Correio de Carajás

Cidadão não consegue passe livre e relata péssimo atendimento

Delano Sampaio apresentou os documentos exigidos / Foto: Henrique Garcia

MARABÁ

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O transporte público de Marabá é reconhecido pela comunidade como um verdadeiro caos, desorganizado e com uma série de problemas estruturais. Essa dificuldade acaba sendo ainda maior para quem possui alguma deficiência e, agora, não começa no veículo em si ou nas paradas, mas já na burocracia para a emissão do passe livre, um direto conquistado por este grupo de pessoas.

Delano Sampaio da Costa, de 52 anos, residente da Folha 33, por exemplo, sofre com a diabetes e a pancreatite, além de tratar duas doenças psiquiátricas, a esquizofrenia e bipolaridade.

Ele já era usuário do serviço quando deu entrada, junto à Secretaria de Saúde do Estado do Pará (Sespa), na renovação em 2019. Naquele momento, recebeu a notícia de que o processo nunca tinha “ido para frente”. Mesmo mostrando todos os documentos exigidos, Delano não conseguiu ser atendido desde então.

Leia mais:

Nesta quarta (21) procurou a equipe do Correio de Carajás em busca de ajuda, pois está sendo prejudicado pela situação. Informou procurar o órgão frequentemente em busca de informações sobre o processo, mas as atendentes não são claras, não explicam as dúvidas e ainda o tratam com muita grosseria, diz.

Nesta semana, solicitou ser atendido por alguém de cargo maior, o que foi recusado.

A partir disso, a reportagem procurou a Agência de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará. Em nota, a Arcon-Pa informou que o beneficiário deve entrar em contato com a Coordenação Estadual de Saúde da Pessoa com Deficiência da SESPA, pelo número: 4006-4262. Acrescentou que a carteira de gratuidade dele já foi confeccionada e deve ser encaminhada pela SESPA para a Unidade de Referência Especializada do município do usuário, no caso, Marabá. (Henrique Garcia)

Comentários

Mais

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

DJ Ivis pede perdão a Pamella Holanda em suposta carta lida pelo advogado do cantor

A cearense Pamella Holanda, vítima de agressões de DJ Ivis, revelou que o cantor enviou uma suposta carta, por meio do advogado, com um pedido de perdão.…
Rede estadual retoma aulas no início de agosto

Rede estadual retoma aulas no início de agosto

A redução do número de novos casos e de óbitos por Covid-19, bem como a adesão à vacinação contra o…
Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Clarice, a jovem que anda nua em Parauapebas, não está abandonada

Uma cena comum em Parauapebas e que choca muita gente é a de uma mulher andando sem roupas pelas ruas…
Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Mãe pede ajuda para comprar cadeira de banho para o filho

Com grande parte do corpo atrofiado, conseguindo movimentar apenas uma das mãos e a cabeça, o jovem Handriw Rafael Vasconcelos…
Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Intervalo maior de doses da vacina Pfizer aumenta níveis de anticorpos

Um intervalo maior entre as duas doses da vacina da Pfizer contra a covid-19 proporciona um nível maior de anticorpos…
Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo: anticorpos de quem teve covid-19 não protegem contra variante

Estudo internacional com participação de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) revela um mecanismo que explica o motivo pelo…