Correio de Carajás

Empresas se posicionam sobre bloqueio judicial

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Sobre a notícia veiculada ontem, quarta-feira (5), pelo portal Correio de Carajás, com o título “Ex de Maurino e 7 empresas têm quase R$ 3 milhões bloqueados“, o representante das empresas T.S. Franco Júnior Comércio EPP e Gameleira Comércio e Serviços LTDA. EPP encaminhou nota com posicionamento hoje, quinta (6).

A decisão da 3ª Vara Cível de Marabá tornou indisponíveis R$ 113.116,65 da Gameleira e R$ 72.911,29 da TS. Franco. De acordo com o representante, em nota, nenhuma das empresas foram notificadas oficialmente sobre o teor da decisão judicial, razão pela qual não possuem, até o momento, mais esclarecimentos relacionados aos fatos veiculados.

A nota acrescenta que as empresas estão seguras quanto às relações negociais mantidas com o setor privado e, sobretudo, com o setor público e que não há a hipótese de terem recebido valores que não estivessem respaldados pelos “competentes procedimentos licitatórios que já contaram com a participação”.

Leia mais:

Afirma, ainda, que “conforme relatado na matéria, pressupõe-se que a ação advém de omissão ou negligência do gestor da época, a se confirmar, o que agora está impondo a terceiros obrigações que não são originariamente suas”.

A nota é finalizada pelas empresas garantindo estarem certas da regularidade de suas relações comerciais, e afirmando que assim que forem cientificadas do conteúdo dos autos, estarão à inteira disposição para “colaborar com a Justiça na busca da verdade, apresentando todos os procedimentos que forem necessários”. (Luciana Marschall)

Sobre a notícia veiculada ontem, quarta-feira (5), pelo portal Correio de Carajás, com o título “Ex de Maurino e 7 empresas têm quase R$ 3 milhões bloqueados“, o representante das empresas T.S. Franco Júnior Comércio EPP e Gameleira Comércio e Serviços LTDA. EPP encaminhou nota com posicionamento hoje, quinta (6).

A decisão da 3ª Vara Cível de Marabá tornou indisponíveis R$ 113.116,65 da Gameleira e R$ 72.911,29 da TS. Franco. De acordo com o representante, em nota, nenhuma das empresas foram notificadas oficialmente sobre o teor da decisão judicial, razão pela qual não possuem, até o momento, mais esclarecimentos relacionados aos fatos veiculados.

A nota acrescenta que as empresas estão seguras quanto às relações negociais mantidas com o setor privado e, sobretudo, com o setor público e que não há a hipótese de terem recebido valores que não estivessem respaldados pelos “competentes procedimentos licitatórios que já contaram com a participação”.

Afirma, ainda, que “conforme relatado na matéria, pressupõe-se que a ação advém de omissão ou negligência do gestor da época, a se confirmar, o que agora está impondo a terceiros obrigações que não são originariamente suas”.

A nota é finalizada pelas empresas garantindo estarem certas da regularidade de suas relações comerciais, e afirmando que assim que forem cientificadas do conteúdo dos autos, estarão à inteira disposição para “colaborar com a Justiça na busca da verdade, apresentando todos os procedimentos que forem necessários”. (Luciana Marschall)

Comentários

Mais

STF confirma decisão de Barroso sobre abrir CPI da Pandemia

STF confirma decisão de Barroso sobre abrir CPI da Pandemia

O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (14), por 10 votos a 1, referendar a decisão do ministro Luís Roberto Barroso que…
Meio Ambiente assina protocolo de adoção de parque localizado no Pará

Meio Ambiente assina protocolo de adoção de parque localizado no Pará

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) assinou hoje (14) o protocolo de intenções com a empresa MRV Engenharia para a…
Decreto inclui Correios no Programa Nacional de Desestatização

Decreto inclui Correios no Programa Nacional de Desestatização

O presidente Jair Bolsonaro incluiu os Correios no Programa Nacional de Desestatização (PND). O decreto foi publicado hoje 14) no Diário…
Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro

Casa Branca anuncia retirada de tropas do Afeganistão até setembro

O governo norte-americano anunciou hoje (14) que vai retirar todos os soldados norte-americanos do Afeganistão até 11 de setembro. Os Estados…
Senado aprova uso de verbas de saúde por estados e municípios

Senado aprova uso de verbas de saúde por estados e municípios

O Senado aprovou nesta terça-feira (13) o Projeto de Lei Complementar (PLP) 10/2021, que estende até o fim deste ano…
Senado aprova formulário de registro de violência doméstica e familiar

Senado aprova formulário de registro de violência doméstica e familiar

O Senado aprovou nesta terça-feira (13) um projeto de lei que cria o Formulário Nacional de Avaliação de Risco. Esse…