Correio de Carajás

Comerciantes da Vila São José são removidos das margens da Transamazônica

Remoção ocorre para execução de obra de pavimentação e drenagem / Foto: Evangelista Rocha
Remoção ocorre para execução de obra de pavimentação e drenagem / Foto: Evangelista Rocha
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Diversos comerciantes tiveram os estabelecimentos removidos pelo Departamento de Postura, da Prefeitura Municipal de Marabá, na manhã desta segunda-feira (3), na Vila São José, conhecida como Km 8, sentido Itupiranga. A demolição é justificada por uma obra de drenagem e pavimentação que está sendo feita pelo município, nas Folhas 22, 27 e 28, além do distrito da zona rural.

Apesar da valorização que a reforma da via trará para as margens da Rodovia Transamazônica (BR-230), alguns comerciantes se sentiram prejudicados, principalmente por conta do curto prazo dado pelo Departamento para a desocupação dos estabelecimentos.

Foto: Evangelista Rocha

Kecia Guimarães é dona de um restaurante localizado nas margens da rodovia, onde atua há 12 anos servindo comida, junto da mãe. Ela relata ter sido notificada há apenas quatro dias para que deixasse o local, por conta da obra que será realizada.

Leia mais:
Kecia precisou correr contra o tempo para desocupar seu restaurante / Foto: Evangelista Rocha

“Eu tive que vir ontem à noite para tirar as coisas, pois não estenderam o prazo. Agora, terei que encontrar um novo local para continuar trabalhando porque o meu restaurante é o meu negócio, é o meu sustento”, conta Kecia.

Ainda segundo a proprietária, o Departamento se comprometeu a pagar uma indenização e um aluguel social para dar apoio aos comerciantes, mas acredita que o valor não supre as necessidades.

“É em torno de 500 a 600 reais o aluguel social, e isso não serve para muita coisa, não sei nem o que farei com esse dinheiro. Há também uma indenização, mas ela só sairá daqui a 60 dias, até lá o que eu farei? Se meu negócio era o restaurante?”, indaga Kecia.

POSTURA ESCLARECE

O coordenador do Departamento de Postura, Túlio Rosemiro Pereira, explica que os comerciantes das margens da BR-230 já vêm sendo notificados para desocuparem os estabelecimentos, devido à área ser pública e de domínio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Segundo Túlio, todos os comerciantes tinham consciência de que a área é pública / Foto: TV Correio Marabá

“Já realizamos a remoção dos comerciantes do Km 6, e agora estamos fazendo a do Km 8, pois essa obra é necessária, tendo em vista que muitos carros pesados passam pela via. Além disso, eles já são conscientes que não poderiam ocupar aquele local, por ser área pública, e todos concordaram que precisavam sair, no acordo que foi feito”, explica Túlio.

Foto: Evangelista Rocha

A obra iniciou no dia 8 de junho desse ano e tem previsão de ser terminada na mesma data de 2021, sendo avaliada em R$ 5.968.849,97. A Prefeitura licitou a obra e a vencedora foi a empresa Defranco Construções e Serviços LTDA. (Zeus Bandeira)

Comentários

Mais

Conta de luz continuará em agosto com taxa extra mais elevada, informa Aneel

Conta de luz continuará em agosto com taxa extra mais elevada, informa Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou nesta sexta-feira (30) que a conta de luz continuará em agosto com…
Inteligência artificial pode desafogar sistema de saúde na pandemia

Inteligência artificial pode desafogar sistema de saúde na pandemia

Estudo feito em parceria por pesquisadores da Escola de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), Fundação Getulio Vargas…
Autorização de viagem para menores de 16 anos poderá ser feita online

Autorização de viagem para menores de 16 anos poderá ser feita online

A partir de segunda-feira (2), os pais poderão emitir pela internet uma autorização para que seus filhos menores de 16…
Marabá: Venezuelanos são tirados da rua e já têm casa

Marabá: Venezuelanos são tirados da rua e já têm casa

A nova leva de venezuelanos que chegou nas últimas semanas a Marabá chamou atenção e teve grande visibilidade pela quantidade…
Passageira se recusa a usar máscara e é retirada de voo por policiais federais

Passageira se recusa a usar máscara e é retirada de voo por policiais federais

Uma passageira se recusou a usar máscara de proteção à Covid-19 e provocou atraso de uma aeronave, que saiu de…
Paciente é internado em Belém com suspeita de variante delta

Paciente é internado em Belém com suspeita de variante delta

Duas pessoas com Covid-19, que chegaram dos Estados Unidos a Belém, realizaram exames para identificar se houve a possível contaminação…