Correio de Carajás

Estudantes marabaenses participam da Olimpíada de Astronomia no Rio de Janeiro

Além de participar das palestras, estudantes tiveram a chance de realizar o lançamento de dois foguetes.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Quatro alunos da Escola José Cursino de Azevedo, da rede municipal de ensino de Marabá participaram da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) de 2019. O evento ocorreu entre os dias 9 e 12 de dezembro no município de Barra do Piraí, Rio de Janeiro. A comitiva da Escola José Cursino contou com a coordenação da professora de Ciências Rosilda Albuquerque dos alunos Márcia Jaine, Keviny Iury da Silva e Karoline de Jesus, todos cursando o nono ano na Escola Municipal de Ensino Fundamental José Cursino, localizada na Folha 10, Nova Marabá.

Segundo a professora Rosilda, o convite para participar do evento é fruto de um trabalho desenvolvido ao longo do ano pela escola José Cursino. “Primeiramente nós fizemos uma seleção aqui na escola, onde cada professor indicou alunos das turmas do oitavo e nono ano. Eles fizeram uma prova e depois realizamos oficinas de confecção de foguetes.  Ao todo, 32 alunos participaram dessa etapa. Eles foram divididos em grupos de três, e cada trio confeccionou seu próprio foguete”, relata a professora.

O próximo passo, após a confecção dos foguetes, foi o lançamento dos mesmos em um evento na escola. “Neste dia cada trio fez o lançamento do seu foguete. O menor lançamento foi de 105 metros e o maior foi de 190 metros. Cadastramos estes dados na base, tanto a prova escrita quanto o lançamento dos foguetes e posteriormente recebemos o convite para que o trio que fez o maior lançamento participasse da Olimpíada Brasileira de Astronomia”, explica Rosilda Albuquerque.

Leia mais:
Estudantes de Marabá lançaram o foguete em dia de chuva no Rio de Janeiro

Márcia Jaine, Keviny Iury da Silva e Karoline de Jesus, os responsáveis pelo lançamento do foguete a 190 metros, obtiveram as passagens para participar do evento, na companhia da professora de Ciências e incentivadora do projeto. Durante a OBA, eles tiveram a chance de participar de várias oficinas e atividades relacionadas à astronomia. “Nós participamos de palestras sobre como construir paraquedas para foguete, sobre segurança e confecção de foguetes com matéria sólida, como rojão de São João. A gente aprendeu muitas coisas que vão nos ajudar muito lá na frente, os ensinamentos foram fundamentais para o nosso crescimento”, afirma a estudante Karoline de Jesus.

Além da participação nas palestras, os alunos também realizaram o lançamento de foguetes em dois dias consecutivos de evento. Eles não conseguiram superar o próprio recorde alcançado (atingiram os 137 metros), porém o voo que fizeram em equipe foi acima de qualquer competição, como afirma o estudante Keviny Iury.“ Socializamos com pessoas de todo o Brasil, conhecemos foguetes diferentes, modelos diversificados. Toda essa experiência foi muito interessante e é o nosso maior prêmio”, resume.

A diretora da Escola José Cursino,  Eliane Lopes Chaves, enaltece o trabalho em equipe realizado pela equipe pedagógica e também pelo alunos e agradece à Secretaria Municipal de Educação, por meio da secretária Marilza Leite e do diretor de Ensino Urbano, Fábio Rogério Gomes, por ter viabilizado a logística para que os estudantes e a professora Rosilda pudessem ir ao evento, no Rio de Janeiro.

Pela Escola João Anastácio de Queiroz, Daniel da Silva Santos, 14, que é aluno do 8º ano, também foi classificado e participou da Jornada de Foguetes em Barra do Piraí. (Bianca Levy e Ulisses Pompeu)          

Comentários

Mais

Fiocruz: acordo vai combater transmissão congênita da doença de Chagas

Fiocruz: acordo vai combater transmissão congênita da doença de Chagas

Um convênio assinado hoje (14) pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a agência internacional Central Internacional para a Compra de…
Jovem de Rondon do Pará vence “Oscar da Linguística” brasileiro

Jovem de Rondon do Pará vence “Oscar da Linguística” brasileiro

No dia 8 de abril de 2021, o jovem Bruno Gomes entrou para a história da pesquisa em Linguística no…
Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa

Abertura de empresas bate recorde em 2020, diz Serasa

Em 2020, foram abertas 3,3 milhões de novas empresas, segundo levantamento da Serasa Experian. O número representa um crescimento de…
Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Covid: saúde mental piorou para 53% dos brasileiros sob pandemia, aponta pesquisa

Mais da metade dos brasileiros entrevistados por uma pesquisa declararam que sua saúde emocional e mental piorou desde o início…
Conceição do Araguaia completa 124 anos neste 14 de abril

Conceição do Araguaia completa 124 anos neste 14 de abril

Conceição do Araguaia comemora 124 anos de emancipação política nesta quarta-feira, 14. A cidade pioneira na região, localizada às proximidades…
Como escolher um bom café? Mitos e curiosidades sobre a bebida queridinha dos brasileiros

Como escolher um bom café? Mitos e curiosidades sobre a bebida queridinha dos brasileiros

A segunda bebida mais consumida no mundo é também aquela que hoje serve como instrumento para aproximar ainda mais as…