Correio de Carajás

Covid-19: Hipertensos e diabéticos de 52 e 53 anos recebem 1ª dose da vacina

Fotos: Paulo Sérgio

VACINA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Também está sendo aplicada a 2ª dose em pessoas com mais de 60 anos

A motorista de transporte escolar Gina Medleg tomou a primeira dose da vacina contra Covid-19, na escola Anísio Teixeira no núcleo da Cidade Nova para. Ela é hipertensa e não perdeu tempo para se imunizar.

“Era uma ansiedade tomar logo a vacina para se proteger dessa doença que vem destruindo a vida em nosso planeta. Todo dia chegam informações ruins, muitas pessoas morrendo, amigos que se foram e queremos esse mal longe da gente e espero que todos possam se vacinar”, disse Gina Medleg.

Leia mais:

Gina Medleg

Na segunda e terça-feira, 3 e 4, continua a campanha de vacinação para portadores de comorbidades, hipertensão arterial sistêmica e diabetes I ou II, com idade entre 52 e 53 anos. A pessoa deve se dirigir até a escola Anísio Teixeira no núcleo da Cidade Nova ou ao Colégio Militar Rio Tocantins (CMRIO), com os documentos pessoais, cartão do SUS, comprovante de residência e um documento que comprove a comorbidade.

Hipertenso, o comerciante Henrique Chagas de Oliveira ficou animado em ter tomado a primeira dose. “A minha esposa se vacinou e agora chegou minha vez. Sou hipertenso e hoje cheguei para receber a primeira dose, a segunda será em junho, mas estou muito feliz, é uma forma da gente se prevenir contra essa doença”, disse.

Henrique Chagas

Durante a semana, nos dias 5 e 6 (quarta e quinta-feira), a campanha inclui hipertensos e diabéticos, com 50 e 51 anos.

Também continua a aplicação da 2ª dose para idosos, a partir de 60 anos, até o dia 6 de maio (quinta-feira). A pessoa deve verificar o dia e local no cartão de vacinação, sempre no horário de 08 às 17 horas.

“Hoje estou mais alegre porque vacinei para me livrar desse mal e isso é uma coisa que ninguém sabe, pois até os médicos estão falecendo e agora já estou mais tranquila, no entanto, sempre me protegendo contra esse vírus”, disse a aposentada Maria José Nunes de Oliveira, de 80 anos.

Maria José Nunes

(Fonte: Ascom PMM)

Mais

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Companhia de Trânsito de Tucuruí destrói mais de 100 kadrons

Como parte da programação do Maio Amarelo, mês dedicado à segurança no trânsito, a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano…
É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

É falso tuíte afirmando que Pazuello viajou para os EUA com passaporte diplomático

Falso É falso o tuíte que afirma que o general Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde, tenha recebido um passaporte diplomático…
EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

EUA autorizam vacina da Pfizer para faixa etária de 12 a 15 anos

A Agência de Alimentos e Medicamentos (FDA) dos Estados Unidos autorizou a vacina contra covid-19 da Pfizer e da parceira…
Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Quase 9% das mulheres sofreram alguma violência sexual, diz IBGE

Pelo menos 8,9% das mulheres brasileiras já sofreram algum tipo de violência sexual na vida, segundo dados da Pesquisa Nacional da Saúde…
Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

Pagamentos com cartões crescem 17% no primeiro trimestre

As transações por cartões (crédito e débito) registraram um aumento de 17,3% nos valores movimentados no primeiro trimestre deste ano…
Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Cadáveres não foram violados no Cemitério da Saudade, em Marabá

Circulou nas redes sociais na manhã desta terça-feira (11) a foto de um caixão aberto, que possivelmente seria no Cemitério…