Correio de Carajás

Estudantes marabaenses participam da Olimpíada de Astronomia no Rio de Janeiro

Além de participar das palestras, estudantes tiveram a chance de realizar o lançamento de dois foguetes.
Além de participar das palestras, estudantes tiveram a chance de realizar o lançamento de dois foguetes.

Quatro alunos da Escola José Cursino de Azevedo, da rede municipal de ensino de Marabá participaram da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) de 2019. O evento ocorreu entre os dias 9 e 12 de dezembro no município de Barra do Piraí, Rio de Janeiro. A comitiva da Escola José Cursino contou com a coordenação da professora de Ciências Rosilda Albuquerque dos alunos Márcia Jaine, Keviny Iury da Silva e Karoline de Jesus, todos cursando o nono ano na Escola Municipal de Ensino Fundamental José Cursino, localizada na Folha 10, Nova Marabá.

Segundo a professora Rosilda, o convite para participar do evento é fruto de um trabalho desenvolvido ao longo do ano pela escola José Cursino. “Primeiramente nós fizemos uma seleção aqui na escola, onde cada professor indicou alunos das turmas do oitavo e nono ano. Eles fizeram uma prova e depois realizamos oficinas de confecção de foguetes.  Ao todo, 32 alunos participaram dessa etapa. Eles foram divididos em grupos de três, e cada trio confeccionou seu próprio foguete”, relata a professora.

O próximo passo, após a confecção dos foguetes, foi o lançamento dos mesmos em um evento na escola. “Neste dia cada trio fez o lançamento do seu foguete. O menor lançamento foi de 105 metros e o maior foi de 190 metros. Cadastramos estes dados na base, tanto a prova escrita quanto o lançamento dos foguetes e posteriormente recebemos o convite para que o trio que fez o maior lançamento participasse da Olimpíada Brasileira de Astronomia”, explica Rosilda Albuquerque.

Leia mais:
Estudantes de Marabá lançaram o foguete em dia de chuva no Rio de Janeiro

Márcia Jaine, Keviny Iury da Silva e Karoline de Jesus, os responsáveis pelo lançamento do foguete a 190 metros, obtiveram as passagens para participar do evento, na companhia da professora de Ciências e incentivadora do projeto. Durante a OBA, eles tiveram a chance de participar de várias oficinas e atividades relacionadas à astronomia. “Nós participamos de palestras sobre como construir paraquedas para foguete, sobre segurança e confecção de foguetes com matéria sólida, como rojão de São João. A gente aprendeu muitas coisas que vão nos ajudar muito lá na frente, os ensinamentos foram fundamentais para o nosso crescimento”, afirma a estudante Karoline de Jesus.

Além da participação nas palestras, os alunos também realizaram o lançamento de foguetes em dois dias consecutivos de evento. Eles não conseguiram superar o próprio recorde alcançado (atingiram os 137 metros), porém o voo que fizeram em equipe foi acima de qualquer competição, como afirma o estudante Keviny Iury.“ Socializamos com pessoas de todo o Brasil, conhecemos foguetes diferentes, modelos diversificados. Toda essa experiência foi muito interessante e é o nosso maior prêmio”, resume.

A diretora da Escola José Cursino,  Eliane Lopes Chaves, enaltece o trabalho em equipe realizado pela equipe pedagógica e também pelo alunos e agradece à Secretaria Municipal de Educação, por meio da secretária Marilza Leite e do diretor de Ensino Urbano, Fábio Rogério Gomes, por ter viabilizado a logística para que os estudantes e a professora Rosilda pudessem ir ao evento, no Rio de Janeiro.

Pela Escola João Anastácio de Queiroz, Daniel da Silva Santos, 14, que é aluno do 8º ano, também foi classificado e participou da Jornada de Foguetes em Barra do Piraí. (Bianca Levy e Ulisses Pompeu)          

Comentários

Mais

Suplemento alimentar pode ser prescrito por biomédicos, diz conselho

Suplemento alimentar pode ser prescrito por biomédicos, diz conselho

Uma nova resolução do Conselho Federal de Biomedicina (CFBM) regulamenta as condições para que biomédicos possam assumir a responsabilidade técnica de…
Ministério viabiliza reajuste de salário para agentes de saúde

Ministério viabiliza reajuste de salário para agentes de saúde

Mais de 280 mil agentes comunitários em saúde e de combate a endemias profissionais em todo Brasil serão beneficiados com…
Brasil terá Semana Nacional da Adoção no calendário

Brasil terá Semana Nacional da Adoção no calendário

A partir de 2023, o calendário brasileiro terá a Semana Nacional da Adoção. A Lei nº 14.387/22, que institui a medida, está publicada na…
Valor da nova ponte rodoferroviária mais que dobra em apenas três anos

Valor da nova ponte rodoferroviária mais que dobra em apenas três anos

Durante reunião com representantes da Vale nesta quinta-feira, 30 de junho, os membros da Comissão Especial de Desenvolvimento Socioeconômico de…
Escola de Parauapebas é denunciada por maus-tratos

Escola de Parauapebas é denunciada por maus-tratos

A Escola Educar, localizada no Bairro Cidade Jardim, está sendo alvo de denúncias por maus-tratos. De acordo com responsáveis, várias…
Adutora rompe e moradores do Cidade Nova ficam sem água da Cosanpa

Adutora rompe e moradores do Cidade Nova ficam sem água da Cosanpa

Na manhã desta sexta-feira, 1º de julho, técnicos da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) realizam reparo na tubulação localizada…