Correio de Carajás

ERRATA: Homem preso por furto chama-se Joelson e não Joel

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Na manhã desta quarta-feira (10), o Portal Correio de Carajás publicou uma reportagem sobre um furto ocorrido a uma loja de roupas no Núcleo Marabá Pioneira, cujo envolvido no crime foi noticiado primeiramente como Joel Celestino Borges, conforme a fonte repassou para a Reportagem.

Mais tarde, foi confirmado através do site do Tribunal de Justiça do Pará (TJ-PA) que o envolvido na verdade, trata-se de Joelson Celestino Borges. Sendo assim, a reportagem publicada pela manhã foi atualizada.

O Portal Correio de Carajás lamenta o equivoco ocorrido.

Leia mais:
Comentários

Mais

Bando ataca carro forte que vinha para Marabá

Bando ataca carro forte que vinha para Marabá

Um carro forte da empresa Prosegur foi alvo de um bando de assaltantes na tarde desta quinta-feira, por volta de…
DECA é alvo de denúncia dos movimentos sociais

DECA é alvo de denúncia dos movimentos sociais

Documento assinado por 11 entidades que militam na área da luta pela terra e dos direitos humanos denunciam “despejos e…
Mulher é suspeita na morte de mototaxista

Mulher é suspeita na morte de mototaxista

A morte do mototaxista Josiel Mota da Silva gerou comoção e revolta na cidade de Anapu e resultou na destruição…
Furtos em veículos com tecnologia “Chapolin” voltam a acontecer em Marabá

Furtos em veículos com tecnologia “Chapolin” voltam a acontecer em Marabá

A Polícia Civil vem investigando crimes de furtos em veículos que estão sendo praticados com o uso de um mecanismo…
Jeep é abandonado com sangue e corpo é encontrado boiando no Itacaiunas

Jeep é abandonado com sangue e corpo é encontrado boiando no Itacaiunas

Dois fatos podem até não ter ligação, mas a Polícia Civil investiga ambos e tenta fazer uma conexão entre eles.…
Dupla é executada a tiros na frente de escola de Parauapebas

Dupla é executada a tiros na frente de escola de Parauapebas

Leonardo de Jesus Oliveira, de 23 anos, e Raimundo Nonato Peixoto, de 24 anos, foram executados a tiros na noite…