Carlene Cardoso desenvolve projeto de estímulo à leitura / Fotos: Tina Santos

A professora Carlene Alves Cardoso foi uma das educadoras vencedoras da 11ª Edição do Prêmio Professor do Brasil, na categoria Educação Infantil. A ação é realizada pelo Ministério da Educação (MEC) e premia projetos pedagógicos que ajudam no desenvolvimento do aprendizado das crianças.

FUTURO POSTAGEM
ALICERCE

Carlene Alves leciona na Escola de Educação infantil Monteiro Lobato, em Parauapebas, e já foi destaque na colaboração de outros projetos voltados à educação infantil. O projeto de sua autoria, que mereceu destaque na premiação do MEC, é “Cantos e Encantos”, que através da literatura, de forma divertida, estimulou as crianças ao hábito da leitura e, consequentemente, a melhora no aprendizado.

A educadora foi homenageada na manhã de ontem, terça-feira, 9, com um café da manhã e declarações dos seus alunos. O secretário municipal de Educação, Raimundo Neto, prestigiou a homenagem feita a professora.

Feliz pelo projeto, ela ressalta que sempre buscou desenvolver atividades que estimulasse a leitura e melhorasse o aprendizado das crianças. Com 25 anos de magistério, ela diz que o prêmio é mais um combustível para continuar colaborando e desenvolvendo projetos que melhorem o aprendizado das crianças.

Ela observa que, mesmo o espaço da escola não sendo o adequado, isso não foi obstáculo para melhorar no rendimento escolar das crianças, com esse projeto.

“A gente fica muito feliz com o prêmio e espero desenvolver outros que colabore com o ensino”, declara a professora, que adiantou que tem a ideia de desenvolver um projeto que ultrapasse os muros das escolas, mas isso, pontua, depende de outros fatores.

“São desafios. Nesse projeto, por exemplo, foi gratificante ver que todas as crianças superaram as dificuldades que tinham e conseguiram avançar na leitura e escrita, que era nosso objetivo”, comemora.

Ela vai receber um certificado do MEC pelo destaque do seu projeto, que foi um dos vencedores no Estado do Pará. O secretário municipal de Educação, Raimundo Neto, parabeniza a professora pelo projeto e diz que isso é importante para melhorar o aprendizado das crianças na faixa de 4 e 5 anos, que estão iniciando a vida estudantil. “O estímulo à leitura é fundamental, para melhorar a linguagem e a escrita”, frisa. (Tina Santos)

RADIO CORREIO HORIZONTAL
DEPNEUS
FUTURO HORIZONTAL
ROMANCE FAVORITA
TH SITES HORIZONTAL

DEIXAR COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.