Correio de Carajás

Dupla troca tiros com a Polícia Militar e morre

Foto: Reprodução

PACAJÁ

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O confronto aconteceu na Vicinal do Km 250, que dá acesso à Transamazônica. De acordo com a versão oficial, foram os acusados quem atiraram primeiro.

Os jovens Everton de Freitas Ramos, de 17 anos, e Isaque Maia da Silva, de 18, foram mortos por uma guarnição da Polícia Militar de Pacajá após resistirem à ordem de prisão e trocar tiros com os policiais. A dupla era acusada de aterrorizar moradores da zona rural.

Os dois eram procurados pala Polícia Militar de Pacajá, que recebeu denúncias de moradores sobre crimes cometidos por Everton e Isaque. Na região da Vicinal Terra Rica eles são acusados de praticar roubos e furtos.

Na terça-feira, 7, a guarnição policial realizou buscas na região e não localizou os dois. No dia seguinte, novas denúncias chegaram ao comandado da PM de Pacajá. Uma delas informava que os dois estavam caminhando pela rodovia BR-230. E um vídeo gravado por morador da área mostra a ação da dupla atacando uma vítima que passava pela rodovia.

Leia mais:

A guarnição não os encontrou na BR-230. Os dois foram localizados na tarde de quarta-feira a cerca de 5 quilômetros da Estrada Vicinal do Km 250, que acessa a BR-230. De acordo com informações da PM de Pacajá, os policiais os encontraram caminhando pela estrada de terra e os dois reagiram contra a guarnição quando a viatura se aproximou.

Os policiais revidaram à ofensiva da dupla, que acabou ferida. Everton e Isaque foram colocados na viatura e transferidos para a unidade de saúde pública de Pacajá. Mas os dois chegaram sem vida.

Na delegacia de Polícia Civil de Pacajá, onde um inquérito está aberto, a ficha criminal mostra que Isaque estava envolvido em um crime de latrocínio cometido na cidade de Tucuruí, na região sudeste do Pará, enquanto Everton esteve internado pelo crime de violência doméstica, também em Tucuruí.

Um revólver calibre 32 e uma escopeta de cano serrado foram apreendidos pela guarnição militar. As armas de fogo foram apresentadas na delegacia local. E os corpos encaminhados ao IML de Altamira. (Antônio Barroso/freelancer)

Comentários

Mais

Quase 260 toneladas de manganês são apreendidas em Marabá

Quase 260 toneladas de manganês são apreendidas em Marabá

Ao menos 259 toneladas de minério do tipo manganês transportadas de forma ilegal foram apreendidos em Marabá, no sudeste do Pará.…
Caseiro é preso por porte ilegal de arma

Caseiro é preso por porte ilegal de arma

Francisco Borges Pereira, que trabalhava como caseiro de um sítio na Vila Lajeado 1, zona rural de Marabá, foi preso…
Mulher é autuada com mais de 50 gramas de maconha no Alto Bonito

Mulher é autuada com mais de 50 gramas de maconha no Alto Bonito

Carregando mais de 50 gramas de maconha na bolsa, Rayris Souza Ramos saiu correndo ao avistar a guarnição da Guarda…
Comeu manga, invadiu empresa para usar o banheiro e acabou na delegacia

Comeu manga, invadiu empresa para usar o banheiro e acabou na delegacia

Paulo Sérgio Silva, de 20 anos, foi levado para a 20ª Delegacia de Polícia Civil de Parauapebas após ser flagrado…
Quarteto vai preso em ponto de venda de drogas em Canaã

Quarteto vai preso em ponto de venda de drogas em Canaã

Após denúncias de que uma casa estaria sendo usada como local de venda de drogas, a Polícia Civil de Canaã…
PC prende membro de facção criminosa envolvido em assalto a banco

PC prende membro de facção criminosa envolvido em assalto a banco

A Polícia Civil do Pará prendeu, neste sábado (25), em Pacajá, na região sudeste, durante um culto religioso, um homem…