Correio de Carajás

Ecoturismo tem ótimas opções de lazer e aventuras em julho no Pará

Foto: Uchoa Silva

TURISMO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Exuberante por natureza, Pará concentra conjunto de atrações naturais como rios, praias, áreas de mangue, florestas, com destaque ainda para a fauna diferenciada

Quem quer aproveitar o mês de julho para ir a prática de atividade mais radical, deve conhecer um pouco mais sobre as opotunidades que diferenciam o ecoturismo no Pará, além de alguns pontos turísticos que a população e turistas podem visitar neste mês.

Segundo dados da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), o Pará concentra cerca de 49% das atrações naturais representadas pelos rios, florestas, fauna e flora.

“O Pará está localizado dentro da Floresta Amazônica, na foz do Rio Amazonas. Tem o potencial extraordinário para ecoturismo, talvez um dos destinos com maior potencial para ecoturismo no mundo. O grande diferencial são as populações que habitam nos territórios e a relação com a natureza, com os conhecimentos ancestrais que elas possuem, são os principais guardiões do nosso ecossistema”, destaca o gestor da pasta, André Dias.

Leia mais:
Pará tem um lado banhado pelo Atlântico e esbanja regiões turísticas e paisagens formadas por florestas, praias de rio, furos e igarapés/Foto: Maycon Nunes / Ag. Pará

Entre as ações para promover o ecoturismo do Estado, destacam-se a estruturação de produtos e turismo em unidades de conservação, juntamente com o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICM-Bio), que são os principais parceiros nesse processo. Além disso, são estruturadas trilhas de longo curso, pesca esportiva e o programa Bandeira Azul, um selo que premia praias de turismo, nas praias.

O território paraense oferece boas oportunidades para caminhadas e trilhas em contato direto com a biodiversidade amazônica/Foto: Ascom Ideflor

“A conscientização na conservação do patrimônio natural e cultural é fundamental, a gente precisa manter e conservar esse patrimônio para que as próximas gerações possam ter acesso, para que também possam ter uma vida saudável. É uma relação necessária com meio ambiente e obviamente com a nossa cultura”, justifica André Dias.

Biólogo do Ideflor-bio, Valdemar Júnior, ressaltou as medidas de prevenção contra o novo coronavírus no Parque Estadual do Utinga Camilo Vianna, além da importância do ecoturismo.

“As medidas de prevenção, por conta da pandemia, adotadas são o distanciamento social, acesso ao público reduzido em até 50%, além da verificação de temperatura, uso de álcool em gel e máscaras”, enumera.

Como medida de prevenção ambiental, o ecoturismo exige aos usuários do parque mudanças no comportamento, internalização, sensibilização e valorização de recursos naturais como a fauna, flora e os recursos hídricos.

Estado tem enorme variedade de espécies nativas que tornam um passeio às margens de rios e furos um espetáculo à parte/Foto: Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Montador de Drywall, Yago Paixão, de 27 anos, frequenta o Utinga duas vezes por semana. “Acredito que seja um dos espaços mais agradáveis para realização de atividades físicas, pela dimensão e por ser no meio ambiente. As atividades de ciclismo e caminhada me ajudam a ter uma melhor respiração e preparação física”

A odontóloga e ciclista, Thais Costa, 29 anos, explicou que as atividades ajudaram na sua saúde mental, em período de pandemia.

“Eu comecei a pedalar em 2016, por incentivo da minha irmã. Eu visito o parque do Utinga nos finais de semana e é bem seguro para prática esportiva, além de me sentir mais próxima da natureza. O esporte contribui bastante na minha saúde, não só na forma física, mas também na saúde mental em tempos de pandemia”.  (Agência Pará)

Comentários

Mais

Vereadora Vanda se licencia da Câmara e Badeco assumirá em seu lugar

Vereadora Vanda se licencia da Câmara e Badeco assumirá em seu lugar

Na sessão ordinária desta terça-feira, 3, foi lida, em Plenário, uma “Carta ao povo de Marabá”, em que a vereadora…
Grupamento de Bombeiros em Marabá tem novo comandante

Grupamento de Bombeiros em Marabá tem novo comandante

O major QOBM Felipe Galúcio de Souza, de 45 anos, é o novo comandante do 5º Grupamento de Bombeiros Militar…
Bike adaptada leva Eric e a família para a Orla

Bike adaptada leva Eric e a família para a Orla

Aos 21 anos, Eric Fernandes Silva Souza integra o grupo de pedal Brutas e Cia MBA, juntamente com a mãe,…
A “magrela” que transforma vidas em Marabá

A “magrela” que transforma vidas em Marabá

Marabá ganhou um presente neste verão. É a uma ciclofaixa de cerca de 9 quilômetros, que vai do Km 6,…
MPPA firma TAC com Itupiranga para realização de concurso público

MPPA firma TAC com Itupiranga para realização de concurso público

Nesta sexta-feira (30), a Promotoria de Justiça de Itupiranga firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Município.…
Pará chega a 572.520 casos de Covid-19 e 16.058 mortes

Pará chega a 572.520 casos de Covid-19 e 16.058 mortes

O Pará registra neste segunda-feira (2) um total de 572.520 casos de Covid-19 e 16.058 mortes desde o início da…