Correio de Carajás

Disney dá resposta dura a Scarlett Johansson após atriz processar estúdio pelo lançamento de ‘Viúva Negra’

Foto: reprodução

CINEMA E STREAMING

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

"O processo é especialmente triste e angustiante em seu desrespeito cruel pelos horríveis e prolongados efeitos globais da pandemia COVID-19", revela parte do comunicado

A guerra está declarada entre Disney e a atriz Scarlett Johansson e o único herói que pode entrar nessa briga para ajudar é Matt Murdock, o Demolidor, com seus conhecimentos sobre a Lei. A protagonista de ‘Viúva Negra’ abriu um processo contra o estúdio pelo lançamento duplo e simultâneo do filme-solo da heroína, tanto nos cinemas quanto na plataforma de streaming Disney+.

Documentos legais obtidos pelo TMZ revelam que a atriz afirma que seu contrato com a Disney previa que o filme seria lançado exclusivamente nos cinemas. O problema é que, de acordo com Scarlett, o estúdio quebrou o acordo disponibilizando o lançamento da produção tanto nos cinemas quanto em seu serviço de streaming. Como seu contrato previa participação em bilheterias e foi dada ao espectador a possibilidade de conferir o filme em casa, ela alega que foi lesada.

Florence Pugh e Scarlett Johansson em cena de Viúva Negra (2021) (Foto: Reprodução)
Florence Pugh e Scarlett Johansson em cena de Viúva Negra (2021) (Foto: Reprodução)
 

Leia mais:

Como toda ação tem uma reação, a Disney, por meio de seu porta-voz deu uma dura resposta: “O processo é especialmente triste e angustiante em seu desrespeito cruel pelos horríveis e prolongados efeitos globais da pandemia COVID-19. A Disney cumpriu integralmente o contrato da Sra. Johansson e, além disso, o lançamento de Black Widow na Disney + com O Premier Access melhorou significativamente sua capacidade de ganhar uma compensação adicional além dos US $ 20 milhões que ela recebeu até o momento ”.

Outros estúdios lidaram com questões semelhantes e deram aos astros uma compensação adicional para compensar a perda de participação em bilheterias. A defesa de Scarlett afirma que procurou a Disney para realizar tratativas, mas foi praticamente ignorada. O contrato diz que ‘Viúva Negra’ seria lançado exclusivamente nos cinemas, então a Disney violou ao colocá-lo em seu serviço de streaming, se beneficiando financeiramente ao conseguir mais assinantes, enquanto Scarlett ficava sem opção, presa à renda das bilheterias, que arrecadaram mais de 1,6 bilhão de reais no mundo inteiro. (Fonte:Monet)

Comentários
Manu Batidão agita Marabá e diz ao Correio: “O Pará é o meu país”

Manu Batidão agita Marabá e diz ao Correio: “O Pará é o meu país”

“O Pará é o meu país”. Essa foi a frase mais forte dita por Emanuella Tenório Rocha, a Manu Batidão,…
Banda Pirucaba Jazz se apresenta neste domingo (19) na Praça São Félix de Valois

Banda Pirucaba Jazz se apresenta neste domingo (19) na Praça São Félix de Valois

Em visita aos estúdios da rádio Correio FM nesta sexta-feira (17), o baixista da Banda Pirucaba Jazz e membro fundador,…
Dez anos após viralizar, Magali Dançante supera depressão e luta para ser cantora gospel

Dez anos após viralizar, Magali Dançante supera depressão e luta para ser cantora gospel

Era mais um dia de luta para Tássia Gomes, no final de novembro de 2010. Fantasiada de Magali, ela agitava…
Teu signo é "pistola"? Saiba quais são os mais do zodíaco

Teu signo é "pistola"? Saiba quais são os mais do zodíaco

Certamente você conhece alguém ou já viu alguém que é do seleto grupo dos “loucos por mapa astral”, que basta…
Brega paraense é reconhecido como patrimônio cultural e imaterial

Brega paraense é reconhecido como patrimônio cultural e imaterial

No Pará, um sinal incontestável de que uma música se tornou sucesso é quando ela ‘vira brega’. O ritmo foi…
Drag Queen faz contação de história nesta quarta-feira em Canaã

Drag Queen faz contação de história nesta quarta-feira em Canaã

No Mês da Amazônia, as lendas e contos indígenas tomarão conta das telas de quem participar das contações de histórias…