Correio de Carajás

Dois casos da variante ômicron da Covid são detectados em SP

Foto: Josué Damacena/Fiocruz
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Testes positivos são do passageiro e sua esposa que vieram da África do Sul.

O Instituto Adolfo Lutz confirmou nesta terça-feira (30) dois resultados positivos para a variante ômicron (B.1.1.529) do coronavírus no Brasil. O sequenciamento genético que apontou a variante foi feito pelo laboratório do hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, os dois casos são de homem de 41 anos e uma mulher de 37, provenientes da África do Sul. Ambos tiveram resultado positivo em exames de PCR coletados no laboratório do Einstein instalado no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

O exame inicial (PCR) foi feito no dia 25 de novembro e os dois apresentavam sintomas leves na ocasião. Diante do diagnóstico positivo, o casal foi orientado a permanecer em isolamento domiciliar. Ambos estão sob monitoramento das Vigilâncias estadual e municipal de São Paulo, juntamente com seus familiares.

Leia mais:

“Diante dos resultados positivos, o laboratório Albert Einstein adotou a iniciativa de realizar o sequenciamento genético das amostras. O laboratório notificou a Anvisa sobre os resultados positivos dos testes e sobre o início dos procedimentos para sequenciamento genético no dia 29/11 e, na data de hoje, 30/11, informou que, em análises prévias, foi identificada a variante Ômicron do Sars-Cov-2”, diz nota da Anvisa.

De acordo com os protocolos nacionais, o material deve ser enviado ao Instituto Adolfo Lutz (IAL) para fins de confirmação do sequenciamento genético.

A Anvisa também oficiou o Ministério da Saúde e as Secretarias de Saúde estadual e municipal de São Paulo sobre o evento em saúde identificado na data de hoje para adoção das medidas de saúde pública pertinentes.

Primeira imagem da variante ômicron revela mais que o dobro de mutações que a delta — Foto: Cortesia Hospital Bambino Gesù de Roma
Primeira imagem da variante ômicron revela mais que o dobro de mutações que a delta — Foto: Cortesia Hospital Bambino Gesù de Roma

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

Papa pede para que pais "não condenem" filhos gays

Papa pede para que pais "não condenem" filhos gays

O papa Francisco pediu, nesta quarta-feira (26/1), para que pais não condenem seus filhos devido à orientação sexual. O apelo…
Jairo Milhomem é afastado da coordenação da Defesa Civil de Marabá

Jairo Milhomem é afastado da coordenação da Defesa Civil de Marabá

A Defesa Civil de Marabá tem um novo coordenador, pelo menos por enquanto. O cargo agora está sendo assumido, de…
Prefeito de Tucuruí decreta Situação de Emergência por causa da enchente

Prefeito de Tucuruí decreta Situação de Emergência por causa da enchente

Mais de duas centenas de famílias estão desabrigadas em decorrência da elevação do nível do Rio Tocantins no município de…
Garoto de 2 anos compra mais de R$ 10 mil em móveis com celular da mãe

Garoto de 2 anos compra mais de R$ 10 mil em móveis com celular da mãe

O que você faria se seu filho de 2 anos pegasse seu celular e fizesse um gasto alto em móveis?…
BNDES amplia para R$ 150 milhões Fundo Socioambiental

BNDES amplia para R$ 150 milhões Fundo Socioambiental

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) ampliou o orçamento do Fundo Socioambiental na modalidade Apoio Continuado de…
Anvisa determina recolhimento de autoteste de covid-19

Anvisa determina recolhimento de autoteste de covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou o recolhimento de mais um autoteste de covid-19 – o meuDNA PCR-LAMP Autocoleta…