Correio de Carajás

Falta de segurança no Residencial Alto Bonito é discutida na CMP

Residencial foi construído em terreno acidentado em um morro / Fotos: Ronaldo Modesto
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Após a morte de um homem e um acidente de carro que também quase termina em tragédia no último sábado, 20, a falta de segurança e grade de proteção ao longo dos desníveis entre os blocos do Residencial Alto Bonito foram tema de debate na sessão desta terça-feira, 23, na Câmara Municipal de Parauapebas (CMP).

O vereador Zacarias de Assunção Vieira Marques (sem partido) apresentou e teve aprovada a indicação nº 97/2019 solicitando a instalação urgente de estrutura de segurança no residencial.

Na manhã do último sábado, um morador do bloco 33, Joaquim Lima Trajano Neto, de 51 anos, morreu ao escorregar na grama e cair ladeira abaixo, batendo a cabeça contra o meio fio. No mesmo dia, o motorista de um carro errou a manobra na hora de estacionar e também desceu ladeira abaixo, parando a poucos metros de um apartamento, no terreno do bloco 19.

Leia mais:

Zacarias Marques observou que no residencial moram aproximadamente 10 mil pessoas, tendo muitas crianças e idosos, que assim como os demais moradores estão sujeitos a sofrer acidente no local, devido ao grande desnível que existe entre os blocos, construídos em uma área de morro, com terreno totalmente acidentado. Segundo os moradores, existem algumas depressões que chegam a sete metros de altura, um risco para quem mora ali.

Para o vereador, é urgente que se tome medidas para evitar que novos acidentes aconteçam e venham a fazer novas vítimas fatais. “Os moradores dizem que acidentes ali são frequentes, com pessoas caindo e tendo traumas como quebra de braço e pernas. No último sábado, infelizmente, uma pessoa perdeu a vida. Então, é urgente que se construa proteção no local”, frisou o vereador.

Ele destacou, no entanto, que não é só a falta de grade de proteção que aflige os moradores do Alto Bonito, conjunto habitacional do Projeto Minha Casa Minha Vida, entregue em 2017 e 2018 aos moradores de baixa renda. De acordo com o vereador, no local também é gritante a falta de segurança, a ocorrência de tráfico de drogas, assaltos e furtos, assim como os moradores reclamam da falta de extintores de incêndio, falta de água nas mangueiras de combate a incêndio e de bombas de água que não funcionam.

Além disso, pontuou Marques, não existe elevador nos prédios, o que é um calvário para os idosos e pessoas com deficiência física, que moram em apartamentos nos andares mais altos e precisam descer e subir escada. “Tudo isso são fatores que têm tirado a paz dos moradores daquele residencial”, apontou o vereador.

Construção de praça de alimentação e pista de esportes radicais

O Residencial Alto Bonito também foi alvo de indicação da vereadora Kelen Adriana Costa Coelho Mesquita (PTB). Ela solicitou ao Poder Executivo a construção na parte interna do lago que fica próximo ao residencial de uma quadra poliesportiva, um anfiteatro e uma pista para a prática de esportes radicais, como skate, bike e patins.

A vereadora pede ainda que na parte externa no entorno do lago sejam construídos uma praça de alimentação e uma feira comercial, e que seja feita a duplicação das vias Domingos Cardoso e Cristóvão Colombo até a PA-160, para facilitar o acesso da população a essa futura área de lazer, caso seja criada. Segundo Kelen Adriana, o projeto vai levar lazer e gerar renda a população, beneficiando principalmente quem mora no Alto Bonito e nos bairros Altamira, Boa Vista, Casas Populares I e II e Vila Rica.

“Sem contar que é mais uma área para ser opção de lazer para o povo de Parauapebas”, ressalta a vereadora.  As proposições dos dois vereadores agora serão enviadas para análises do prefeito Darci Lermen, que vai decidir se atende ou não a indicação dos parlamentares.  (Tina Santos)

Mais

Tião agenda reunião com professores de Marabá para negociar dívida

Tião agenda reunião com professores de Marabá para negociar dívida

Os professores da rede municipal podem, finalmente, ter um encontro cara a cara com o prefeito Tião Miranda, de Marabá.…
Centenas ignoram vírus e aglomeram na Orla de Marabá

Centenas ignoram vírus e aglomeram na Orla de Marabá

Aglomeração, falta de uso de máscara, som alto, consumo de bebidas alcoólicas e desrespeito às medidas de segurança. Foi isso…
Autoescolas reivindicam centro de treinamento em protesto

Autoescolas reivindicam centro de treinamento em protesto

Uma manifestação pacífica tomou conta da entrada da sede da Prefeitura de Parauapebas, promovida pela Associação das Autoescolas de Parauapebas…
Já entregou o IRPF? Prazo acaba dia 31

Já entregou o IRPF? Prazo acaba dia 31

Se você ainda não entregou sua declaração do Imposto de Renda 2021 (IRPF) é melhor se apressar, o prazo acaba…
Cadastro para regularização fundiária do Bairro Liberdade continua

Cadastro para regularização fundiária do Bairro Liberdade continua

As equipes da Companhia de Habitação do Estado do Pará (Cohab) e do Instituto de Terras do Pará (Iterpa) retornaram,…
Webinário debate os impactos da pandemia no setor cultural

Webinário debate os impactos da pandemia no setor cultural

Shows cancelados, cinemas fechados e visitação suspensa a museus e espaços culturais. Eis o cenário que o setor cultural vive…