Correio de Carajás

DMTU: Rede de Proteção às Mulheres e Departamento de Trânsito discutem ações contra assédio no transporte público

Foto: Aline Nascimento
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nesta quarta-feira (23), na sede do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte Urbano (DMTU), foi realizada uma reunião com as entidades e órgãos atuantes contra a violência à mulher. O encontro foi para debater iniciativas de combate ao assédio no transporte público municipal, como a realização de uma campanha de conscientização para motoristas e usuários. Na ocasião, foi apresentada a Lei Municipal 17.949/2019, que rege sobre as regras do transporte público municipal.

“Esta vai ser uma ação conjunta de todos os conselhos para discutir um tema, que é a violência contra a mulher, e isso vem nos preocupando porque envolve a questão do transporte público municipal, porque a mulher sofre as várias formas de assédio e vamos fazer um trabalho de fiscalização contra a violência contra a mulher e que a sociedade nos ajude nesse trabalho”, informou Jocenilson Silva, diretor do DMTU.

Jocenilson Silva, diretor do DMTU/ Foto: Aline Nascimento
Jocenilson Silva, diretor do DMTU/ Foto: Aline Nascimento

Representantes das entidades ligadas à proteção à mulher, como o Conselho dos Direitos da Mulher de Marabá, afirmaram da necessidade do enfrentamento à violência, registrada quase que diariamente contra a mulher. E, mais recentemente, em transporte de passageiros por aplicativos.

Leia mais:

“A rede de proteção das mulheres se reuniu para que pudéssemos tirar ações para trabalhar com os motoristas de aplicativos porque tem acontecido várias situações e temos que alertar as mulheres sobre qualquer tipo de assédio dentro dos veículos de transporte público e para que o motorista respeite a mulher em qualquer situação e que o motorista também quando se deparar com atitudes de violência que ele também denuncie”, comentou Claudia Cilene Alves Araújo, presidente do Conselho da Mulher de Marabá.

Claudia Cilene Alves Araújo, presidente do Conselho da Mulher de Marabá/ Foto: Aline Nascimento
Claudia Cilene Alves Araújo, presidente do Conselho da Mulher de Marabá/ Foto: Aline Nascimento

Para Júlia Maria Ferreira Rosa, da Coordenadoria dos Direitos da Mulher de Marabá, a ação que ocorreu já é resultado de uma ampla política de defesa da mulher, que vem sendo implementada no âmbito do município. “Eu vejo esse momento como um momento de construção porque tivemos uma lei aprovada há 45 dias que é o Plano Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres e isso aqui é fruto dessas ações. Temos que trabalhar em rede para enfrentar qualquer tipo de violência contra a mulher e com o envolvimento de todos os órgãos”, afirmou.

Júlia Rosa, Coord. da Coordenadoria dos Direitos da Mulher de Marabá/ Foto: Aline NAscimento
Júlia Rosa, Coord. da Coordenadoria dos Direitos da Mulher de Marabá/ Foto: Aline Nascimento

Na reunião ficou planejada a realização de uma campanha de conscientização sobre assédio no transporte público para o 2º semestre deste ano. “As mulheres que vierem a sofrerem qualquer violência dentro do transporte público nós vamos apurar e se for o caso punir o agressor dessa violência tanto o motorista ou o auxiliar e que a mulher denuncie toda e qualquer tipo de violência”, destacou Jocenilson Silva, diretor do DMTU. (PMM)

Para denúncias:

Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – 180
Polícia Militar – 190
Disque Denúncia – (94) 3312-3350

Comentários

Mais

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Residentes do Cidade Jardim clamam por auxílio da gestão de Parauapebas

Dentre os manifestantes que acamparam em frente à Prefeitura de Parauapebas de terça (3) para quarta (4) estavam moradores do…
Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

Justiça determina que manifestantes deixem a Prefeitura de Parauapebas

O prefeito de Parauapebas Darci Lermen não se reuniu com os manifestantes que ocupam o prédio do Executivo e correu…
Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

Moradores de 6 setores acampam na Prefeitura de Parauapebas

A manifestação iniciada na terça-feira (3) em frente à Prefeitura de Parauapebas não esmoreceu e continua ainda na tarde desta…
Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

Principal emissor de carbono, Pará se compromete a reduzir 86% das emissões de gases do efeito estufa até 2036

O Pará entrou nesta quarta-feira, 4, na lista de estados que aderiram à campanha Race to Zero (Corrida para o…
Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

Primeira escola cívico-militar do sul do Pará é inaugurada em Redenção

A primeira escola cívico-militar do sul do Pará foi inaugurada em Redenção, nesta terça-feira (3). Denominada Escola Municipal Cívico-Militar Eva…
Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

Despejados do Nova Carajás protestam na Prefeitura de Parauapebas

A terça-feira (3) foi marcada por manifestações em Parauapebas, em que associações de diferentes bairros mandaram representantes para a porta…