Correio de Carajás

Corujão da Saúde nos postos começa hoje

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A Secretaria Municipal de Saúde inicia hoje, quarta-feira (28), o projeto “Corujão da Saúde”. O objetivo é que postos de saúde funcionem em sistema de rodízio das 18 horas à meia-noite. O primeiro posto a funcionar desta forma será o Centro de Saúde Enfermeira Zezinha.

O corujão é uma modalidade de atendimento integral e qualificado, focando a promoção, prevenção e tratamento da saúde dos grupos e de pacientes com sintomatologia mais frequente como hipertermia, diarreia, vômitos e problemas respiratórios.

O foco também é a comunidade masculina, principalmente os trabalhadores que só têm oportunidade de procurar o serviço de saúde no período noturno, além de pessoas da comunidade que precisam do serviço fora do horário normal de atendimento.

Leia mais:

O projeto será realizado uma vez por semana nas quartas –feiras, das 18 às 0 horas e em algumas unidades aos sábados, das 7:30 às 13 horas. O projeto vai colocar à disposição atendimento médico e de enfermagem, além de pequenos curativos, vacinação, inalação, testes rápidos, entre outros. No próximo dia 1ª (sábado) o projeto acontece no posto Carlos Barreto. (Ascom/PMM)

A Secretaria Municipal de Saúde inicia hoje, quarta-feira (28), o projeto “Corujão da Saúde”. O objetivo é que postos de saúde funcionem em sistema de rodízio das 18 horas à meia-noite. O primeiro posto a funcionar desta forma será o Centro de Saúde Enfermeira Zezinha.

O corujão é uma modalidade de atendimento integral e qualificado, focando a promoção, prevenção e tratamento da saúde dos grupos e de pacientes com sintomatologia mais frequente como hipertermia, diarreia, vômitos e problemas respiratórios.

O foco também é a comunidade masculina, principalmente os trabalhadores que só têm oportunidade de procurar o serviço de saúde no período noturno, além de pessoas da comunidade que precisam do serviço fora do horário normal de atendimento.

O projeto será realizado uma vez por semana nas quartas –feiras, das 18 às 0 horas e em algumas unidades aos sábados, das 7:30 às 13 horas. O projeto vai colocar à disposição atendimento médico e de enfermagem, além de pequenos curativos, vacinação, inalação, testes rápidos, entre outros. No próximo dia 1ª (sábado) o projeto acontece no posto Carlos Barreto. (Ascom/PMM)

Comentários

Mais

Butantan recebe insumos para 5 milhões de doses da CoronaVac

Butantan recebe insumos para 5 milhões de doses da CoronaVac

O Instituto Butantan recebeu, na manhã desta segunda-feira (19), mais 3 mil litros do Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), matéria-prima para…
Pará registra 451.192 casos de Covid-19 e 11.900 mortes

Pará registra 451.192 casos de Covid-19 e 11.900 mortes

O Pará registrou, neste domingo (18), um total de 451.192 casos de Covid-19 e 11.900 mortes. De acordo com o…
Indígenas usam tecnologias para manter língua e cultura vivas

Indígenas usam tecnologias para manter língua e cultura vivas

O xokleng é uma língua falada apenas por uma comunidade indígena no Vale do Alto Itajaí, na região central de…
Divisa interdita empresa que envasava oxigênio de forma irregular em Marabá

Divisa interdita empresa que envasava oxigênio de forma irregular em Marabá

A Divisa (Divisão de Vigilância Sanitária) de Marabá recebeu denúncia anônima de suposto envasamento inapropriado de gás oxigênio para fins…
Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Pandemia e isolamento aumentam procura por cultivo de plantas em casa

Em isolamento social, as pessoas tendem a sentir falta de sair e do contato com a natureza, por isso, ter…
Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

Mundo chega a 3 milhões de mortes por Covid com piora da pandemia na América do Sul

O mundo chegou neste sábado (17) à triste marca de 3 milhões de mortes causadas pela Covid-19, em meio à…