Correio de Carajás

Melissandra anuncia documentário e segundo álbum

: Referências pop e rock estarão fortemente presentes nas novas produções / Fotos: Zeus Bandeira

ESTRELA DA 28

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um Nova Era vem aí! É o que promete a multiartista Melissandra da 28, que está preparando um documentário sobre a vida pessoal e profissional, intitulado “Estrela da 28”. A produção audiovisual acompanhará o lançamento do segundo álbum de estúdio, que receberá o mesmo nome e a previsão de lançamento é final de junho.

O roteiro abordará a trajetória da travesti, desde o primeiro videoclipe “Armário”, lançado em 2019, até os trabalhos mais recentes, como o álbum de estreia “Matinta”. Também serão retratados os bastidores da produção de um live show, que divulgará o segundo álbum.

Quem ainda não entendeu bem a dinâmica do curta-metragem pode se preparar para narrativas semelhantes ao “Anitta: Made In Honório” e ao “Homecoming”, de Beyoncé, que retratam bastidores de eventos específicos da carreira de cada cantora.

Leia mais:

As filmagens foram feitas em diversos pontos turísticos de Marabá, que são marcantes para a artista. Um deles é o Cine Marrocos, dando palco para uma das cenas mais “teatrais” do documentário, conforme descreve Melissandra. É claro que não poderia faltar a icônica Folha 28, lar da artista.

https://www.youtube.com/watch?v=eSUjFcwR_iM&ab_channel=CorreiodeCaraj%C3%A1s

O curta-metragem também resgata as referências de Melissandra, principalmente suas inspirações na música pop do início dos anos 2000. “Eu sou uma ‘gata’ que cresci vendo a Britney Spears no VMA, a Christina Aguilera no Grammy, a Madonna quebrando padrões, então o álbum, junto com o documentário, vai trazer esse lado mais pop”, conta.

Com o lançamento do documentário, também serão realizadas algumas atividades, como oficinas de teatro, roteiro, performance, expressão corporal, etc. Tudo acontece on-line. Como parte da divulgação, também serão publicados no canal de Melissandra alguns vídeos sobre assuntos cotidianos. Além disso, um single promocional está previsto para ser lançado.

NOVO ÁLBUM, NOVO SOM

Sobre o novo álbum, Melissandra o descreveu em três palavras: maduro, por trazer experiências que teve ao longo da carreira; excêntrico, pelo flerte com a estranheza e o exótico; e intimista, devido ao caráter pessoal das composições.

“O álbum surge de vários questionamentos pós primeiro álbum. O período de quarentena também reflete muito. Isso porque a maioria das músicas do ‘Matinta’ foi escrita há muito tempo, antes do novo coronavírus surgir na região”, explica Melissandra.

https://www.youtube.com/watch?v=LfqBa2PffjM

Enquanto “Matinta” é político, repleto de críticas sociais, com gêneros musicais regionais e traz um lado mais “ácido”, conforme descreve a própria artista, “Estrela da 28” revela um lado mais delicado e doce, passando pelo rock, trap e um bom pop “farofa”, que as “manas” adoram.

Ela revela que no álbum há uma faixa intitulada “Dramatic”, por exemplo, que revela muito. “Eu nunca estudei inglês e mesmo assim trago faixas no idioma. Sempre ouvi muita música pop internacional, o que me ajudou a ter uma base. Além disso, quero mostrar que nós, interioranos, também temos acesso à língua estrangeira”, comenta.

Apesar de não revelar quantas faixas há no álbum, Melissandra adianta que haverá outras versões, com faixas inéditas. “Uma das músicas vai até entrar no documentário como trilha sonora”, adianta.

O live show está previsto para ser realizado no Sesc, caso as medidas de prevenções ao coronavírus sejam flexibilizadas. “Hoje Gucci, amanhã Prada”, é uma das frases emblemáticas inseridas nas faixas do álbum.

Em uma das cenas do documentário, ela reflete sobre aonde quer chegar / Foto: Equipe Melissandra

LEI ALDIR BLANC

Os novos projetos de Melissandra foram aprovados no edital de audiovisual da Lei Aldir Blanc, no final do mês de janeiro. Contemplado pela categoria de curta-metragem, o “Estrela da 28” recebeu uma verba de R$ 100 mil reais para financiamento pelo governo do Estado do Pará.

Desde fevereiro, a travesti e sua equipe estão trabalhando na produção do projeto, contando com Débora Mcdowell, como produtora executiva; Hugo Leonardo como coordenador de produção e assistente de direção; Raikage, como produtor musical do novo álbum; e a própria Melissandra como diretora geral e roteirista.

“Acredito que o histórico de êxito com outras produções – como Transamazônia e Matinta – pode ter facilitado na aprovação do novo projeto. Meus fãs ficarão contentes com o resultado da nova era”, finaliza Melissandra, sorrindo. (Zeus Bandeira)

Comentários
Fausto Silva estreia na Band em janeiro de 2022

Fausto Silva estreia na Band em janeiro de 2022

A Band confirmou hoje (27) a estreia do apresentador Fausto Silva na grade da sua programação para janeiro de 2022, em atração ainda…
Ney Matogrosso ganhará cinebiografia

Ney Matogrosso ganhará cinebiografia

A Paris Entretenimento anunciou que produzirá uma cinebiografia para o cantor e compositor Ney Matogrosso. Intitulada Homem com H, a produção terá direção de Esmir…
Wesley Safadão comenta vídeo de pastor abraçando criança: "Internet doente"

Wesley Safadão comenta vídeo de pastor abraçando criança: "Internet doente"

Vídeo publicado nos stories do cantor Wesley Safadão repercutiu negativamente nesta segunda-feira, 26. Nas imagens, é possível ver ao fundo o pastor André…
Movimenta Pebas estende mostra de cinema até agosto

Movimenta Pebas estende mostra de cinema até agosto

Quem ainda não assistiu à Mostra de Cinema Paraense do Movimenta Pebas, iniciativa patrocinada pela Vale através da Lei de…
Pink se oferece para pagar multa imposta à seleção de handebol da Noruega por recusa ao uso de uniforme sexista

Pink se oferece para pagar multa imposta à seleção de handebol da Noruega por recusa ao uso de uniforme sexista

A cantora Pink usou a conta dela no Twitter para se oferecer para pagar a multa imposta à seleção norueguesa…
Contação de história aborda a importância da Libras para o surdo

Contação de história aborda a importância da Libras para o surdo

Já imaginou um dia mudar de país em busca de novas oportunidades? Se a sua resposta for sim, saiba que…