Correio de Carajás

DJ Ivis vira réu em processo por agressões contra Pamella Holanda

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Preso há mais de um mês, DJ Ivis se torna réu em processo de agressões contra ex-esposa (foto: Barbara Moira)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Justiça do Ceará acolheu denúncia do Ministério Público Estadual contra o músico Iverson de Sousa Araújo, o DJ Ivis, e o tornou réu no processo em que ele responde por agressões contra a sua ex-esposa Pamella Holanda. A ação tramita na Vara Única Criminal de Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), e decorre de inquérito elaborado pela Delegacia de Polícia Civil local.

Em nota, o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) confirmou a citação do acusado no processo. Por conta do caráter sigiloso da ação, o órgão informou que “mais informações não podem ser repassadas”.
O relatório final da investigação foi concluído no dia 22 de julho, resultando no indiciamento do músico pelos crimes de lesão corporal, ameaça e injúria no âmbito da violência doméstica. No caso da primeira infração, a pena pode variar de três meses a um ano de detenção. Em relação à segunda e à terceira, a legislação fixa detenção de um a seis meses ou multa.

A defesa alega que as infrações atribuídas a Ivis no inquérito não estabelecem cumprimento de pena em regime recluso, ou seja, na cadeia. Em nota recente enviada ao O POVO, o advogado de defesa do cantor, André Quesado, classificou a prisão como descabida e carente de fundamentação.

Leia mais:

“Iverson foi indiciado por Lesão Corporal no âmbito familiar (Art. 129, §9º), Injúria (art. 140) e Ameaça (art. 147). Pela legislação penal, tais crimes são apenados com detenção e não de reclusão. Por esta e outras razões, não há cabimento para a manutenção da prisão preventiva. A rigor, sequer havia fundamento para a sua decretação”, pontuou o advogado, ressaltando ainda que Ivis “tem consciência da gravidade dos seus erros, de que nada justifica as agressões e que está disposto, na medida do possível, a reparar os danos”.

Quesado foi procurado pelo O POVO novamente nesta segunda-feira, 16, para comentar a nova fase do processo, mas não respondeu os questionamentos da reportagem até a publicação desta matéria.

Primeiro mês preso

DJ Ivs está preso desde o dia 14 de julho. A prisão preventiva foi determinada pela Justiça Estadual a pedido da Delegacia Civil de Eusébio, a quem coube a investigação das agressões praticadas pelo músico contra sua ex-esposa. O caso ganhou repercussão nacional após a divulgação dos vídeos em que Ivis apareceu espancando Pamella com socos, chutes e puxões de cabelo. As cenas foram publicadas pela própria vítima nas redes sociais, três dias antes do cantor ser preso.

Além do inquérito em Eusébio, Ivis enfrenta uma outra investigação na Delegacia de Defesa da Mulher de Fortaleza (DDM), que apura o caso especificamente no âmbito da violência doméstica e familiar contra a mulher.

O cantor cumpre reclusão no presídio Irmã Imelda Lima Pontes, em Aquiraz, para onde também são encaminhados outros suspeitos de agressão contra mulheres.

(Fonte:O Povo)

Comentários

Mais

Menino de 13 anos mata o pai para vingar a morte da mãe

Menino de 13 anos mata o pai para vingar a morte da mãe

Um adolescente de 13 anos matou o próprio pai para vingar a morte da mãe. Após ver o homem matar…
PM dá nocaute no tráfico e prende “Maguila”

PM dá nocaute no tráfico e prende “Maguila”

A Polícia Militar do município de Abel Figueiredo prendeu Antônio da Silva Santos, conhecido como “Maguila”. Ele é acusado de…
Mulher é morta a facadas em Serra Pelada

Mulher é morta a facadas em Serra Pelada

No último sábado (4), uma guarnição da Polícia Militar em Curionópolis prendeu Francisco Alves da Silva por ter assassinado a…
Parauapebas: Assassinato é registrado na VS-10

Parauapebas: Assassinato é registrado na VS-10

Um homem, ainda não identificado pelas autoridades, foi assassinado no Complexo VS-10, em Parauapebas, na tarde desta segunda-feira (6). Testemunhas…
Homem faz criança de refém em centro comercial de Parauapebas

Homem faz criança de refém em centro comercial de Parauapebas

Um incidente grave foi registrado em centro comercial de Parauapebas, localizado no bairro Cidade Nova; um homem identificado como João…
Sinistro causa morte de morador do Cedere

Sinistro causa morte de morador do Cedere

Um acidente na PA-275, em retorno próximo ao bairro Nova Carajás, em Parauapebas, vitimou Fábio Marques de Oliveira, de 55…