Correio de Carajás

Colonos bloqueiam garagem da Secretaria de Obras de Parauapebas

Fotos: Juliano Corrêa

PROTESTO

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Representantes da Colônia Serra do Cedro, localizada a 30 quilômetros do centro urbano de Parauapebas, clamam por melhor infraestrutura para atender comunidade

Uma manifestação promovida por colonos da Serra do Cedro, vilarejo localizado a 30 quilômetros de Parauapebas, bloqueou a garagem da Secretaria de Obras (Semob) de Parauapebas, utilizando veículos próprios. Os protestantes reivindicavam melhora na infraestrutura da colônia na manhã desta quinta-feira (6).

Hélio Lemos, presidente da Associação Serra do Cedro, chamou a atenção para a situação precárias da estrada que liga a colônia à cidade. “Já estamos há um ano e meio sem estrada, viemos aqui [na Semob] quase toda semana pedir máquinas para melhorar nossa situação. Eles prometem que vão, dizem que as máquinas estão em manutenção, botam a culpa no Ministério Público e as máquinas não chegam. Eles estão esquecendo do povo”, disse Hélio em entrevista ao Correio de Carajás.

Hélio Lemos afirma que precariedade da estrada impossibilita a vida dos moradores da colônia

O líder da manifestação pontuou que há dois meses pedem para que a estrada seja apenas avaliada e nem isso foi atendido pela administração pública, sob a justificativa de que “não tem carro pra ir”. “Todo mundo que mora na roça tem que vir na ‘rua’ de vez em quando. A gente não consegue mais viver”, diz Hélio, também afirmando que em outras colônias do município a situação é a mesma.

Leia mais:

Segundo ele, são 120 famílias alocadas na Serra do Cedro e muitas não estão morando lá justamente por conta da precariedade do acesso ao local. O colono Antônio Nazareno também cedeu entrevista e diz que um dos moradores, dono da caminhonete usada para bloquear a garagem, teve uma avaria causada pela estrada de acesso à Serra do Cedro e não tem mais condições de ir à colônia por conta desse sinistro.

Antônio Nazareno denuncia que população da Serra do Cedro está adoecendo

“Estamos escoando a produção de alimentos nas costas. Eu vim ontem para a cidade tomar uma injeção de Beta-30 pra conseguir trabalhar, estamos adoecendo por irresponsabilidade pura das autoridades”, disse Antônio, alegando que o prefeito Darci Lermen chegou a ir à Serra do Cedro na época das eleições do último ano e “prometeu, prometeu… mas ficou só na promessa”.

Os manifestantes foram atendidos por uma equipe do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Parauapebas (Saaep), que afirmaram que obras de um poço artesiano para a colônia já estão programadas.

Em resposta, Hélio Lemos cobrou um prazo para serem atendidos. Os protestantes clamavam pela presença de Wantelor Bandeira, secretário de obras do município, no local.

Em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal de Parauapebas, esta encaminhou nota informando que a recuperação da estrada está no cronograma e a previsão é que as máquinas sejam deslocadas para a comunidade daqui a um mês, no dia 6 de junho, e que os serviços iniciem no dia 7.

“Atualmente, várias comunidades da zona rural de Parauapebas recebem serviços de infraestrutura que dependem do cessar das chuvas para que não sejam comprometidos. O governo municipal reforça o compromisso de continuar trabalhando para oferecer melhores condições de vida aos munícipes e sempre está aberto ao bom diálogo”, diz o posicionamento. (Juliano Corrêa)

Comentários

Mais

Covid: Marabá inicia vacinação da população em geral no dia 19

Covid: Marabá inicia vacinação da população em geral no dia 19

A notícia mais esperada e sonhada pela população de Marabá finalmente foi confirmada na tarde desta quarta-feira (16) pela Prefeitura…
É falso que jogador dinamarquês tenha se vacinado antes de sofrer mal súbito

É falso que jogador dinamarquês tenha se vacinado antes de sofrer mal súbito

INVESTIGADO POR: VERIFICADO POR:   Leia mais: + Covid: Marabá inicia vacinação da população em geral no dia 19 + Estudo…
Estudo com hidroxicloroquina não comprova eficácia no ‘tratamento precoce’

Estudo com hidroxicloroquina não comprova eficácia no ‘tratamento precoce’

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR:  É enganosa postagem no Twitter que associa um estudo pré-publicado, portanto sem revisão dos pares, com…
Produtores de citrus, na região, precisam se cadastrar na Adepará

Produtores de citrus, na região, precisam se cadastrar na Adepará

Com o objetivo de realizar um trabalho preventivo e obter dados dos produtores de citrus – laranja, limão e tangerina…
Ao contrário do que afirma post, ivermectina em altas doses pode causar até convulsão

Ao contrário do que afirma post, ivermectina em altas doses pode causar até convulsão

INVESTIGADO POR:  VERIFICADO POR: É enganosa postagem de médico no Twitter e no Instagram afirmando que a ivermectina é um…
Saiba quem não deve tomar a Sputnik V; Anvisa autorizou Pará a comprar vacina

Saiba quem não deve tomar a Sputnik V; Anvisa autorizou Pará a comprar vacina

A importação da vacina Sputnik V ao Pará, aprovada nessa terça-feira, 15, deverá ser realizada sob condições controladas. Por isso de acordo…