Correio de Carajás

Feriadão do Natal teve arrastão da Vigilância Sanitária e 6 bares notificados

No total, sete estabelecimentos noturnos já foram interditados em Marabá neste mês de dezembro / Foto: Divulgação
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Que o feriadão de Natal foi movimentado em Marabá, isso ninguém pode negar, ainda mais quem esteve presente nos bares e restaurantes durante as noites de sábado (26) e domingo (27), e pôde ser testemunha das rígidas fiscalizações realizadas pela Vigilância Sanitária do município. Na sexta-feira (25) não houve inspeção devido ao feriado.

Cerca de 12 a 15 estabelecimentos noturnos estão sendo observados pelo órgão municipal e até agora sete deles já foram interditados por promoverem aglomerações, mas antes do feriadão de Natal.

O coordenador da Vigilância Sanitária de Marabá, Daniel Soares, conversou com a Reportagem do Portal Correio e explicou que dos sete estabelecimentos que foram interditados, cinco já cumpriram o prazo de sete dias de interdição e voltaram a funcionar no último fim de semana.

Leia mais:

Entretanto, há dois estabelecimentos que ainda estão cumprindo o fechamento imposto pelas autoridades sanitárias, sendo uma pizzaria no Bairro Belo Horizonte, na última quarta-feira (23) e um bar no Núcleo Nova Marabá, no sábado (19). “As equipes passam pelos locais e, caso seja constatada alguma inconformidade com os decretos, é feita uma orientação e, posteriormente, a notificação”, explica Daniel.

Em todos os quatro cantos de Marabá, as equipes estão realizando inspeções, incluindo nos bairros mais afastados, como Núcleos São Félix e Morada Nova. Apesar disso, o complexo Nova Marabá registra o maior número de denúncias por descumprimento de medidas sanitárias em estabelecimentos. A Vigilância recebe a maioria das delações por meio do WhatsApp.

Para se ter uma ideia, neste fim de semana (26 e 27) seis estabelecimentos foram notificados e a tendência é que haja mais, caso os decretos não sejam cumpridos. Aqueles que voltarem a descumprir as medidas, poderão ter suas licenças cassadas.

Daniel adiantou que estão previstas fiscalizações para o Ano Novo e o final de semana pós Réveillon, especialmente, nos eventos privados que já estão confirmados em Marabá. A Reportagem contabilizou pelo menos dois.

É certo que na virada do ano há uma maior incidência de pessoas indo às ruas a procura de bares e entretenimento, porém, Daniel atestou que o efetivo não será aumentado nas fiscalizações.

“Permaneceremos com três equipes, nos três principais núcleos: Nova Marabá, Cidade Nova e Marabá Pioneira. Cada equipe é composta de três técnicos do órgão, que são acompanhados por duas viaturas da Polícia Militar, além dos demais órgãos que também colaboram nas ações, que são o Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU), a Polícia Civil, a Guarda Municipal e a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma)”, completou Daniel.

Um fato curioso apontado por Soares, é que um ponto, considerado crítico na questão de aglomerações, a Orla Sebastião Miranda, está sendo desbancada pela Nova Marabá. “Com o fechamento da Avenida Marechal Deodoro para tráfego de veículos, estamos tendo menos aglomerações. A Nova Marabá segue registrando maior incidência”, comenta.

Pelo menos seis órgãos trabalham em conjunto nas fiscalizações por todos os núcleos da cidade / Foto: Divulgação

Além disso, há a questão de bares que insistem em funcionar paralelamente como boates e Daniel garantiu que isso também está sendo observado. Na Nova Marabá há três estabelecimentos nessa condição, na Cidade Nova há seis e no São Félix há quatro.

“Estamos de olho neles, inclusive, alguns já foram interditados. Recebemos muitas denúncias e até mesmo vídeos registrando essas situações. Nesses casos, nossa equipe vai até o local e se constatar a veracidade da denúncia, o estabelecimento será notificado”, completa Daniel.

No fim da entrevista, o coordenador deixou um último alerta aos proprietários de bares e restaurantes que forem realizar eventos de Ano Novo. “Evitem as aglomerações, a circulação de pessoas sem o uso de máscaras nas dependências do local, tenham sempre álcool em gel disponível e cumpram os decretos para evitar a interdição”, orienta.

Vale lembrar que qualquer cidadão que se depare com um estabelecimento funcionando irregularmente, sem estar atendendo os decretos, por exemplo, pode denunciar através do telefone da Vigilância Sanitária (94) 3323-2020.

Enquanto isso, 25 dos 28 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), exclusivos para pacientes com Covid-19, seguem ocupados nos hospitais públicos de Marabá, segundo o mais recente boletim epidemiológico da Prefeitura. Doze dos 36 leitos de enfermaria estão ocupados, também exclusivos para casos de Covid-19. O município segue atendendo 23 cidades da região, devido ao fechamento do Hospital de Campanha. (Zeus Bandeira)

Mais

Câmeras da PM em Marabá identificam foragidos e veículos roubados

Câmeras da PM em Marabá identificam foragidos e veículos roubados

A segurança pública de Marabá conta, a partir de agora, com um sistema mais moderno de comunicação. Quem ligar para…
Vítima de homicídio é encontrada em campo de futebol

Vítima de homicídio é encontrada em campo de futebol

A 15ª Seccional Urbana de Tucuruí ficará encarregada de investigar o assassinato de um homem identificado pelo nome de Josiel…
Operação policial no Jacarezinho deixa pelo menos 25 mortos

Operação policial no Jacarezinho deixa pelo menos 25 mortos

Uma operação da Polícia Civil do RJ contra o tráfico de drogas no Jacarezinho, na Zona Norte do Rio, deixou 25…
Trotes atrapalham as ações da polícia em Marabá

Trotes atrapalham as ações da polícia em Marabá

Todos os dias a Polícia Militar de Marabá atende diversas ligações falsas, os chamados trotes. Muitas das vezes, a equipe…
PRF apreende 105 toneladas de minério ilegal em caminhão na BR-222

PRF apreende 105 toneladas de minério ilegal em caminhão na BR-222

Um caminhão que transportava 105 toneladas de minério ilegal foi apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no sudeste do Pará.…
Foragido da justiça é linchado por populares da Folha 16 após esfaquear homem

Foragido da justiça é linchado por populares da Folha 16 após esfaquear homem

Por volta das 16 horas desta quarta-feira, 5, um homem foi esfaqueado na Folha 16, no bairro Nova Marabá. A…