Correio de Carajás

Dnit entrega mais 32 quilômetros de asfalto na BR-230

Trecho sempre foi perigoso e desafiante para motoristas/Imagens: Dnit
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um longo trecho da BR-230, a Rodovia Transamazônica de Itupiranga, em sentido a Novo Repartimento, acaba de ser liberado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), asfaltado. São 32 quilômetros da estrada em um dos locais onde ela era mais perigosa e cansativa, com atoleiros ou muita poeira, a depender da época do ano. Só falta a sinalização do novo asfalto, mas a realidade já mudou.

Ao CORREIO, o engenheiro Jairo de Jesus Rabelo, chefe do DNIT em Marabá, explicou que ainda faltam outros 12 quilômetros de asfalto, que estão sendo finalizados dentro do contrato com a empreiteira Tamasa. “As equipes do DNIT já iniciaram os trabalhos nos 12 quilômetros restantes. Nesse trecho, a terraplenagem e a drenagem já estão concluídas, faltando assim as etapas de pavimentação – base e revestimento. O final da obra está previsto para novembro deste ano”, diz um informe.

O investimento total na obra é de R$ 219 milhões. Os serviços contemplam a pavimentação de 101,9 quilômetros da rodovia federal.

Leia mais:

Outros 35 quilômetros do mesmo trecho da estrada e que foram abandonados por empreiteira antes acordada para o serviço, deverão ser assumidos pelo Batalhão de Engenharia e Construção do Exército (BEC), garantindo, finalmente, 100% de asfalto nos 130 km entre Itupiranga e Novo Repartimento.

Outros 12 quilômetros receberão asfalto este mês

A obra esteve envolvida em um entrave que durou anos, desde 2005, e que envolvia a questão indígena Parakanã e impactos ambientais. Por isso, outros tantos trechos foram asfaltados na BR-230 no Pará e este não. Ao longo desse tempo, o CORREIO publicou inúmeras reportagens narrando os perigos e dando voz à comunidade na cobrança pela efetivação do asfalto.

“Com essa entrega, do km 235 ao km 267, o departamento totaliza a execução de 90 quilômetros”, afirmou o diretor-geral do Dnit, general Santos Filho.

A pavimentação da BR-230/PA proporcionará melhorias na mobilidade de tráfego e vai contribuir para a integração socioeconômica da região.

Hoje, a rodovia Transamazônica é a terceira maior do Brasil, percorrendo os estados da Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará e Amazonas. A estrada possui cerca de quatro mil quilômetros de extensão e encontra-se em fase de obras em vários outros segmentos. (Da Redação)

Comentários

Mais

Exposição excessiva de crianças em redes sociais pode causar danos

Exposição excessiva de crianças em redes sociais pode causar danos

A menina Alice, de 5 anos, ama tirar fotos e vídeos. Ela tem um perfil na rede social Instagram administrado…
Pará recebe mais 157.950 mil doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado (25)

Pará recebe mais 157.950 mil doses de vacina contra a Covid-19 neste sábado (25)

O Pará recebeu, na madrugada deste sábado (25), a 89ª remessa de vacinas contra a Covid-19 com 157.950 doses da…
Carne e leite: Pará adere ao Sistema Brasileiro de Inspeção

Carne e leite: Pará adere ao Sistema Brasileiro de Inspeção

Nesta sexta-feira (24), o governador do estado, Helder Barbalho, entregou o Certificado de Adesão ao Sistema Brasileiro de Inspeção de…
Marido denuncia que esposa teve útero e intestino perfurados no HMI

Marido denuncia que esposa teve útero e intestino perfurados no HMI

Nada menos que 18 entidades civis, a maioria de defesa da mulher e combate a violências, assinaram uma nota denunciando…
Pará registra 589.962 casos e 16.635 mortes pela Covid-19

Pará registra 589.962 casos e 16.635 mortes pela Covid-19

O Pará contabilizou mais 334 casos de Covid-19 e 5 mortes causada pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família têm à disposição a nova versão do aplicativo do programa. A principal mudança consiste no…