Correio de Carajás

Cocaína avaliada em R$ 40mil é apreendida em Marabá

Uma mulher identificada como Francilene Santos Costa foi flagrada no Terminal Agrorrodoviário do Km 6, transportando de Brasília (DF) para Marabá, uma quantidade de cocaína avaliada em R$ 40 mil. A suspeita, conhecida como “Nêga Cilene”, já foi presa anteriormente também por tráfico. A droga foi apreendida graças a investigações anteriores que resultaram em outra prisão em São Geraldo do Araguaia, no mês passado.

A Polícia Civil do Estado do Pará, em ação conjunta entre a Superintendência Regional do Sudeste do Pará – 10ª RISP e o Núcleo de Apoio à Investigação de Marabá (NAI), realizou um trabalho investigativo para levantar os horários de chegada de Francilene, assim que obteve informações de que ela estaria vindo para Marabá de Brasília com a droga.

Por volta de 3h50 desta sexta-feira, ela foi avistada na rodoviária do Km 6, e ao ser abordada e revistada, o tablete de cocaína foi encontrado dentro de sua mochila. Segundo a investigação, a droga seria distribuída para consumo em Marabá, e o próximo passo da operação é identificar o responsável pela entrega em Brasília e quem receberia o entorpecente.

Leia mais:
A acusada já foi presa por tráfico de drogas, no ano de 2019

Na droga há a presença de um símbolo prensado do Batman, que evidencia a pureza do entorpecente e indica que sua origem, provavelmente, é de cartéis da Colômbia. A acusada confessou que recebeu valores para trazer o entorpecente para Marabá, no entanto, não divulgou o valor, nem confidenciou de quem recebeu e a quem seria entregue.

Francilene já foi presa por tráfico de drogas, em 2019, e uma arma já foi apreendida na casa em que morava. Segundo a polícia, ela se dedica a atividades ligadas a uma organização criminosa.

A mulher foi encaminhada à 21ª Seccional Urbana de Polícia Civil em Marabá para os procedimentos cabíveis e deve responder pelo crime de tráfico de drogas. (Thays Araujo)

Comentários