranch Pro

Foto: Reprodução/ Redes Sociais
Foto: Reprodução/ Redes Sociais
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sexta etapa da WSL é a última antes da estreia da modalidade em Tóquio

O paulista Filipe Toledo, de 26 anos, conquistou o título do Surf Ranch Pro ao derrotar na final o compatriota Gabriel Medina, bicampeão na piscina de ondas artificiais de Lemoore (Estados Unidos).  Foram dois vice-campeonatos seguidos perdendo a final para Medina, atual líder do ranking mundial, mas hoje quem reinou na piscina de Lemoore foi Filipinho, paulista de Ubatuba, com nota final 17,94, enquanto Medina somou 10,60. 

A etapa na piscina de ondas de Leemore é a sexta da Liga Mundial de Surf (WSL, sigla em inglês) e a última antes da estreia da modalidade na Olimpíada de Tóquio (Japão). Além de Medina, o Brasil será representado em Tóquio 2020 por Ítalo Ferreira, Silvana Lima, e Tatiana Weston-Webb.

Na disputa feminina no Surf Ranch Pro,  a francesa Johanne Defay (nota final 16,63) superou a atual líder do ranking, a havaiana Clarissa Moore (16,23).

A brasileira Tatiana Weston-Webb terminou em terceiro lugar na classificação final, ao lado da astraliana Sally Fistzgibbons. Tati perdeu a semifinal para Moore.

Outros dois brasileiros chegaram às semifinais na piscina de Leemore: Yago Dora foi superado pelo japonês Kanoa Igarashi e Adriano de Souza, o Mineirinho. caiu para o australiano Ethan Ewing. O curitibano Yago Dora, de 25 anos,  protagonizou a melhor performance na etapa ao levar nota 9,50, a mais alta na edição deste ano do Surf Ranch Pro, garantindo a classificação para a semifinal.

O Surf Ranch Pro contou ainda com a participação do numero dois do mundo, o potiguar Ítalo Ferreira, campeão mundial em 2019, Caio Ibelli, Miguel Pupo, Jadson André, Deivid Silva, Peterson Crisanto,  Alex Ribeiro e Lucas Vicente – campeão mundial júnior, de 19 anos, que disputou a etapa como convidado. (Agência Brasil)

Comentários

Mais

Com ouro de Ana Marcela Cunha, Brasil ultrapassa recorde de mulheres medalhistas em uma Olimpíada

Com ouro de Ana Marcela Cunha, Brasil ultrapassa recorde de mulheres medalhistas em uma Olimpíada

Se o Brasil ainda busca ultrapassar o recorde de medalhas da Rio-2016, onde atingiu 19 conquistas no quadro geral, o…
Seleção de vôlei vence Rússia e encara Coreia do Sul na semi

Seleção de vôlei vence Rússia e encara Coreia do Sul na semi

A Seleção Brasileira feminina de vôlei venceu o Comitê Olímpico Russo por 3 sets a 1, de virada, com parciais…
Rebeca Andrade será porta-bandeira do Brasil em cerimônia de encerramento das Olimpíadas

Rebeca Andrade será porta-bandeira do Brasil em cerimônia de encerramento das Olimpíadas

Despedida em grande estilo. Medalhista de ouro e prata nos Jogos de Tóquio, Rebeca Andrade será a porta-bandeira do Brasil na…
Ana Marcela Cunha é campeã olímpica na maratona aquática em Tóquio

Ana Marcela Cunha é campeã olímpica na maratona aquática em Tóquio

A espera acabou. Depois de quatro ciclos olímpicos, Ana Marcela Cunha, de 29 anos, colocou em sua gigantesca galeria de…
No Z4 da Série B, Cruzeiro acerta retorno de Vanderlei Luxemburgo

No Z4 da Série B, Cruzeiro acerta retorno de Vanderlei Luxemburgo

O Cruzeiro anunciou nesta terça-feira (3) o retorno de Vanderlei Luxemburgo. O técnico de 69 anos se apresenta à Toca da…
Brasil avança à final de saltos no hipismo em Tóquio com Yuri Mansur

Brasil avança à final de saltos no hipismo em Tóquio com Yuri Mansur

O cavaleiro Yuri Mansur é o primeiro finalista da delegação brasileira de hipismo na Olimpíada de Tóquio (Japão). O paulistano,…