Correio de Carajás

Disque Denúncia ajuda a achar 122 desaparecidos

Disque Denúncia ajuda a achar 122 desaparecidos
Hellen Araújo, do Disque Denúncia, diz como fazer para publicação de cartaz/ Foto: Evangelista Rocha
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Criado em 2015 com objetivo de ajudar a Polícia Civil a localizar pessoas desaparecidas, o Programa Desaparecidos do Disque Denúncia Sudeste do Pará já confeccionou 305 cartazes de desaparecidos de vários municípios do Pará e também dos Estados de Goiás, Maranhão, São Paulo, Mato Grosso e até mesmo do Distrito Federal.

Desse total, a central recebeu a informação de que 122 foram localizadas. Esse total de pessoas localizadas corresponde a 40% da quantidade de cartazes confeccionados pelo programa desde 2015, quando a ferramenta foi criada. As informações foram repassadas nesta segunda-feira (21) pelo Disque Denúncia.

Imagem mostra que o Disque Denúncia ajudou a localizar 42 pessoas somente este ano

Dos cartazes confeccionados 51% são de pessoas do sexo feminino e 49% do sexo masculino. No Estado do Pará os municípios com maior número de cartazes confeccionados são: Marabá com 171 cartazes, Parauapebas 74, Itupiranga com nove, Canaã dos Carajás oito e São Domingos do Araguaia com quatro.

Leia mais:

Após a análise dos dados cadastrados na central foi possível identificar que 44% dos homens que desapareceram possuem idades entre 11 a 20 anos e 17% de 21 a 30, já as mulheres, 74% são de 11 a 20 anos e 14% de 21 a 30.

Para Hellen Araújo, coordenadora do Disque Denúncia, “quem solicita a confecção do cartaz de desaparecido precisa informar à delegacia de Polícia Civil e à central de atendimento que a pessoa foi localizada para que seja confeccionado o cartaz de localizado”.

Ainda segundo informação do Disque Denúncia, o sucesso do programa está na forte parceria com a Imprensa que faz a divulgação dos cartazes nos meios de comunicação e na participação da população que denuncia à localização das pessoas desaparecidas. (Chagas Filho – com informações de Disque Denúncia Sudeste do Pará)

SAIBA MAIS

Para participar do programa quem tiver um parente desaparecido pode entrar em contato com a central através do WhatsApp (94) 98198-3350 e enviar uma cópia do boletim de ocorrência e uma foto da pessoa que está desaparecida. O Disque Denúncia conta sempre com a ajuda da população com informações que possam ajudar na localização dos desaparecidos. Para acompanhar os cartazes que são divulgados pela central é só acessar o site: http://disquedenunciapara.org.br, e a fanpage do Disque Denuncia Sudeste do Pará. (Chagas Filho com informações do Disque Denúncia)

Mais

Moto roubada duas vezes é recuperada em Parauapebas

Moto roubada duas vezes é recuperada em Parauapebas

Ladrão que rouba ladrão… não escapa da prisão: Uma moto roubada duas vezes foi recuperada nesta sexta-feira (7) na Vila…
Justiça aceita denúncia e Monique e Dr. Jairinho se tornam réus

Justiça aceita denúncia e Monique e Dr. Jairinho se tornam réus

A juíza Elizabeth Machado Louro, da 2ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, decretou…
Polícia confirma três mortes em acidente com monomotor

Polícia confirma três mortes em acidente com monomotor

Três pessoas morreram no acidente aéreo envolvendo um monomotor, ocorrido na tarde de quinta-feira (6), em uma área de garimpo na divisa…
Polícia Federal apreende 100 toneladas de minério manganês

Polícia Federal apreende 100 toneladas de minério manganês

A Polícia Federal apreendeu em Redenção, no sudeste do Pará nesta quinta-feira (7) duas carretas carregadas com cerca de 100…
Traficante armado luta com policial militar e acaba morto

Traficante armado luta com policial militar e acaba morto

Iago Almeida dos Santos, de 20 anos, morreu em uma intervenção policial registrada na noite desta quinta-feira (6), em Parauapebas.…
Vítima de triplo baleamento morre e irmã nega envolvimento com facção

Vítima de triplo baleamento morre e irmã nega envolvimento com facção

Thalison Henrique da Silva Rodrigues, de 20 anos, morreu nesta quinta-feira (6) no Hospital Geral de Parauapebas, para onde foi…