Correio de Carajás

Dez mil paraenses têm benefícios bloqueados e INSS anuncia novas regras

Foto: Reprodução

A resolução 677 / 2019 do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), publicada ontem (26), estabelece mais uma alternativa para que o idoso faça a fé de vida, sem excluir a possibilidade de que esse procedimento seja feito pela rede bancária. No Pará, 10.299 benefícios já foram bloqueados por não comprovação de vida.

Com a nova resolução, os segurados do INSS com idade igual ou superior a 60 anos poderão, a partir de agora, agendar para serem atendidos em uma das agências do órgão. Já os segurados acima de 80 anos e beneficiários com dificuldades de locomoção podem agendar para que um servidor do INSS vá a residência ou outro local em que estiverem, para que seja realizado o procedimento.

O agendamento pode ser feito pela Central de Atendimento 135 e pelo Meu INSS ou outros canais a serem disponibilizados pelo Instituto. No caso de pessoas com dificuldade de locomoção, o agendamento da visita de um servidor para o procedimento deve ser feito perante apresentação de atestado médico ou declaração emitida pelo hospital em uma das agências, com agendamento prévio (telefone 135 ou site).

Leia mais:

BANCOS

Vale destacar, porém, que o procedimento para os demais segurados continua sem alterações, e deve ser feito através da rede bancária, dentro do período de 12 meses. Os bancos fazem os comunicados da necessidade de realizar o procedimento anual por meio de mensagens informativas, disponibilizadas nos terminais eletrônicos de autoatendimento e sites na internet.

A prova de vida tem como principal objetivo dar mais segurança ao cidadão e ao Estado brasileiro, pois evita pagamentos indevidos de benefícios e fraudes.

(Diário do Pará)

Comentários

Mais

Cataratas do Iguaçu são eleitas 7º ponto turístico do mundo

Cataratas do Iguaçu são eleitas 7º ponto turístico do mundo

As Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná foram eleitas como a sétima principal atração turística do…
Marabaense vê falta de liderança LGBT na cidade

Marabaense vê falta de liderança LGBT na cidade

No Mês do Orgulho LGBTQIA+,  celebrado anualmente em junho, a dúvida de muita gente se concentra na “sopa de letrinhas”…
Lula faz crítica a políticos que veem pobres como número; vídeos enganam ao mudar contexto

Lula faz crítica a políticos que veem pobres como número; vídeos enganam ao mudar contexto

Enganoso Vídeos enganam ao usar um trecho fora de contexto de discurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)…
“Luta pela Terra na Amazônia” será lançado na Unifesspa

“Luta pela Terra na Amazônia” será lançado na Unifesspa

O livro “Luta pela Terra na Amazônia: Mortos na luta pela terra! Vivos na luta pela terra!” será lançado em…
Prazo para notificação da vacina contra a Febre Aftosa se encerra nesta quinta (30), alerta Adepará

Prazo para notificação da vacina contra a Febre Aftosa se encerra nesta quinta (30), alerta Adepará

O prazo para os produtores rurais notificarem a vacinação do rebanho contra a febre aftosa nos 127 municípios onde está…
Klara Castanho inspira projeto de lei que pretende punir quem violar sigilo da adoção

Klara Castanho inspira projeto de lei que pretende punir quem violar sigilo da adoção

A deputado estadual Erica Malunguinho (Psol-SP) protocolou, nessa segunda-feira (27), um projeto de lei cujo intuito é garantir o sigilo…