Correio de Carajás

Direitos Humanos visitam a áreas de conflito rural

Os integrantes da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), deputados Carlos Bordalo, Lelio Costa e Ozório Juvenil, e o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil no Pará, José Neto, desembarcam em Marabá amanhã, quinta-feira (20), para visitarem dois acampamentos palcos de graves conflitos rurais nos últimos meses.

O grupo irá realizar visita ao acampamento Hugo Chávez, localizado na Fazenda Santa Tereza, em Marabá, onde foram registrados ataques a tiros e um incêndio durante este final de semana. Os trabalhadores rurais que vivem na ocupação, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), relatam que os ataques partiram de duas caminhonetes ocupadas por vários homens.

Em seguida, os integrantes da comissão e o representante da OAB/PA seguem para Curionópolis, onde irão até o Acampamento Frei Henri, na Fazenda Fazendinha, onde foi registrado mais um conflito entre acampados e produtores rurais no último mês. Há um mandado de reintegração de posse desta área expedido a favor do Incra, mas nunca cumprido.  

Leia mais:

(Luciana Marschall)

Os integrantes da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), deputados Carlos Bordalo, Lelio Costa e Ozório Juvenil, e o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil no Pará, José Neto, desembarcam em Marabá amanhã, quinta-feira (20), para visitarem dois acampamentos palcos de graves conflitos rurais nos últimos meses.

O grupo irá realizar visita ao acampamento Hugo Chávez, localizado na Fazenda Santa Tereza, em Marabá, onde foram registrados ataques a tiros e um incêndio durante este final de semana. Os trabalhadores rurais que vivem na ocupação, do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), relatam que os ataques partiram de duas caminhonetes ocupadas por vários homens.

Em seguida, os integrantes da comissão e o representante da OAB/PA seguem para Curionópolis, onde irão até o Acampamento Frei Henri, na Fazenda Fazendinha, onde foi registrado mais um conflito entre acampados e produtores rurais no último mês. Há um mandado de reintegração de posse desta área expedido a favor do Incra, mas nunca cumprido.  

(Luciana Marschall)

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.