Foto: reprodução

Bernard Lama, ex-goleiro do Paris Saint-Germain e da seleção francesa, campeão mundial em 1998, garantiu que o clube da capital não pode ter o atacante brasileiro Neymar como único astro, já que se trata de um jogador sem o mesmo carisma de ídolos recentes, como o sueco Zlatan Ibrahimovic.

ALICERCE
FUTURO POSTAGEM

“Ibrahimovic podia cometer erros, às vezes, mas, pelo menos, a alta exigência dele e a força de sua personalidade colocavam o clube e seus companheiros para cima. Não é o caso de Neymar, porque ele só vive para o jogo. Não tem esse carisma, nem esse dom da palavra”, disse o ex-jogador, em entrevista à revista “France Football”.

Para Lama, o PSG erra ao permitir que o camisa 10 siga “em sua bolha”, garantindo que é necessário apresentar a ele a cidade de Paris, a região em que o clube está inserido e os torcedores do clube.

“É preciso se esforçar para que o jogador tenha vontade de mais contato humano. Isso passa, por exemplo, por se encontrar com jovens da divisão de base, participar de iniciativas na periferia. É preciso tentar que sinta o que é estar em Paris, que compreenda os torcedores”, afirmou o ex-goleiro.

Lama lamentou que o Paris Saint-Germain ainda “não tenha a cultura de um grande clube”, como Real Madrid, Barcelona, Bayern de Munique, apontando que todos contam com dirigentes e funcionários que conhecem a cultura local e protegem os jogadores.

O ex-jogador, aliás, exaltou o futebol de Neymar, cujo estilo classificou como “mágico” no gramado, garantindo que se trata de um jogador que o “emociona” mais do que o argentino Lionel Messi e o português Cristiano Ronaldo. (EFE)

TH SITES HORIZONTAL
RADIO CORREIO HORIZONTAL
DEPNEUS
FUTURO HORIZONTAL
ROMANCE FAVORITA

DEIXAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.