Correio de Carajás

Comerciantes esperam aquecimento de vendas com a chegada do Carnaval

As foliãs Paloma e Luisa procuram adereços carnavalescos
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O Carnaval está chegando e além dos foliões quem também se prepara para as festividades são os comerciantes. Em Parauapebas, o comércio apostou em fachadas temáticas para atrair a clientela e nas lojas que vendem produtos para a data a aposta foi em fantasias, glitter, máscaras e pedrarias para o rosto, com valores que variam de R$ 5 a R$ 80.

Daniel Welder é vendedor de uma loja na Avenida JK, no Bairro Rio Verde, e conta que as vendas já começaram pesadas. “Iniciamos as vendas no mês de janeiro, pois os donos das lojas da cidade compram os artigos decorativos para as fachadas aqui”, conta.

O vendedor Daniel sugere as máscaras para os clientes na hora de curtir o Carnaval

Entretanto, destaca que as vendas para o grande público ainda estão tímidas e aposta que haja um aquecimento conforme se aproxime a data carnavalesca. “Nós temos para todos os gostos e bolsos, as máscaras custam em média R$ 7. Para quem não abre mão das fantasias temos em vários estilos, até das mais elaboradas, com preços que variam entre R$50 e R$80”.

Leia mais:

Já a gerente de loja, Ana Paula, destaca que as vendas no mesmo período do ano passado estavam melhores. “Confesso que esperava as vendas mais aquecidas, estamos vendendo, mas nada comparado ao ano passado”, afirma.

As saias de tule, comercializadas de R$20 a R$25, são o artigo mais vendido na loja na qual trabalha Ana Paula. “Ela serve tanto para adultos quanto para crianças. Em segundo lugar em vendas está o glitter e o adesivo com pedrarias para o rosto é o nosso terceiro item mais procurado por nossas clientes”. O brilho custa em torno de R$5 a unidade e as pedras decorativas R$10. 

A foliã Paloma Maximiliano foi fazer compras nesta terça-feira (11). “Estou comprando mais acessórios e glitter, fantasia nem tanto, prefiro fazer uma make bem legal, muito colorida. Já que esse ano a gente quer mesmo é brilhar”. Para isso, Paloma vai investir no brilho dourado para o corpo e rosto e, assim, participar do bloco de carnaval.

Luísa Silva também começou a pesquisar os adereços para a folia, já que pretende se fantasiar diferente a cada dia. “Vou investir em acessórios para o cabelo e para as mãos, para chamar a atenção”.  A dica dela para a hora de brilhar economizando é investir nas lojas de bijuterias do comércio da cidade. (Theíza Cristhine)

Comentários

Mais

Mudanças na Transamazônica começam a funcionar nesta sexta-feira (6)

Mudanças na Transamazônica começam a funcionar nesta sexta-feira (6)

Os motoristas que trafegam pela rodovia Transamazônica poderão utilizar as mudanças das novas rotas já nesta sexta-feira (6). As equipes…
Pará recebe mais uma remessa de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (5)

Pará recebe mais uma remessa de vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira (5)

O Pará recebeu, na tarde desta quinta-feira (5), mais 97.110 doses da vacina Pfizer. Esta é a 52º remessa que…
MP diz que Sérgio Hondjakoff era mantido em cárcere privado em clínica, ator nega

MP diz que Sérgio Hondjakoff era mantido em cárcere privado em clínica, ator nega

O ator Sérgio Hondjakoff, de 37 anos, conhecido por fazer o personagem Cabeção em “Malhação”, da TV Globo, estava entre os internos…
Biomédica que ajudou a sequenciar DNA do coronavírus é homenageada com boneca

Biomédica que ajudou a sequenciar DNA do coronavírus é homenageada com boneca

A biomédica brasileira Jaqueline Góes de Jesus foi uma das cientistas escolhidas pela fabricantes de brinquedos Mattel para ser homenageada…
Transformação digital é desafio do MEC com volta de aulas presenciais

Transformação digital é desafio do MEC com volta de aulas presenciais

O secretário-executivo do Ministério da Educação (MEC) Victor Godoy Veiga afirmou hoje (5) que o retorno às aulas presenciais nas escolas públicas de todo o país…
Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina

Butantan recebe matéria-prima para 8 milhões de doses de vacina

O Instituto Butantan recebeu, hoje (5), mais 4 mil litros de insumo farmacêutico ativo (IFA), o suficiente para produzir cerca…