Correio de Carajás

Concurso destina R$ 220 mil para incentivo à música e à dramaturgia em Parauapebas

Foto: Divulgação
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O segmento cultural, assim como tantos outros, foi afetado pelo distanciamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus. Algumas ações têm buscado dar um novo ânimo à classe artística de Parauapebas. A mais nova iniciativa é o lançamento de dois editais de um concurso que faz parte do Projeto “Movimenta Pebas”, uma iniciativa do Centro Cultural de Parauapebas, patrocinada pela Vale, com o apoio da Prefeitura de Parauapebas e Instituto Vivas.

“A cultura ganhou uma ação virtual direcionada aos artistas de teatro e música. Este concurso se propõe a distribuir renda, aprimorar o trabalho criativo e a criar produções artísticas que virão a ser difundidas pelo Centro Cultural”, diz Christiano Cerqueira, coordenador do Centro Cultural de Parauapebas.

O concurso prevê mais de R$ 220 mil entre premiações, ações de formação profissional e outros incentivos. São dois editais: um de premiação de música e o outro de dramaturgia. Cada um contará com quatro etapas. As inscrições ocorrerão no período de 8 a 19 deste mês. Para se inscrever, o artista precisa ter 18 anos, residir em Parauapebas há, no mínimo, seis meses, e inscrever peças teatrais e músicas próprias e inéditas.

Leia mais:

As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas exclusivamente no site do prosas.com, pelos links https://prosas.com.br/editais/7311-movimenta-pebas-edital-de-selecao-de-composicoes-musicais-2020 e https://prosas.com.br/editais/7312-movimenta-pebas-edital-de-selecao-de-grupos-teatrais-2020.

“O objetivo é investir em oportunidades de formação, dar visibilidade as suas produções e fomentar a cultura da cidade a partir do Centro Cultural”, destaca a gerente de Patrocínios da Vale, Christiana Saldanha.

“Este projeto valoriza a arte, contribui com o fortalecimento da produção cultural do município, mesmo em época de pandemia”, afirma o secretário municipal de Cultura, Saulo Ramos, que destaca ainda a o fomento concedido a músicos de Parauapebas por meio do Banco do Povo, gerido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento (Seden). “Não medimos esforços para buscar alternativas de beneficiar nossos artistas, seja com ações diretas realizadas pela gestão ou mesmo apoiando boas iniciativas”, declara o titular da Secult. (Ascom PMP)

Comentários

Mais

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

Dr. Naves retorna a Marabá e é recebido com festa por familiares e amigos

José Divino Naves, mais conhecido como Dr. Naves, desembarcou às 16h30 deste sábado (18) em Marabá, após passar 5 meses…
Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Índice reúne dados sobre a inclusão de brasileiros com deficiência

Passados 11 anos desde a realização do último censo nacional, o Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural, uma associação sem…
Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para…
Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

Pará registra 587.922 casos de Covid-19 e 16.578 mortes pela doença

O Pará contabilizou mais 51 casos de Covid-19 e 4 mortes causadas pela doença. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria…
“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“Forma Pará” recepciona calouros de Jacundá e Itupiranga

“O Forma Pará, antes de qualquer coisa, é um programa que cuida de pessoas. E vocês também serão profissionais que…
Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

Família de adolescente morto por “Trem da Alegria” não recebeu apoio financeiro da empresa

A família do adolescente Marcos Henrique dos Santos, de 14 anos, que foi morto na noite desta quinta-feira (16), no…