Correio de Carajás

Estudo aponta que mortalidade por Covid no Pará é 131% menor que a média nacional, e contaminação é menor em 37%

Foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará

PANDEMIA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Uso de inteligência artificial para prever o cenário e o rápido atendimento médico são fatores determinantes para a menor agressividade da pandemia

Estudo desenvolvido pela Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra) aponta que o cenário da Covid-19 no Pará é menos agressivo em relação ao restante do Brasil. Análise do índice de mortalidade demonstra que, no território paraense, a doença é menos letal em 131,03% que a média nacional. O índice de contaminação no Estado também é menor em 37,02%.

Foto: Divulgação

De acordo com a Ufra, a menor agressividade do novo coronavírus no Pará está diretamente associada ao amplo atendimento médico disponibilizado pelo governo do Estado e ao uso de ferramenta de inteligência artificial, que analisa diferentes indicadores para prever cenários e demandas dos serviços na rede pública de saúde, como leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com o levantamento, o índice de infecção da Covid-19 no Pará, considerando a projeção por 100 mil habitantes, está no patamar de 30,27 novos casos/dia, enquanto a média nacional é de 44,07 casos. Já quanto ao índice de letalidade, o Pará apresenta 0,87 óbitos, enquanto a média nacional é de 2,01. As projeções também consideram a projeção por 100 mil habitantes.

Leia mais:

Os dados desenvolvidos e analisados pela Ufra são utilizados pelo Comitê Técnico e Científico, criado pelo governo do Estado e liderado pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) para avaliar as ações realizadas para enfrentamento da pandemia. Dentre as ações estão a abertura de leitos, manutenção e abertura de hospitais de campanha e decisões sobre bandeiramento nas regiões de saúde, que regulam o funcionamento das atividades econômicas. (Agência Pará)

Mais

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Como parte da programação do Maio Amarelo, mês dedicado à segurança no trânsito, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano…
É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

Falso É falso o tuíte que afirma que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, tenha recebido um passaporte diplomático…
EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

A Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos autorizou a vacina contra covid-19 da Pfizer e da parceira…
Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Pelo menos 8,9% das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de violência sexual na vida, segundo dados da Pesquisa Nacional da Saúde…
Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

As transações por cartões (crédito e débito) registraram um aumento de 17,3% nos valores movimentados no primeiro trimestre deste ano…
Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Circulou nas redes sociais na manhã desta terça-feira (11) a foto de um caixão aberto, que possivelmente seria no Cemitério…