Correio de Carajás

Dicas poderosas para curar a ressaca

Foto: Reprodução
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Há quem diga que “bebe para esquecer”. Se em 2020 as pessoas seguirem esse ditado, pode-se dizer que teremos algumas das maiores ressacas já conhecidas, apenas para esquecer o ano que passou.

A nutricionista Daniela Lasman, da Bodytech Iguatemi, em São Paulo, explica que o excesso de bebida alcoólica pode sobrecarregar o fígado. Isso ocorre pois 90% do álcool ingerido é metabolizado no fígado, por enzimas específicas. Desta forma, por meio de um processo biológico, isso pode alterar a microbiota intestinal, inibindo a formação de vitaminas produzidas no interdito, como é o caso da B12.

A profissional relembra e recomenda a importância de se alimentar bem antes de consumir bebidas alcoólicas. O ideal é apostar em fontes de proteínas magras e carboidratos de qualidade, pois a absorção do álcool depende de uma série de fatores e uma deles é a presença de comida no organismo.

Leia mais:

O nutricionista Matheus Motta, do WW Vigilantes do Peso, explica que o álcool é uma substância que causa efeitos negativos em todo o corpo. “Nos rins, ele age como um diurético, o que significa que aumenta a produção e eliminação de urina, promovendo a perda de líquidos por todo o corpo”, comenta.

Também nutricionista, a Dra. Mariana Amaro Castro Maciel Arjona, do Dr. Consulta, reforça a necessidade de manter a hidratação em dia após a ingestão de álcool: “ao ingerirmos álcool,  inibimos o nosso hormônio antidiurético e acabamos urinando mais. Mas não podemos nos esquecer de que não perdemos apenas água. Vão juntos sais minerais, importantíssimos para nossas funções vitais, tal como o sódio e o potássio”, relata.

Pensando em manter uma rotina equilibrada, mesmo consumindo álcool nas festas de final de ano, separamos algumas dicas e cuidados, ao lado dos três profissionais, que devem ser seguidos para tornar o dia seguinte da bebedeira um pouco mais leve.

Drinks com pouco álcool e muita personalidade (Foto: Divulgação)
Na foto, drinques com pouco álcool e muita personalidade (Foto: Divulgação)

Dicas para o dia anterior

1. Alimente-se regularmente e não beba com o estômago vazio ou em jejum;
2. Beba muita água, especialmente entre uma bebida alcoólica e outra;
3. Troque refrigerantes e energéticos por outras bebidas, como sucos de frutas naturais, águas saborizadas ou água de coco;
4. Escolha bem o que comer. Faça uma pausa no consumo de bebida alcoólica e consuma alimentos leves e saudáveis. Alguns exemplos: melancia, laranja, melão ou abacaxi. Além da água, você vai se beneficiar do açúcar natural, que ajuda no equilíbrio do metabolismo, evitando a hipoglicemia provocada pela queima de calorias e a desidratação provocada pelo álcool;
5. Evite cafeína;
6. Evite excessos.

Dicas para o dia seguinte

1. Coma frutas;
2. Opte por um suco detoxificante na primeira refeição do dia;
3. Faça repouso em um ambiente ventilado e silencioso;
4. Faça refeições saudáveis e evite preparos mais gordurosos, com queijos ou carne vermelha.

Opte por se alimentar com ingredientes saudáveis  (Foto: Pexels / Ella Olsson / CreativeCommons)
Opte por se alimentar com ingredientes saudáveis (Foto: Pexels / Ella Olsson / CreativeCommons)

Alimentos aliados contra a ressaca

Os nutricionistas dão dicas de alguns alimentos que devem ser incluídos na refeição em um dia de ressaca. Confira quais são eles e os benefícios de cada um.

Cereais integrais
Aveia, linhaça, chia, arroz integral e cevadinha são muito bem vindos para aumentar o consumo de prebióticos.

Frutas
Elas são excelentes para conferir os carboidratos necessários para repor energia. Alguns exemplos são melão, melancia, laranja, mexerica e kiwi. Ao menos uma das frutas deve ser comida junto com a casca.

Vegetais
Alimentos naturais ajudam o fígado a fazer a metabolização de forma mais rápida. Legumes devem ser consumidos crus, assados, cozidos ou no vapor.

Água de coco
Rica em potássio, magnésio, cálcio, sódio e carboidratos, a bebida ajuda a repor a perda de minerais causadas pelo consumo do álcool.

Chás
Além de ajudarem na hidratação, os chás ainda podem auxiliar no sistema digestivo como um todo. As opções mais indicadas são: de boldo, de hortelã, de erva doce e de erva cidreira.

Gengibre
Opte por incluir o gengibre nos chás ou em preparações alimentares, pois ele é um grande aliado contra a ressaca e ajuda a eliminar o álcool do organismo. Rico em antioxidantes e excelente para ajudar na digestão, o alimento ainda combate às náuseas.

(Fonte:G1)

Comentários

Mais

Mudanças na Transamazônica começam a funcionar nesta sexta-feira (6)

Mudanças na Transamazônica começam a funcionar nesta sexta-feira (6)

Os motoristas que trafegam pela rodovia Transamazônica poderão utilizar as mudanças das novas rotas já nesta sexta-feira (6). As equipes…
Pará recebe mais uma remessa de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (5)

Pará recebe mais uma remessa de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (5)

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (5), mais 97.110 doses da vacina Pfizer. Esta é a 52º remessa que…
MP diz que Sérgio Hondjakoff era mantido em cárcere privado em clínica, ator nega

MP diz que Sérgio Hondjakoff era mantido em cárcere privado em clínica, ator nega

O ator Sérgio Hondjakoff, de 37 anos, conhecido por fazer o personagem Cabeção em “Malhação”, da TV Globo, estava entre os internos…
Biomédica que ajudou a sequenciar DNA do coronavírus é homenageada com boneca

Biomédica que ajudou a sequenciar DNA do coronavírus é homenageada com boneca

A biomédica brasileira Jaqueline Góes de Jesus foi uma das cientistas escolhidas pela fabricantes de brinquedos Mattel para ser homenageada…
Transformação digital é desafio do MEC com volta de aulas presenciais

Transformação digital é desafio do MEC com volta de aulas presenciais

O secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC) Victor Godoy Veiga afirmou hoje (5) que o retorno às aulas presenciais nas escolas públicas de todo o país…
Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina

Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina

O Instituto Butantan recebeu, hoje (5), mais 4 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA), o suficiente para produzir cerca…